4 de nov de 2016

Sem olhar para trás - Lycia Barros

Oi pessoal,

Hoje eu trouxe aqui no blog mais uma resenha de um livro muito bom da Editora Valentina.


Agatha e seu filho Gabriel estão fugindo, saídos do Rio de Janeiro para uma pequena e pacata cidade do interior ambos deixam para trás a vida de luxo e conforto para uma nova vida, o motivo? Bruno, o ex-marido possessivo e violento que torna a vida de ambos um terror sem fim. Depois de receber a ligação de um advogado informando que herdara um pequeno sítio de uma tia que faleceu, Agatha vê a oportunidade de escapar das mãos daquele monstro e reconstruir sua vida e de seu filho longe dele. Ao chegar na pequena cidade de Rio Preto, Agatha vai descobrir que as pessoas ainda podem ser boas e ajudar umas as outras, e também que não é tarde para descobrir o verdadeiro significado do amor; mas Bruno está determinado a conquistar a esposa e filho de volta, custe o que custar, e Agatha se vê mais uma vez a merce da pessoa mais violenta que já conheceu.

Logo de cara percebemos que o livro da autora nacional Lycia Barros trata de um tema muito atual, e infelizmente, recorrente, a violência doméstica. Somos apresentados a personagem principal já deixando para trás sua vida antiga para recomeçar em outro lugar, e ao longo da leitura vamos sabendo mais sobre os abusos sofridos por ela e até pelo filho nas mãos do ex-marido Bruno, um personagem completamente mimado, egoísta, mentalmente perturbado e violento ao extremo.


Na primeira parte do livro vamos acompanhar os esforços de Agatha em se adaptar a nova vida, a voltar a confiar nas pessoas e tentar esquecer o medo constante e o pânico de que Bruno vai voltar a qualquer momento, para isso ela conta com Pedro e Gema, um casal que ajudava a tia de Agatha a cuidar do sítio e tocar o negócio de queijo e compota de doces, Vicente, o dono da pousada e vizinho de Agatha e Bianca, uma jovem que passa a ajudar Agatha a fazer as compotas de doces; todos ali buscam deixar Agatha a vontade com a nova vida e ajudar a moça a se reerguer. Particularmente fiquei encantada com os personagens secundários da autora, especialmente seu Pedro e dona Gema, um casal que mesmo com anos de casamento se mantém apaixonado, e com personalidades tão distintas e encantadoras, Bianca também é uma personagem alegre e muito prestativa com a patroa, e Vicente é um homem bom e apaixonante, que enxerga Agatha como ela realmente é. Todos os personagens são bem desenvolvidos na história, suas histórias pessoais apresentadas de forma fluida ao longo da leitura e só contribuem em favor de uma boa narrativa.
"[...] - O dinheiro que nós ganhamos com a venda dos queijos e das compotas que produzimos aqui desde que a dona Dulce morreu. Eu e minha mulher fizemos tudo direitinho, como no tempo em que sua tia estava viva; então, os clientes continuaram comprando. Eu só tirei o salário que ela me dava, porque achei que era justo.
Perplexa, Agatha ficou encarando-o, analisando a informação em busca de alguma falha de caráter em tudo que ouvira. Não encontrou." pág 33
Na segunda parte do livro, quando tudo parece correr bem, Agatha se vê novamente enfrentando Bruno, talvez pela última vez, e luta com todas as suas forças para tentar vencer mais essa provação divina em sua vida. A história do livro é bem emocionante e tocante, com momentos divertidos para descontração, mas a todo momento vivemos junto com a personagem a tensão de que algo pode acontecer e mudar tudo como antes.

A escrita da autora é muito fluida e prende o leitor do começo ao fim do livro, com capítulos curtos e bem amarrados vamos ficando cada vez mais cativados pela história e seus personagens, nas cenas de violência a autora consegue passar uma veracidade que chega a causar um certo desconforto no leitor, tamanho o seu talento para escrita. Achei interessante também a autora abordar a fé da personagem ao longo do livro, fé essa que vai se intensificando conforme as páginas passam. O desenvolvimento da história é muito bom e o desfecho também, uma história bem amarrada.

Achei a escolha do tema muito pertinente da parte da autora, é algo que precisa ser debatido e também combatido, todos os dias vemos mulheres serem agredidas e até mortas por seus maridos. O livro nos dá um pouco dessa experiência de ver o sofrimento de uma mulher que sofre violência, as dificuldades em denunciar o agressor, mas também mostra que é possível recomeçar e lutar contra isso, seguir em frente e ser feliz!!

A editora está de parabéns, por publicar um livro com um tema tão importante, a edição também está muito bonita, com uma diagramação boa e fonte bem confortável para se ler, a história é densa, mas vale muito a pena ser lida e recomendada as pessoas, sejam elas vítimas de violência ou não!!!


Título: Sem Olhar Para Trás
Autor(a): Lycia Barros
ISBN: 9788558890083
Ano: 2016
Páginas: 256
Editora: Valentina
Nota: 5/5
Adicione: Skoob 

Não deixe de acompanhar o blog nas redes sociais! 

Nenhum comentário:

Deixe um comentário ;)

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.