25 de fev de 2016

Maratona Oscar 2016 #5 - Spotlight

Oláá pessoas, tudo bem? 

O filme de hoje conta uma história real de como os repórteres do The Globe Boston descobriram o enorme escândalo de abuso infantil envolvendo a igreja católica. O filme foi indicado em seis categorias: melhor filme, melhor diretor, melhor ator coadjuvante (Mark Ruffalo), melhor atriz coadjuvante (Rachel McAdams), melhor roteiro original e melhor edição. 


Então, como eu disse, o filme conta a história real e uma equipe de jornalistas do The Globe Boston que trouxeram à tona toda a verdade por trás da abusiva igreja católica no começo dos anos 2000. Eles investigaram e trouxeram à público todos os escândalos de pedofilia. 

O filme é dirigido por Tom McCarthy que faz um ótimo trabalho aqui. Spotlight é basicamente um filme mais investigativo, mostrando o cotidiano de uma equipe de jornalistas tentando descobrir a verdade. Porém, apesar de ter todo esse teor mais investigativo e cheio de diálogos, o filme está longe de ser maçante. 

O enredo te deixa envolvido com as histórias e o ritmo do filme é constante. A cada nova descoberta, a cada nova situação apresentada dá um fôlego a mais para o filme, tornando algo mais dinâmico que envolve o público totalmente.


Quanto às interpretações, eu amei ver Rachel McAdams fazendo um filme mais sério, ela consegue mesclar bem a profissional que o filme pede porém com uma certa sensibilidade. Mark Ruffalo está muito bom também, ele está comprometido de corpo, alma e mente com a história que estão contando no Spotlight e ele consegue mostrar isso de várias formas ao longo do filme. Michael Keaton, Liev Schreiber, Stanley Tucci e Billy Crudup conseguem lidar muito bem com o filme, sem mostrar interpretações ruins.

O que funciona no filme não são grandes explosões ou o uso de efeitos especiais, o filme convence pelas informações que apresentam. Acredito se você está indo ao cinema para ver esse filme e se divertir, talvez esse não seja o filme certo para você. Spotlight tem um tom mais de documentário sabe? Querendo mostrar a verdade acima de tudo, mas sem gracinhas ou situações forçadas, o que para mim é excelente. O apelo de entretenimento desse filme é outro, e eu gostei muito do filme por causa disso. 

Título original: Spotlight
Ano produção: 2015
Dirigido por: Tom McCarthy (IV)
Duração: 128 minutos
Gênero: Biografia, Drama, História



Não deixe de acompanhar o blog nas redes sociais! 
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Google+ ♦ Goodreads

Um comentário:

  1. Olá, Rosana.
    Bom ver um filme de qualidade que fuja da questão do simples entretenimento. Ademais, acho que deve ser interessante ver essa rotina jornalística em busca da verdade.
    Ótima resenha.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de reinauguração. Serão quatro vencedores!

    ResponderExcluir

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.