[LIVRO] Burn, Patrick Ness

quinta-feira, maio 14, 2020
Olá pessoas, tudo bem?

Hoje tem resenha de livro novo do Patrick Ness. Eu não lembro qual foi o último que li dele, mas lembro que foi uma experiência estranha. Acredito que foi And the Ocean Was Our Sky, um reconto de Moby Dick no ponto de vista das baleias. Enfim, o livro de hoje é lançamento do autor que saiu na gringa agora em Maio. 


O ano é 1956 e Sarah, nossa protagonista, mora em uma fazenda com o pai. Os tempos estão difíceis e o pai decide contratar um dragão para ajudar na fazenda. O pai acaba contratando um dragão azul, não muito comum para o tipo de trabalho que ele precisa fazer, mas foi barato então melhor não pensar duas vezes. 

Sarah, ao voltar da escola com seu amigo Jason, são parados pelo chefe de polícia da cidade que, em falta de palavras melhores, é um racista de merda. Porém eles são salvos de uma confusão maior por Kazimir, o dragão azul. Uma série de eventos acontecem e Sarah descobre que ela faz parte de uma profecia e de algo que é muito maior que ela e seu universo.

O livro tem, além de dragões vivendo em sociedade com os humanos, pessoas que acreditam que os dragões são deuses, um assassino que pretende colocar um fim em tudo, e o FBI perseguindo esse tal assassino e querendo derrubar esse culto aos dragões.

“Sometimes you just have to feel bad about a thing. Sometimes that's the only thing that makes you human”

O que eu achei: eu não sei nem por onde começar. Acho que é sensato dizer que por algum motivo muito doido e que nem eu sei explicar, eu amei esse livro. É tanta loucura que acontece que não é possível que saiu da cabeça de alguém e eu só posso é admirar o trabalho. 

Começando pelos personagens. Malcom, o assassino, é um jovem que acredita estar seguindo o caminho certo, o caminho da verdade, mas começa a se questionar algumas coisas. Além disso ele é super gay e merece um abraço bem apertado. Sarah é a mais pé no chão e sensata de todos os personagens. Kazimir, dragão (oi?) de poucas palavras, russo e sarcástico. Talvez a única parte que achei mais fraca é a do FBI, não consegui simpatizar por nenhum deles. 

"Burn" alterna entre os quatro pontos de vista acima e assim, aos poucos, a gente tem um parecer do que está acontecendo e os eventos que precedem o tal climax do livro. O começo foi meio devagar e difícil de engatar, mas quando cheguei em 30% eu já estava obcecada e não queria mais colocar de lado. 

Os últimos 30% do livro foram surpreendente, para não dizer muita coisa. Eu JAMAIS esperava aquilo, nem em meus sonhos mais doidos. Algumas coisas que você precisa saber antes de ler: xenofobia/racismo, guerra, assassinatos, personagens queer. 

Se você está pensando se vale a pena ler mais um livro estranho do Patrick Ness, eu diria que nem pense duas vezes antes de ler esse. Arrisque, você vai se surpreender, assim como eu ♥

Burn
Patrick Ness
ISBN-13: 9780062869494
ISBN-10: 0062869493
Ano: 2020
Páginas: 304
Editora: HarperTeen
Acompanhe o blog nas redes sociais!
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Goodreads ♦ Pinterest

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.