24 de nov de 2016

O Guia Culinário do Amor (The Food Guide to Love), 2013

Olá pessoal, tudo bem?

O filme de hoje é uma comédia romântica coproduzida entre Espanha e Irlanda. Um filme que não traz nada de muito inovador, mas que diverte. Com cenas belíssimas e uma ótima trilha sonora, é um filme que vale a pena ser conferido, principalmente se você faz parte do time que ama comida e gosta de um romancezinho.


Oliver Byrne (Richard Coyle) é um crítico culinário que escreve em seu blog sobre comida e amor. Sua carreira está em um ótimo momento, porém sua vida amorosa vai de mal a pior. 
   

Após um desentendimento com sua namorada, ele é colocado para fora do apartamento sem suas roupas e nessa situação bem constrangedora ele conhece Bibiana (Leonor Watling). Bibiana é curadora de arte espanhola. Ela conta a Oliver que possui um caso com um homem casado, mas tem esperança que ele termine o casamento para ficar com ela. Depois de uma breve conversa, os dois seguem rumos diferentes.
    

Em um restaurante, Oliver vai jantar com sua mais nova conquista, e percebe Bibiana discutindo com o amante. Sem pensar ele vai atrás dela. Ela então conta a ele que seu namorado está tendo um caso com uma nova aluna, e que não pretende desistir do casamento. 

Ao ver seu amante se aproximando, Bibiana dá um beijo surpresa em Oliver e depois pega um táxi e some. Oliver não consegue esquecer o beijo, ele sentiu algo naquele momento, algo que nunca sentiu antes.

Alguns dias depois ele vai até a casa de Bibiana e se tornam amigos. Depois de um tempo juntos percebem que não há como deixar aquela atração que sente um pelo e então começam um relacionamento. O relacionamento progride, mas com o passar do tempo as brigas vão aparecendo, as diferenças entre eles começam a ser reveladas, e eles já não sabem se apenas  o amor que sentem um pelo outro poderá manter o relacionamento dos dois. 
    

O Guia Culinário do Amor é um filme de nacionalidade Espanhola e Irlandesa. A história se passa toda em Dublin. Possui um enredo um pouco clichê, com todos os elementos de uma comédia romântica, porém com um diferencial, seu final não é tão óbvio, é fácil de descobrir, mas é sim um pouco original.

O longa mostra a construção a desconstrução de um relacionamento, e fala também do relacionamento entre pai e filho. A história é contada com flashes do passado e saltos para o futuro, então o público acompanha toda a vida do casal e principalmente toda a história de vida de Oliver.
    

As atuações são ótimas, a química entre o protagonistas convence e os personagens secundários dão um gás a mais no enredo. Os amigos de Oliver e Bibiana são demais e as cenas com o pai de Oliver, são ao mesmo tempo tristes e alegres.  É claro que não poderia deixar de falar sobre a comida, ela é muito presente durante a trama.
     
       

A trilha sonora é muito bonita e os cenários também são belos. O filme em si não traz nada de muito novo, mas por ser de uma origem um pouco diferente do que estamos acostumados não ser de Hollywood é um filme que vale a pena ser assistido, com certeza ele irá te divertir e talvez, quem sabe, te emocione um pouco.

Bibiana:  - Os homens não mudam.
Oliver:   - Mudamos sim, mas não para melhor.

Título original: The Food Guide to Love
Produção: 2012
Duração: 91 minutos 
Direção: Dominic Harari, Teresa de Pelegri 
    
Acompanhe o blog nas redes sociais!
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Goodreads ♦ Google

Nenhum comentário:

Deixe um comentário ;)

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.