[LIVRO] O perfume da folha de chá, Dinah Jefferies

Hey pessoal, 
O livro de hoje é um romance histórico bem interessante e bonito, infelizmente a leitura dele foi um tanto arrastada por conta de uma ressaca literária péssima que tive na época que comecei a lê-lo, mas isso não me fez gostar menos desse livro tão tocante.


A história se passa em 1925 e acompanhamos Gwendolyn em uma nova fase de sua vida, se mudando da Escócia para o Ceilão para viver na fazenda de chá de seu marido Laurence, apesar de exótico o lugar é misterioso, com empregados calados, vizinhos traiçoeiros e segredos guardados pelo carinhoso marido. Gwen precisa se adaptar a sua nova realidade, um país distante apesar de muito bonito, uma cultura diferente, conflitos entre povos e segredos que nunca achou possível manter.

Particularmente adoro romances históricos, e estava com saudades de ler algo do tipo e que fosse realmente bom, e com esse livro eu consegui isso; a história é muito envolvente, desde descrições dos lugares até todo o enredo envolvendo os moradores da Fazenda Hooper, a escrita da autora é muito gostosa de ser lida, a história é construída num ritmo muito bom, os plot twist são apresentados nos momentos certos, e tem alguns realmente intensos. É fácil se ligar aos personagens, todas as emoções, especialmente de Gwen, são bem descritas e faz o leitor se sentir ali, ao lado da personagem, vendo tudo que ela vê e sentindo tudo que sente. 

O livro levanta questões bem pertinentes para a época e o momento histórico passado pelo Ceilão, mostrando a gritante diferença social e racial das pessoas do país e as dificuldades desses povos.


Falando um pouco sobre a diagramação do livro, ela é bem simples, a fonte tem um tamanho e espaçamento muito bom para leitura, os capítulos não são muito longos, e a escrita da autora é tão fluida que a diagramação ajuda ainda mais na leitura do livro, ele é cheio de detalhes e com uma história muito rica culturalmente; eu nem gosto de chá, mas bateu uma vontade de tomar chá apreciando a vista da Fazenda Hooper.

Como disse o livro é muito bom, a parte histórica é muito rica, a parte de romance e um leve mistério também é muito bem desenvolvida, o plot twist é incrível, eu definitivamente não esperava algo desse tipo, a maior parte dos personagens é fácil de se gostar, com algumas ressalvas como a Verity, cunhada da Gwen; e até os personagens secundário, cada um é muito importante para a história e mesmo parecendo um porre, depois de descobrir toda sua trajetória por trás de suas ações, passamos a compreender cada um deles.

Eu adorei essa leitura, foi muito boa, apesar do timming ruim com toda a minha ressaca literária, a escrita da autora me conquistou e já quero ler outras obras dela, eu recomendo fortemente para quem gosta de romances históricos, e também para quem ainda não conhece o gênero, pode se surpreender e se apaixonar.



The Tea Planter's Wife 
Dinah Jefferies 
ISBN-13: 9788584390465
ISBN-10: 8584390464
Ano: 2017
Páginas: 432
Editora: Paralela

*ESSE POST FAZ PARTE DO TOP COMENTARISTA DE JUNHO/2018*

Acompanhe o blog nas redes sociais!
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Goodreads ♦ Pinterest

15 comentários:

  1. Me recordo do quanto este livro dividiu opiniões na época do lançamento. Muitos amaram a história e outros? Odiaram.rs (li algumas resenhas tão negativas que até desanimei na época de querer ler a obra)
    Mas sabe, adoro livros que tragam um pouco de história do passado, que mesclam isso a culturas diferentes da nossa, acho que isso tudo faz um bem a alma!
    E outra, adoro um bom romance de época também, então se tiver oportunidade, quero muito poder ler e ter o livro sim!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. A época em que a história se passa e o segredo que gira em torno de onde tudo é ambientado, os dramas que a Gwendolyn enfrenta, chamam atenção. Formam um belo enredo e a leitura se torna fluída.

    ResponderExcluir
  3. Gosto muitode romances históricos, mas não tive a chance de ler esse livro. Vi muito no meu feed quando foi lançado, só que não me chamou tanta atenção.
    Bom saber que a autora tem uma escrita fluida e que os capítulos são curtos; não sou fã de capítulos longos, mas leio.
    Vale a pena reler em um outro momento que não esteja de ressaca.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Fiquei doida pra ler esse livro quando saiu. Gosto de romance histórico também e a ideia de ler um bom , com aquele romance e mistério pra encher a trama de coisas legais me interessou bastante. A personagem tem uma história que chama atenção, gostei do jeito da Gwen e ver tudo que ela passa e sente, se jogar nisso, parece que funciona muito bem porque é uma escrita que envolve a gente. Descobrir os personagens aos poucos e suas motivações e tudo isso parece deixar a leitura fluir bem porque deixa a gente curioso por mais. Gostei dele e queria ler.

