15 de mai de 2015

A Vida do Livreiro A J Fikry, Gabrielle Zevin

Genteee, demorei muito tempo para trazer a resenha desse livro!! 
Eu li nas férias de janeiro e até agora não tinha liberado a resenha, mas antes tarde do que nunca não é mesmo? 

A Vida do Livreiro A.J. FikryTítulo original: The Storied Life of A.J. Fikry
Autora: Gabrielle Zevin
ISBN-13: 9788565530668
ISBN-10: 8565530663
Ano: 2014 
Páginas: 190
Editora: Paralela
Compare e compre: Buscapé
Skoob | Goodreads
NOTA: 4/5
O livro trás a história do Fikry. Ele é dono de uma livraria que não vai lá muito bem. Depois da morte de sua esposa, Fikry vira um homem amargo, antissocial e antipático. Apesar de tudo isso, para a felicidade dele, seu exemplar raríssimo de um livro do Edgar Alan Poe é roubado de sua casa e tudo indica que será um mistério sem solução. Dado a toda essa situação, você pensa que não pode ficar pior, então é aí que surpresas acontecem. Fikry recebe uma visita bem inesperada que acaba mudando complemente todos os seus planos e sua perspectiva de vida.
O nosso livreiro aqui, mora em Alice Island e vive uma vida bem pacata, ele odeia os escritores apesar de amar os livros. Ele teme que ao conhecer os autores, seu amor por eles possa ser despedaçado. A tristeza toma conta de sua vida, pois a cada dia as vendas dos livros diminuem, dado às compras pela internet e as aquisições de e-readers.

Após sua corrida habitual, ao voltar para loja/casa (ele mora no andar de cima) ele encontra a porta aberta, não escancarada, porém não estava trancada como anteriormente. Ele percorre toda a livraria tentando encontrar algo irregular e é nesse momento que o inesperado acontece, alguém abandona uma criança, um neném indefeso na livraria, sabe-se lá porquê. Ao que parece ser improvável, A.J. acaba tendo um carinho enorme pela criança e resolve que vai adotá-la. 
“Não somos as coisas que colecionamos, adquirimos, lemos. Somos, enquanto estamos aqui, apenas amor. As coisas que amamos. As pessoas que amamos. E estas, acho que esta realmente continuam.”
O livro possui outros personagens como:
- Amélia, ela é a representante de vendas que vai até a livraria mostrar os lançamentos. Digamos que o primeiro contato deles foi horroroso. Ela não conhecia o refinado gostos literário do A.J. e aos poucos no meio da conversa ela acaba indicando o livro chamado "Desabrochar Tardio", que é de um autor iniciante e é claro que A.J. recusa sem pensar duas vezes né. Porém depois de um bom tempo ele encontra o livro na residência e resolve lê-lo e o encantamento pela trama é inegável. O livro "Desabrochar Tardio" não existe, tá?! É um livro ficcional, tipo Uma Aflição Imperial de A Culpa é das Estrelas. 
- Tem também o policial, Lambiase, que por mais improvável que possa parecer, acaba sendo de grande ajuda para A.J. na investigação do livro desaparecido e entre outros problemas. 
- Ismay, irmã de sua falecida esposa, que sempre ajuda Fikry nos vários momentos e fase da sua vida. 
“É o medo secreto de que não é possível sermos amados o que nos isola [...] mas é apenas porque estamos isolados que pensamos não sermos amáveis. Certo dia, não se sabe quando, vai estar dirigindo por uma rua. E certo dia, não se sabe quando, ele, ou ela, aliás, estará lá. Será amado porque, pela primeira vez na vida, realmente não estará solitário. Terá escolhido não estar solitário.”
Devo dizer que, apesar dos poucos personagens que existem na trama a autora soube usá-los muito bem. Não vi pontas soltas e o livro não deixou a desejar. Fiquei encantada também com os inícios de capítulos, pois em cada início temos um comentário de Fikry sobre algum livro ou conto que leu. São muitos comentários que me deixaram com vontade de ler vários livros!  

É um livro extremamente leve, fácil e rápido de ler. A leitura flui muito bem, li em questão de horas, entra para aquela lista de livros para ler em um dia. Não se deixe enganar pelo números de páginas, o livro é uma graça e não julgue por ele ser fino, ele pode te surpreender
"As coisas que nos tocam aos vinte não são necessariamente as que nos tocam aos quarenta, e vice-versa. Isso é verdade para livros e para a vida."


