4 de fev de 2015

A Caminho do Verão, Sarah Dessen

Como vocês bem lembram eu falei aqui que estou participando do desafio I DARE YOU e que para o mês de janeiro o tema era férias, verão. Eu já havia lido e até já resenhei o livro do mês, porém eu acabei me empolgando e li vários livros com o tema verão, já que eu estava na praia e estava bem nesse clima de calor, mar e tals. 

Foi meu primeiro livro lido da autora, não esperava muita coisa dela, mas acabei gostando bastante do livro. Quer saber mais o que eu achei? Continue lendo... 

A Caminho do Verão
Título original: Along for the Ride
Autora: Sarah Dessen
ISBN: 9788516065300
Ano: 2011
Páginas: 416
Editora: Editora iD
Skoob | Goodreads | Compre
Nota: 4/5
Auden resolve passar as férias de verão em Colby, uma minúscula cidade do litoral, com o pai, sua nova esposa e Thisbe, a filha do casal e sua mais nova irmãzinha. Lá, ela revê seus conceitos em relação à madrasta, encara um emprego de férias em uma boutique totalmente demais e conhece Eli, um garoto misterioso com o qual embarca em uma busca: experimentar uma adolescência sem preocupações que lhe foi negada enquanto ele procura se recuperar de um acontecimento trágico. Junte dois solitários, uma bicicleta, um estoque infindável de madrugadas com insônia, tortas e café e… tudo pode acontecer.
Como eu disse, foi meu primeiro livro da autora e acredito ter escolhido um bom livro para conhecê-la. É um livro leve, bem simples e que não exige muito de você para entender o que acontece. É basicamente a Auden, contando como ela lida com a ausência do pai que tem uma nova família e sua mãe fria, que coloca pressão para que ela seja a filha mais inteligente do mundo. 
Houve um momento desconfortável, durante o qual percebi que ela estava esperando que eu abrisse o pacote, então eu fiz. Era um pequeno porta-retrato de vidro, salpicado com pedras coloridas: ao longo do pé estavam gravadas as palavras O MELHOR DOS TEMPOS. Dentro estava uma fotografia de Hollis parado na frente do Taj Mahal. Estava sorrindo um dos seus sorrisos preguiçosos, em shorts cargo e uma camiseta, uma mochila por cima de um ombro.
Auden é filha de dois professores e seguir a carreira acadêmica parece ser o mais promissor para ela, porém ao receber um foto do irmão que vive viajando e vivendo a vida, ela fica meio indecisa quanto às suas decisões e as suas pretensões enquanto ainda é jovem. Auden não tem muitos amigos, na verdade não tem nenhum. Sua vida se resume em querer a atenção dos pais e tentar aproveitar quando a tem, o que é algo difícil. 

Faltando poucas semanas para acabar as férias de verão, ela vai passar uns dias na casa do pai, com a madrasta e a nova irmãzinha que não para de chorar um minuto se quer. Com os anos, Auden adquiriu um hábito não muito saudável, então a noite ela saía de casa para espairecer e pensar na vida. Quando seus pais eram casados ela simplesemente não suportava as brigas e sair de casa era a melhor solução por algumas horas. Agora na casa do pai, as coisas não estão muito diferentes, com o choro da criança e as brigas da madrasta com o pai, sair de casa voltou a ser uma ótima opção.
Eu peguei meu laptop, abri minha conta de e-mail, então desci até a mensagem do meu pai. Sem me deixar pensar muito, digitei uma resposta rápida, assim como uma pergunta. Dentro de meia hora, eletinha me escrito de volta.Você deveria vir com certeza!Fique o quanto quiser.Nós adoraríamos a sua companhia!E bem assim, meu verão mudou.
Com essa hábito complicado de Auden, ir dormir tarde passou a ser mais fácil do que ela esperava e em uma de suas rondas noturnas ao procurar algum lugar para ir, ela conheceu Eli. Um cara misterioso da praia que tem seus próprios problemas e medos. Lembre-se que romance não é o foco do livro. Para mim o livro quis mostrar a superação de medos, tanto de Auden, quanto de Eli. Superação de medo da parte de seu pai por ter uma nova criança em sua vida, por sua mãe em aprender a lidar melhor com os sentimentos. Auden começa a fazer amigos e a participar de momentos que ela levará para vida toda. 
– Tudo isso conta – Adam disse de novo – E no fundo, o que define você não é quantas vezes você cai, mas às vezes em que você volta à bike. Desde que haja mais uma, tudo bem.
O livro me fez querer ler todos os livros dela. A descrição dela da casa de praia fez eu me sentir realmente lá, eu imaginei o calçadão, a casa de frente para o mar, típica casa de litoral americano. Ai ai, já quero férias de novo! 

Mas enfim, essa foi mais uma leitura para o desafio porém não estava na minha lista, mas quis ler mesmo assim. Se você já leu o livro, faz parte do IDY ou já leu algo da autora conta para mim nos comentários, vou adorar saber mais detalhes =D 
Acompanhe o blog nas redes
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Google+ ♦ Filmow

8 comentários:

  1. ''...que não para de chorar um minuto se quer'' haha omg
    Ainda não tinha visto essa autora e muito menos conhecido o livro. Achei a capa beeem simples. A história me lembra a um livro cujo não lembro o nome, e que tive que ler para fazer um trabalho. Não me agradou muito.
    Tenha um bom dia!

    ResponderExcluir
  2. Tem uma galera que adora os livros desta autora e eu acabei de adquirir o primeiro dela para poder saber do que este pessoal tanto fala, hehe. Desconfio que vá acontecer o mesmo que com você, vou querer ler todos da autora, rsrs.

    Beijo, Vanessa Meiser
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ouuunn ♥ Lê sim! A autora é uma fofa e você vai querer ler todos os livros dela! haha

      Excluir
  3. Não conhecia essa autora ainda. O livro parece ser bem simples, exatamente bom pras férias, pra relaxar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siim, quando tiver oportunidade leia algum livro dela.

      Excluir
  4. Não conhecia a autora também, quero ler o livro, parece uma história que vc não quer mais parar de ler,rs

    ResponderExcluir

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.