29 de ago de 2014

Ruby Sparks (2012)


Enrolei uns bons anos para assistir esse filme, não esperava grande coisa. Eu não sabia do que se tratava o enredo, achei que era um filme bobo, água com açúcar. O que chamou minha atenção na verdade foi o poster do filme. São caracteres de um livro/jornal que moldam uma moça, e tem um cara salvando/resgatando essa moça das letras. Pensei então que poderia ser um filme interessante e resolvi assistir. O que eu achei? Você confere logo abaixo.

No filme temos Calvin, ele é um escritor de que faz sucesso há dez anos com sua obra única e singular. No momento ele tem que escrever outro livro, porém ele está com bloqueio e é só sentar na frente da máquina de escrever que ele trava, não consegue um palavra sequer. Calvin não tem amigos, o único amigo dele é seu irmão e seu terapeuta. Ele é a personificação do autor solitário. Ele vai a encontros, mas não se conecta com ninguém, pare ele as mulheres só querem a ideia de estar com ele. 

O filme começa com Calvin sonhando com uma garota bem simpática, que apenas conversa com ele, mas que não conhece. Ele tem um cachorro, o Scotty, que tem vergonha dele por fazer xixi como fêmea, o que deixa-o diminuído e incompetente. Ele joga toda a culpa de não escrever em Scotty, pois dá a desculpa de ter que sair várias vezes ao dia para levá-lo para fazer xixi. Na verdade, Calvin não acredita realmente que a culpa seja de Scotty, ele só não sabe o que fazer em relação à escrita. A ideia de comprar Scotty foi de seu terapeuta, ele imaginou que com o cachorro seria mais fácil para Calvin conseguir amigos. Então, seu terapeuta tem uma ideia que pode ajudar Calvin, fazer com que ele escreve sobre Scotty, com seus defeitos e tudo, do jeito que ele é. Ele aceita o desafio proposto pelo terapeuta e irá mostrar o progresso, mesmo que seja ruim.

Na noite seguinte Calvin sonha com a garota novamente e é como se a inspiração dele voltasse, ele passa dias e dias escrevendo um novo livro, que é sobre essa garota. E acaba de apaixonando pela personagem que cria, não conseguindo parar de escrever só para ficar mais perto dela. 


Uma certa manhã Ruby, a garota dos livros, torna-se real.  Para a surpresa de todos, inclusive do seu irmão que sabe de toda a história do livro e da criação de Calvin. Não é de se espantar que Calvin acredite que está louca e passa a ignorá-la, eles saem na rua e ele se espanta quando as outras pessoas na rua conseguem enxergá-la e tocá-la, ele percebe então que não está louco. Que criou a garota perfeita para ele, criou a namorada perfeita para ele. Ela é a garota dos sonhos, bela, sensível e problemática, mas atraente do jeito que só ela sabe como. 


Bem, imagina a situação né?! Ele pode alterar qualquer emoção, sentimento, característica física ou psicológica. O namoro deles torna-se tão grande e absoluto que eles não percebem o rumo que toma. Calvin promete nunca mais escrever sobre Ruby, até o momento que eles brigam por algo e ele altera as emoções dela.

É interessante ver o quanto um autor/escritor pode sofrer com o processo criativo, eu sou uma leitora e confesso que não saberia o que fazer ao tentar escrever um personagem e ele criar vida, da mesma forma que eu pensei. O livro é quase um conto de fadas, porém possui muita personalidade e trata de temas como solidão e controle sobre a pessoa que ama. Parece bem... Perturbador, mas ainda sim é uma história de amor que faz você pensar.
Alguém poderia ler este livro e achar que é mágica, mas se apaixonar é um ato de magia. E escrever também é
Título original: Ruby Sparks
Ano produção: 2012
Distribuidor: Fox Films

Já assistiram esse filme? Gostaram?
Beijos~! 
 Onde me encontrar
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Tumblr ♦ Skoob ♦ Google+

14 comentários:

  1. Nunca vi esse filme, mas fiquei interessada :)
    Adorei o seu blog e já estou a seguir!!
    Também curti a sua página de facebook.
    beijos,
    Daniela

    http://ddocesonhadora.blogspot.pt/
    https://www.facebook.com/ddocesonhadora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem bacana, uma crítica ao amor platônico e a realidade sobre até onde sua imaginação te leva.

      Excluir
  2. Oi =)

    Eu já tinha visto uma chamada desse filme, mas me esqueci completamente dele. Gostei muito da sua resenha e vou ver se esse final de semana o assisto. Quem sabe né?! HAHAHAHH Adorei a indicação <3

    Beijos, Rob

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vê sim, é bem legal. Depois você me conta o que achou! ^^

      Excluir
  3. Fiquei mega curiosa pra assistir agora, rsrs.
    Nunca vi, mas vou procurar pra comprar...
    http://detudoumpouco28.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não dava nada para o filme, mas é bem bacana!

      Excluir
  4. Awn que legal...
    Fiquei curiosa, já gostei bastante da Ruby ela parece ser uma personagem bem simpática,
    vou tentar assistir o filme. Meu sonho alguns dos meus personagens favoritos se tornarem reais.

    https://soubibliofila.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Nunca havia ouvido falar nesse filme,me pareceu bem legal,espero ver ele logo rs
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assiste sim, depois me conta o que achou ^^

      Excluir
  6. Eu tenho esse filme há um tempo pra assistir mas nunca tinha tempo ou sempre passava na frente de outros filmes, mas parece ser bem fofo e o tipo de filme que eu gosto *--*
    Agora deu mais vontade ainda de ver ele!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem fofo mesmo. Não tem desculpas e nem enrolação hahah, assista!

      Excluir
  7. Morro de vontade de assistir a esse filme,mas sempre me esqueço dele :/
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também fazia isso, sempre passava outros filmes na frente. Esse foi o escolhido da semana hahah

      Excluir

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.