Acompanhe o blog nas redes
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Google+ ♦ Filmow

14 comentários:

  1. Olá, Rosana.
    Estou namorando esse livro faz tempo, então a sua resenha me deixou com muita vontade de lê-lo. A obra parece ser incrível.
    E esses comentários sobre livros no começo? *O* Prevejo que minha lista vai crescer com essa obra. rs

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de maio. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  2. Apesar de você ter gostado da leitura e ter destacado alguns pontos positivos, eu não lerei :/ A história não me chama atenção e quando vi ele no folheto da Avon pensei logo "acho que não vou gostar desse livro" :/

    Abs1

    Leitura Silenciosa | Blog | FanPage

    ResponderExcluir
  3. Achei a capa desse livro bem fofa e a história também parece ser >.<
    E eu sempre gosto quando o livro tem um diferencial no inicio de cada capítulo!
    beijinhos :*

    ResponderExcluir
  4. Olá Rosana!
    Gostei da sua resenha sobre o livro A Vida do Livreiro A J Fikry.
    Misturou mistério, drama, e deu vontade de saber o final, tipo quem pegou o livro, de quem é a criança, o que aconteceu com a loja.... Vou procurar pra ler com certeza!
    Valeu pela dica.
    Bjus

    ResponderExcluir
  5. Oi, Rosana.
    Eu não conhecia o livro, mas adorei a resenha. Ai, meu Deus! Se eu tivesse um raríssimo livro do Edgar Allan Poe (adoro) e ele fosse roubado, eu ficaria LOUCA. Eu gosto de livros curtinhos e de leitura rápida, principalmente depois de finalizar alguma série, então acho que darei uma chance a ele.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. adorei a resenha, nao conhecia o livro mais ele ja me chamou atençao, fiquei curiosa e espero ler em breve como tu mesmo disse é uma leitura rapida.

    ResponderExcluir
  7. Amei a resenha! Amei, a historia parece simplismente incrivel... A capa nao me chamou muita atencao, mais e um livro que eu amaria ler..

    ResponderExcluir
  8. Oi, Rosana!
    Esse livro já está na minha lista de desejados há bastante tempo.
    Super curiosa para conhecer o livreiro e criança.
    Adorei a resenha.
    Beijos

    Construindo Estante || Curta a fan page
    Sorteio de caneca personalizada de A Culpa é das Estrelas. Participe!

    ResponderExcluir
  9. Olha para ser sincera eu já vi várias resenhas de pessoas falando muito bem desse livro, mas eu quando fui na livraria e dei uma folheada a escrita do autora não me atraiu, mas mesmo assim depois de ler essa sua linda resenha fiquei bastante curiosa, porque quero saber o porque do personagem ter achado um bebê e também porque se tratando de livros é comigo mesmo. Acho que com todos os leitores né? Enfim...Eu acho que vou dar uma chance, porque adorei tudo que você abordou e adorei o seu ponto de vista.

    Espero ter a oportunidade de comprar assim que puder.
    Parabéns pela sua resenha e pelo seu cantinho que é lindo. ESTOU TE SEGUINDO tá?

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/resenha-temporada-de-segredos.html

    ResponderExcluir
  10. Amo histórias despretensiosas, leves, sem grandes reviravoltas, mas que ainda surpreendam, me deixem com um sorriso bobo na cara. Ainda não sei se gostei da capa e achei a sinopse fraca, típicas daquelas que não contam muito e vc acredita que será uma história boba - o que foi o meu caso agora. Só pela sinopse não o leria, mas sua resenha foi cativante. Parabéns!

    ResponderExcluir
  11. pra ser sincera eu nao interessei muito pela capa nem pela sinopse então nao leria..

    ResponderExcluir
  12. Confesso que a capa desse livro não me interessou muito, mas a tua resenha despertou minha curiosidade. A história acabou ganhando contornos que eu não imaginava que teria, e os personagens em número reduzido é um aspecto do qual eu gosto muito, porque assim me sinto mais próxima deles e posso conhecer todos melhor. Gostei da trama, achei-a bem original, e o tamanho do livro faz com que não exista desculpa para deixá-lo de ler. A história parece ser leve e comovente ao mesmo tempo.

    ResponderExcluir
  13. Esse não me iinteressou muito, porém, por ser um livreiro sempre é legal de ler, e a gente acaba se identificando muitooooo!
    E fiquei curiosíssima por causa dessse baby!!!!
    assim que der, lerei tbm!
    bjos

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Comecei a ler a resenha sem saber muito o que esperar sobre o livro mas gostei bastante da resenha o A.J me pareceu um personagem bem reservado mas que amo os livros e isso me fez gosta muito dele !!!

    ResponderExcluir

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.