3 de jun de 2016

Cartas de Amor aos Mortos - Ava Dellaira

Oi pessoal,

A resenha de hoje é de um livro que eu li no mês passado, mas já fazia um tempo que eu tinha ele na minha estante, então a leitura foi ainda mais prazerosa por ser um livro que estava esperando para ser lido há algum tempo.


Nesse livro vamos conhecer a história de Laurel, é o começo do ensino médio e ela mudou de escola, depois da morte trágica de sua irmã, ela decide estudar na escola próxima a casa de sua tia, afim de evitar que as pessoas façam perguntas sobre sua irmã na escola antiga; Laurel recebe de sua professora de inglês a tarefa de escrever uma carta para uma pessoa que já morreu, ela começa então a escrever cartas para seus ídolos, que vão desde cantores de rock, até a poetisas, o que ela descobre em sua jornada, é como as pessoas lidam de formas diferentes com a morte, e como escrever sobre seus sentimentos pode ser libertador.
"Às vezes suas músicas dão a impressão de que existia muita coisa dentro de você. Talvez você nem tenha conseguido colocar tudo para fora. Talvez tenha sido por isso que morreu. Como se tivesse implodido. Acho que não estou fazendo a tarefa direito. Talvez eu tente de novo mais tarde." pág 11
A história desse livro é linda demais, assim que comecei a leitura, simplesmente não consegui parar de ler e terminei ele em dois dias, os personagens me cativaram de uma forma incrível, começando pela Laurel, ela é uma personagem tão complexa e simples ao mesmo tempo, e até um pouco ingênua em certos aspectos, principalmente em relação à sua irmã May, e isso vai se desenvolvendo ao longo de todo o livro, Laurel tem uma profundidade e uma história tão densa, e vamos percebendo como ela muda ao longo de todo o livro, e as descobertas que vamos fazendo são incríveis e chocantes, e a autora levou isso de uma maneira muito boa, quando você percebe, você descobre um acontecimento na vida da personagem e não imaginava que era aquilo. Os outros personagens também são muito bons, cada um com seus próprios demônios para enfrentar e amadurecer ao longo de toda a narrativa.
"[...] E quando May sussurrou no meu ouvido:
- O universo é maior do que qualquer coisa que cabe na sua cabeça.
E então fico dando voltas. E ainda não sei como dar sentido ao mundo. E tudo bem ele ser maior do que o que podemos abarcar. Porque, quando você fala em beleza, não está falando de algo bonito, está falando de algo que nos torna humanos.[...]" pág 118

Eu gostei muito do modo como a autora escreve, todos os personagens tem seus momentos de sofrimento, dor, alegria e personalidades bem diferentes mas muito bem desenvolvidas, alguns clichês até aparecem ao longo do livro, mas eles foram tratados de forma tão sutil que tudo flui de uma maneira incrível. Como eu disse, a história começa de um jeito e a autora vai nos surpreendendo com a profundidade dela cada vez mais, e o fato dele ser todo contado em cartas, para mim não deixou de forma nenhuma a história rasa, pelo contrário, as cartas são tão reais e profundas, você se sente vivendo tudo aquilo como num filme. Achei a escolha dos ídolos bem interessante, alguns eu já conhecia a história e outros acabei conhecendo com o livro, e foi incrível, você sente como se de alguma forma eles pudessem realmente ler aquelas cartas. A temática do suicídio no livro foi tratada muito bem, mostrando como muitas vezes não percebemos o quão quebrada uma pessoa está, e como esse ato pode afetar as pessoas ao redor de diversas formas diferentes.

Eu simplesmente amei a leitura desse livro, chorei, ri, me emocionei, refleti sobre muita coisa, sobre muitos pensamentos e sobre a história como um todo, é algo que pode estar acontecendo com alguém próximo sem nem notarmos. É uma leitura que eu recomendo demais, um livro bem marcantes e ao mesmo tempo muito terno. Um livro sobre amor fraterno, amizades, família e coragem.

"Nirvana significa liberdade. Liberdade do sofrimento. Acho que algumas pessoas diriam que a morte é exatamente isso. Então, parabéns por estar livre, acho. O resto de nós ainda está aqui, agarrado aos cacos." pág 197


Título Original: Love Letters to he Dead
Título: Cartas de Amor aos Mortos
Autor(a): Ava Dellaira
ISBN: 9788565765411
Ano: 2014
Páginas: 344
Editora: Seguinte
Nota: 5/5
Adicione: Skoob

Não deixe de acompanhar o blog nas redes sociais! 

Nenhum comentário:

Deixe um comentário ;)

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.