28 de mai de 2014

X-Men: Dias de um futuro esquecido

Assisti ontem (terça feira) ao mais novo filme da Marvel, sendo ele mais um apêndice da história
"X-Men".
A cronologia desses filmes é confusa e também conta com a história do Wolverine no meio, mas eu não vim aqui para falar isso hoje =D
Hoje irei contar como foi minha experiência com o filme e o que eu achei. Tudo isso sem spoilers.

No futuro, os mutantes são caçados impiedosamente pelos Sentinelas, gigantescos robôs criados por Bolívar Trask (Peter Dinklage). Os poucos sobreviventes precisam viver escondidos, caso contrário serão também mortos. Entre eles estão o professor Charles Xavier (Patrick Stewart), Magneto (Ian McKellen), Tempestade (Halle Berry), Kitty Pryde (Ellen Page) e Wolverine (Hugh Jackman), que buscam um meio de evitar que os mutantes sejam aniquilados. O meio encontrado é enviar a consciência de Wolverine em uma viagem no tempo, rumo aos anos 1970. Lá ela ocupa o corpo do Wolverine da época, que procura os ainda jovens Xavier (James McAvoy) e Magneto (Michael Fassbender) para que, juntos, impeçam que este futuro trágico para os mutantes se torne realidade.



O filme começa contando a história dos Sentinelas - robôs gigantescos criados por Trask nos anos 70.  No começo de sua criação eles só atacam mutantes, depois começou a atacar os humanos também. 
Poucos são os mutantes sobreviventes, e estão sob comando do professor Xavier e Magneto. O que acontece então, é a decisão do professor voltar no tempo e impedir o acontecimento provocado pela Mística e mudar toda a história dos Sentinelas e Trask. Mas a realidade é que o professor não poderia fazer essa viagem no tempo pois isso acabaria mantando-o. A decisão é tomada para que o Wolverine faça essa viagem, já que ele pode regenerar sem dano algum, sendo assim mais fácil.


A dificuldade está aí, pois Wolverine terá que convencer o jovem professor Xavier que ele veio do futuro, que Sentinelas estão acabando com os mutantes, que terá que convencer a Mística a não causar o dano que ela quer e ainda terá que trabalhar junto com Magneto. Wolverine também terá que convencer Magneto dessa história toda! Imagina só, é muita informação! 
O Wolverine sofre um pequeno conflito interno, que começa a desencadear logo que ele volta no tempo (1973). Não é essencial ao filme, é uma subtrama que deixa claro onde isso vai dar.



É um filme que te mantém concentrado do começo ao fim. Magneto para variar querendo ser o melhor de todos, Xavier percebendo a importância de seu poder desde jovem. Mística muito bela e vingativa que apesar de tudo consegue escutar seu "irmão" Xavier.
No começo da trama eles conseguem uma pequena ajuda de Mercúrio também, que faz uma excelente participação. Trask um cientista louco que quer exterminar os mutantes, no fundo eu achei que ele sempre quis ser um mutante e nunca pôde, pois ele tem uma raiva tão grande que não consigo ver outro motivo para isso.


Não assisti em 3D e acredito que seja necessário apenas em algumas cenas e não no filme como um todo.
O filme é ótimo e conta com excelentes efeitos especiais, superou as expectativas que eu tinha. Recomendo muito esse filme! 

Assistam e depois me conta o que acharam.

4 comentários:

  1. Esse é o primeiro livro da série que nao me instigou tanto a ir assistir logo na estréia. Que bom que superou as expectativas, já é um bom ponto a se considerar.
    www.bookspelagi.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa nova filmagem de X-Men está muito melhor que a anterior. Vale muito a pena!

      Excluir
  2. Adoro os filmes dos X-Men e ainda não tinha visto o trailer AMEI e quero muito assistir em breve. Parece que este vai ser um dos bons.

    Bjs
    http://meupassatempoblablabla.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.