13 de mai de 2016

Simon vs. a agenda Homo Sapiens - Becky Albertalli

Olá, pessoas! Hoje é sexta feira 13 e eu já tinha feita uma resenha de um livro de terror, o gênero do meu coração, mas ai Simon vs. a agenda Homo Sapiens entrou na minha vida. E eu preciso falar sobre Simon vs. a agenda Homo Sapiens.

Título Original: Simon vs. the Homo Sapiens Agenda
ISBN-13: 9788580578928
ISBN-10: 8580578922
Ano: 2016
Páginas: 272
Editora: Intrínseca
Nota: 5/5 
Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da escola, descobre uma troca de e-mails entre Simon e um garoto misterioso que se identifica como Blue e que a cada dia faz o coração de Simon bater mais forte. Martin começa a chantageá-lo, e, se Simon não ceder, seu segredo cairá na boca de todos. Pior: sua relação com Blue poderá chegar ao fim, antes mesmo de começar. Agora, o adolescente avesso a mudanças precisará encontrar uma forma de sair de sua zona de conforto e dar uma chance à felicidade ao lado do menino mais confuso e encantador que ele já conheceu. Uma história que trata com naturalidade e bom humor de questões delicadas, explorando a difícil tarefa que é amadurecer e as mudanças e os dilemas pelos quais todos nós, adolescentes ou não, precisamos enfrentar para nos encontrarmos.

Eu comecei a leitura deste livro de forma totalmente despretensiosa e querendo ler um livro com um protagonista gay, porém eu não sabia que iria me apaixonar tanto pelo livro e pelos personagens desta estória. 

Simon é gay e ninguém sabe. Bom, na verdade, só uma pessoa sabe e está pessoa é Blue. Blue é com quem Simon está sempre trocando emails, a pessoa com quem ele se sente a vontade para falar sobre tudo, porém Blue não sabe quem é Simon e Simon não sabe quem é Blue porque ambos usam codinomes secretos para conversar e eles estudam na mesma escola.

A estória começa quando após deixar seu email aberto no computador da escola, Simon começa a ser chantageado por Martin, que salvou seus emails para Blue. Martin quer que Simon o ajude a conquistar sua melhor amiga Abby e em troca Martin não mostrara os emails para ninguém.

Acredito que o que mais me impressiona neste livro é o quanto ele consegue ser fofo, divertido e me fazer refletir, sem cair em um clichê chato com personagens cheios de estereótipos. Becky Albertalli nós traz esse livro delicioso para se devorar rapidamente com uma escrita simples e juvenil.

Mas estou cansado de sair do armário. Tudo que eu faço é sair do armário. Tento não mudar, mas estou sempre vivendo essas pequenas mudanças. Arrumo uma namorada. Tomo uma cerveja. E, todas as vezes, preciso me reapresentar para o universo.

Todos os personagens são maravilhosos! Sério, eles são tão cativantes, reais e palpáveis, eles têm problemas reais e falhas. Como exemplo disso, eu não odiei o Martin como achei que iria odiar, na verdade, acho que ele é um ser humano que cometeu um erro grave mas ele não é um grande vilão de estória, e até mesmo Simon tem um pouco de afeição por ele apesar da chantagem.

Falando em personagens, o Simon agora é um dos meus personagens favoritos! Ele é um amorzinho, é engraçado e eu me identifiquei tanto com ele em alguns momentos e com alguns de seus pensamentos. Ele é um personagem real que tem muitas falhas, até me deixou com raiva em um momento, mas acredito que isso o torna ainda mais especial. 

Não vou falar de todos os coadjuvantes aqui porque são muitos, mas vale dizer que eles são incríveis e estou admirada em como Becky Albertalli deu voz e personalidades para tantos personagens. Logo no começo da estória, eu gostava muito de todos, torcia por eles e queria saber um pouco mais sobre cada um.

Se Simon é um dos meus personagens favoritos, então Simon e Blue são um dos meus casais favoritos também, eles são tão fofos e tem uma conexão tão bonita que eu até me emocionei com eles. Durante o livro lemos vários emails deles e isso é uma das coisas mais legais do livro. Quanto a descobrir quem é o Blue.. bom, eu descobri antes da revelação! Não queria, mas acertei e fiquei feliz com isso. 

Como comentário extra, você não acha que todo mundo devia ter que sair do armário? Por que o comum é ser hétero? Todo mundo devia ter que declarar o que é; devia ser uma coisa bem constrangedora, não importa se você é hétero, gay, bi ou sei lá o quê. Só uma ideia.  

Ainda falando sobre os personagens queria dar um pequeno destaque para a família de Simon. A família dele é incrível e o relacionamento deles é lindo. Alias, adoro quando esses livros YA não fingem que a família é só objeto de decoração porque afinal, em alguns acasos eles são bem presentes neste momento da vida. 

Já devem ter percebido que amei este livro, certo? Recomendo este livro para todos! Simon vs. a agenda Homo Sapiens é um YA contemporâneo que fala sobre minorias de um jeito leve, descontraído e que prende o leitor da primeira à ultima página. 


Não deixe de acompanhar o blog nas redes sociais! 
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Google+ ♦ Goodreads

Um comentário:

  1. Sempre que vejo uma resenha desse livro fico mais encantado em lê-lo. Você fez eu ficar ainda mais ansioso pela leitura... realmente espero não me decepcionar e quando tiver um veridito voltarei aqui para contar.

    ResponderExcluir

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.