31 de mar de 2016

Minha Mãe Quer Que Eu Case (Because I Said So), 2007

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje trago para você mais uma comédia romântica. Essa ao contrário das outras me decepcionou um pouco. Confiram!


Daphne Wilder (Diane Keato) é uma mãe solteira que está  preste a completar 60 anos. Ela tem três filhas, Maggie (Lauren Graha), Mae (Piper Perabo) e Milly (Mandy Moore), sendo que Milly é a única filha que ainda não se casou. Daphne, com medo de que sua filha tenha o mesmo destino que ela, resolve criar um anúncio em um site de relacionamento, se passando pela filha, para encontrar um par perfeito para ela.

Como sempre algo acontece, no local escolhido para a seleção dos possíveis parceiros para sua filha, ela encontra o músico Johnny (Gabriel Macht), ele fica interessado na história, em conhecer a moça da qual a mãe tanto elogia, mas Daphne quer ele bem longe da filha, não o considera o tipo adequado para ela. Ela escolhe o bem sucedido arquiteto Jason (Tom Everett Scott) para ser o príncipe encantado de sua filha, mas Johnny não se dá por vencido, e vai atrás de Milly.


Sem saber de nada Milly é cortejada pelos dois pretendentes, ela não acredita na sorte que tem, por dois homens tão interessantes aparecerem em sua vida de uma hora para outra, ela então decide dar uma chance para os dois, conhecendo-os melhor, para então escolher um deles.



Milly só não entende o porque de sua mãe sempre dar créditos a Jason, dizendo que Johnny não é o homem certo para ela, que apenas a fará sofrer, que além de tudo, Johnny tem um filho e ainda mora com o pai, se sustenta de música, já Jason pode lhe oferecer uma vida confortável. No entanto Milly não se importa com isto, ela está começando a se apaixonar por Johnny, só que mesmo sentindo algo a mais por ele, continua saindo com Jason.


Minha mãe quer que eu case é uma comédia romântica bem mediana, não que este gênero de filme seja excepcional, mas esta realmente não foi feliz em suas escolhas. As atuações até convencem, mas o enredo é muito perdido, é mais uma mistura de tudo, que acaba em nada, infelizmente. Dois itens que salvam o filme são a trilha sonora, gostei muito das músicas, e as poucas cenas que nos fazem rir.

Este é um daqueles filmes que assistimos para passar o tempo mesmo, não é aquele tipo de comédia romântica fofinha que te fará suspirar, ou então aquela que te faz dar muitas boas risadas, como já citei, é um filme bem mediano.
"Em termos de homem ela só atrai os psicóticos, gays, casados, indisponíveis ou malucos."
Título Original: Because I Said So
Ano de Produção: 2007
Dirigido Por: Michael Lehmann
Gênero: Comédia, Romance
Nota: 3/5


Não deixe de acompanhar o blog nas redes sociais
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Google+ ♦ Goodreads

Nenhum comentário:

Deixe um comentário ;)

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.