    ResponderExcluir
  5. Se mesmo saindo de ressaca esse livro que mais de 400 páginas te conquistou imagino que a história seja mesmo boa e envolvente. Já vi resenhas positivas e negativas desse livro e tô bem curiosa pra ler e ver o que eu acho dela. O fato de se passar no Ceilão e ter toda uma cultura nova é o que mais me anima, além de saber que todos os personagens mesmo secundários são bons. Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  6. Rosana!
    Gosto também de livros que trazer mais a parte histórica da época.
    Acredito que é o tipo de livro que para apreciá-lo em sua totalidade, temos de nos envolver com a protagonista, enveredando por seus mistérios do passado, bem como suas dores e adaptações no presente. Gosto de livros assim porque são intensos e acabamos nos envolvendo.
    Desejo um mês repleto de realizações!
    “O que eu sinto eu não ajo. O que ajo não penso. O que penso não sinto. Do que sei sou ignorante. Do que sinto não ignoro. Não me entendo e ajo como se entendesse.” (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JUNHO - 5 GANHADORES
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  7. Gosto muito de romances históricos e que se preocupam em ser o mais fiéis possíveis a história. E eu acho que esse é o caso deste livro, parece ser bem interessante a forma que a autora abordou as personagens. Eu até gosto de chá, mas não tanto assim, hahah :P Mas fiquei com vontade de ler, não vou mentir.

    ResponderExcluir
  8. Eu amo romances históricos, comprei um kindle e justamente esse me veio de brinde para começar as leituras. Logo que li a sinopse já fiquei encantada e agora com sua resenha to ainda mais curiosa pra ler. Eu acho que a Gwen foi super corajosa de abandonar tudo pra ir viver com o marido em um lugar totalmente diferente de onde ela vivia e chegando ainda teve que encontrar pessoas misteriosas e muitos segredos. To doida pra saber o que esse homem esconde kkk. Ansiosa pra começar essa leitura

    ResponderExcluir
  9. Olá, a obra realmente parece cumprir o que promete, com um pano de fundo histórico muito bem abordado pela autora, que com certeza fez pesquisar para compor a escrita. Esse toque de suspense que também está presente na obra combina perfeitamente com a trama, deixando o leitor completamente envolvido. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Só pela capa, já fiquei curiosa para conhecer o livro, a história me parece ser bem agradável, uma leitura leve e descontraída!! Gosto de tramas que detalham bem o lugar onde se passa, como no livro, que ainda fala dos lugares históricos. Ter mistérios envolvidos so

    ResponderExcluir
  11. Olá.
    Quero muito ler esse livro.
    Faz tempo que não leio romance histórico e é ótimo saber que esse livro tem uma boa história, com narrativa envolvente e bons plot twist.
    Além de se entreter com a leitura, vale a reflexão sobre a segregação racial da época e ver que hoje em dia houve melhoras, mas ainda há alguns preconceitos.
    Espero ter a oportunidade de ler esse livro logo. Adoro a capa!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Amanda,
    Quero muito ler esse livro, sou fã de romance histórico.
    Vou adorar conhecer um pouco mais dessa época, fiquei animada em saber que o contexto histórico é bem construído, proporcionando uma leitura rica. Estou intrigada para saber o motivo de eles guardarem tantos segredos, com certeza esses mistérios vão deixar a leitura ainda mais envolvente.
    Tudo indica que vou me deleitar com esse romance, parece ser uma linda história, tocante, emocionante e reflexiva, do jeitinho que eu gosto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Estou com vontade de ler esse livro desde o lançamento. Gosto muito de romances históricos, mexeu muito com minha curiosidade, parece ser um livro que traz reflexões ao leitor e gosto de livros assim.E estou bem curiosa para saber como será o desenrolar dessa estória... os costumes, a vida da Gwendolyn e toda essa realidade ao redor dela.

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Confesso que romance histórico é um gênero difícil para mim, difícil um livro que me agrada do começo ao fim, mas claro que fiquei curiosa por esse, principalmente para descobrir o segredo do marido de Gwendolyn, não me parece um casamento com muito "amor". Enfim, que bom que curtiu a leitura, vou colocar na listinha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Olá Amanda! Eu gosto muito de romances de época e esse parece ser uma história "raiz", o que está ficando raro encontrar. Também é interessante conhecer a cultura de outros países através do livro. Acho muito importante os personagens secundários terem o seu lugar de destaque e não serem apenas figurantes. Esse segredo me deixou curiosa, mais um livro que entrou pra lista. Beijos

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.