20 de mai de 2014

A breve segunda vida de Bree Tanner, de Stephanie Mayer

Esse livro é um conto da saga Crepúsculo, mais precisamente de Eclipse. Lembram quando ocorre a batalha entre os recém criados da Victoria e o clã dos Cullen? Você provavelmente lembra da Bree, aquela menina que se rende e os Cullen tentam salvá-la. Então o livro de hoje será sobre ela.

A breve segunda vida de Bree Tanner
Autor(a): Stephanie Mayer
Editora: Intrinseca
Ano: 2010
Páginas: 192
Sinopse: Combinando romance, horror, ação e mistério, a trama de Stephenie Meyer mergulha na trajetória de devastação do bando de recém-criados enquanto eles se preparam para o confronto definitivo.
Bree Tanner mal se recorda da vida que tinha antes de descobrir seus sentidos extremamente aguçados, os reflexos sobre-humanos e a força física sem precedentes. A vida antes da insaciável sede de sangue... Antes de ser uma vampira.
O que ela sabe é que a rotina em um bando de recém-criados é de poucas certezas, e de ainda menos regras: fique alerta, não chame atenção para si mesmo e, acima de tudo, volte para casa antes do nascer do sol, ou será destruído. O que ela não sabe: seu tempo como imortal está se esgotando. Depressa!

O livro conta a história de Bree, uma garota de 15 anos recém criada por Riley a mandato de Victória. Ela tem apenas 3 meses de vida vampiresca e em uma das suas buscas por alimento ela conhece Diego, uma vampiro de pouco  mais de 1 ano de vida. Diego é um cara legal, ele conversa e trata Bree como uma pessoa normal (se é que isso é possível). Ela acompanha Diego pelo resto da noite e ao amanhecer eles se escondem juntos, quando descobrem que a casa onde Riley mantém seus discípulos desmoronou. 
No esconderijo Bree e Diego descobrem muitas coisas importantes, por exemplo que grande parte das coisas que Riley divulga não são verdadeiras: o sol não mata/queima, eles não precisam se esconder para sempre, o clã dos Cullen não são malvados, e que eles foram criados para uma batalha.
Com os outros vampiros no abrigo, Bree nunca chamou a atenção ao contrário da grande maioria dos recém criados, ela se escondia atrás de Freak Fred, um vampiro com talento especial (causar ânsia nas pessoas). Eles nunca foram amigos de verdade e para ambos estava bom assim, mas se sentia protegida de todos os malucos vampiros.
Em uma das noites, Bree e Diego resolvem contar para Riley que o sol não mata de verdade e que tudo isso era uma invenção. Eles seguem Riley até a casa onde Victoria está, enquanto aguardavam Riley sair eis que surgem os Volturi, eles pedem para que ataque seja feito em 5 dias senão haveria consequências. Mas como assim? Eles sempre quiseram destruir os Cullen e viram ali uma oportunidade.
Bree e Diego escutam toda a conversa e não acreditam nas revelações que eles tem com isso, fora tudo uma farsa e eles admitem que Riley nunca foi verdadeiro com ninguém.
Depois do ocorrido eles voltam para o abrigo, mas Diego decide esperar Riley para contar a história do sol e suas novas descobertas. 
Depois de uma longa conversa, Riley volta para o abrigo e revela o motivo da criação de todos os vampiros presentes, o que está para acontecer e alega para Bree que Diego está como segurança. Óbvio que Bree não acredita na conversa de Riley e decide esperar com afinco por seu parceiro Diego.
Riley passa a treinar os recém criados por 3 dias e 2 noites, ele fornece alimento de qualidade (pessoas puras) e no dia seguinte parte para o ataque ao clã dos Cullen. 

Esse livro é um bom complemento ao livro, mas não é essencial ler para saber o que acontece. Nesta história temos a visão de Bree e detalhes de uma vampira sedenta pelo sangue de Bella. 
A história da recém criada Bree é por vezes bem mais interessante que da Bella e tem de tudo: manipulação, mentiras, intrigas, brigas, mortes... E claro: romance e amizade.
Bree mostrou o lado sanguinário e cruel da história, nem todos os vampiros são bonzinhos. Acredito que você sempre quis ser um Cullen, mas duvido que queira ser um recém criado!
Não foi o melhor livro da saga, mas está no TOP 3, se você é fã vale muito a leitura! 

2 comentários:

  1. Ainda não li nenhum livro da série Crepúsculo, assisti apenas aos filmes. Gosto bastante de histórias com vampiros e estou bem tentada a ler a série apesar das muitas críticas.
    Esse livro parece ser bem interessante e vai pra minha lista de desejados. ^^

    Beijokas
    http://minhacontracapa.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiz assim: assisti todos os filmes primeiro e depois li os livros. Não virei fã da saga, mas foi um leitura rápida.

      Excluir

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.