31 de ago de 2015

O Velho e o Mar - Ernest Hemingway

Olá pessoal, tudo bem?

A resenha de hoje é de um clássico da literatura universal. Espero que gostem. 

Título Original: The Old Man And The Sea
Título: O Velho e o Mar
Autor(a): Ernest Hemingway
ISNB: 8528609707
Ano: 2002
Páginas: 112
Editora:  Bertrand Brasil
Nota: 5/5
Adicione: Skoob
Compre: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino
Depois de anos na profissão, havia 84 dias que o velho pescador Santiago não apanhava um único peixe. Por isso já diziam se tratar de um salão, ou seja, um azarento da pior espécie. Mas ele possui coragem, acredita em si mesmo, e parte sozinho para alto-mar, munido da certeza de que, desta vez, será bem-sucedido no seu trabalho. Esta é a história de um homem que convive com a solidão, com seus sonhos e pensamentos, sua luta pela sobrevivência e a inabalável confiança na vida. Com um enredo tenso que prende o leitor na ponta da linha, Hemingway escreveu uma das mais belas obras da literatura contemporânea. Uma história dotada de profunda mensagem de fé no homem e em sua capacidade de superar as limitações a que a vida o submete. 

O livro conta a história do velho pescador Santiago que no momento está numa "maré de azar", não consegue pescar há 84 dias. Santiago vive uma vida muito simples em seu casebre, ele só não passa fome pois conta com a ajuda de Manolin, um garotinho que o ajudava quando ele era um grande pescador, mas que devido a má sorte de Santiago foi obrigado pelos pais a trabalhar em outro barco. 
"A vela fora remendada em vários pontos com velhos sacos de farinha e, assim, enrolada, parecia a bandeira de uma derrota permanente."
Certo dia Santiago decide tentar a sorte, ele se despede de Manolin com a promessa de que voltará com um grande peixe, que seu azar finalmente vai acabar. E assim Santiago parte apenas com sua coragem e determinação. Já Manolin permanece na vila de pescadores torcendo por seu amado amigo.

Em alto mar Santiago consegue fisgar um espadarte, um peixe muito grande. Santiago possui muitas limitações, devida a sua idade avançada, dificultando seu trabalho. E assim é iniciada uma luta entre o espadarte e Santiago.


Santiago tem um grande respeito pelo seu inimigo. Eles ficam dias travando essa batalha. Santiago possui um pequeno suprimento de água, e se alimenta dos peixes menores que consegue pescar. E assim vai sobrevivendo. 
"Entretanto, o velho pescador pensava sempre no mar no feminino e como se fosse uma coisa que concedesse ou negasse grandes favores; mas se o mar praticasse selvagerias ou crueldades era só porque não podia evitá-lo. 'A lua afeta o mar tal como afeta as mulheres.'"
Ele não sabe até quando vai aguentar, mas ele tem esperança de levar o peixe para vila e ser reconhecido por seu feito.
"Um homem pode ser destruído, mas não derrotado."
Este livro é escrito na terceira pessoa, é uma leitura fácil e rápida. É um livro que nos traz uma lição de esperança e superação. Ernest Hemingway nos faz pensar que se temos um sonho, por mais impossível que ele pareça ser, se lutarmos, se persistirmos, se acreditarmos, conseguiremos realizá-lo.

Eu tenho este livro há um tempinho já, ganhei ele na escola quando tinha dez anos, mas só fui lê-lo agora, não sei porque demorei tanto, o livro é um máximo, não deixem de conferir!


Acompanhe o blog nas redes
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Google+

Nenhum comentário:

Deixe um comentário ;)

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.