[DESCOBRINDO SÉRIES] 5 motivos para assistir "Anne with an E"

quinta-feira, novembro 08, 2018
Olá pessoas, tudo bem? 

Hoje, finalmente, eu resolvi falar dessa série que enrolei tanto para assistir. Depois de muito ver os comentários pelas redes sociais e a campanha para salvar a série, eu decidi cair de cabeça e assistir de uma vez. Sim, assistir as duas temporadas em dois dias e fiquei extremamente feliz e realizada de ter feito isso. Deveria ter dado uma chance bem antes e vocês deveriam fazer o mesmo - se é que já não assistiram. 


1) FAMÍLIA
A série vai mostrar, da sua própria forma, a definição de família. A família não precisa existir de forma convencional. No caso da série, Anne é adotada pelos irmãos Marilla e Matthew Cuthbert e aos poucos vamos vendo essa linda história familiar tomando forma. Marilla e Matthew são criticados pelos moradores de Avonlea e ao passo que Anne vai entrando e suas vidas, eles vão percebendo que certas coisas não merecem ser discutidas. A relação deles é linda e a forma que Marilla e Matthew tratam Anne é de querer guardar num potinho. 


2) TEMAS ESSENCIAIS
SIM, temos vários temas importantes discutidos aqui, tais como: racismo (representado pela Bash, na segunda temporada), feminismo (representado pelo Movimento das Mães Progressistas [ou quase isso], pela professora independente e dona do próprio nariz na segunda temporada, e também pela série sempre salientar a igualdade entre homens e mulheres), bullying (pela forma que os pais tratam o fato de Marilla e Matthew terem adotado a Anne e como os filhos tratam a Anne, espelhando o comportamento dos pais). A representação da comunidade LGBT através da Tia Josephine e do Cole, e a abordagem da série ao relatar os desafios encontrados por eles, por não poderem amar quem eles queriam e ter que se esconder para isso.


3) ACREDITAR
Anne, constantemente, acredita nos bem das pessoas, mesmo que isso a machuque. Ela acredita nos outros e acredita que as pessoas podem mudam que elas podem ser boas. Ao longo das duas temporadas, vamos presenciar essas mudanças de fato. Desde sutis alterações no comportamento de Alvolea, até grandes representações delas. 


4) IMAGINAÇÃO
Acho que usar a imaginação é o ponto forte de Anne. Independentemente da situação, Anne nos ensina a usar nossa imaginação para passar por obstáculos ou até para nos proporcionar momentos felizes. Anne vive em um mundo só dela, cercado de positividade e pessoas de bom coração. O completo oposto de tudo o que ela já sofreu e passou em sua curta vida. 


5) ACEITAÇÃO
A aceitação aqui vai desde a própria personagem da Anne, por se achar feia e não ter coragem de olhar no espelho. Sempre à mercê dos julgamentos por ter o cabelo cor de fogo e o rosto cheio de sardas. Ela não quer ser julgada pela aparência "feia" que tem, mas sim por ser apaixonada pela vida, por gostar de ler e pela imaginação fértil que possui, e também por ser tagarela e querer achar seu lugar no mundo. A tal aceitação vai também pelos irmãos Marilla e Matthew que vão, aos poucos, entender como é ter uma criança como a Anne em casa e vão defendê-la como podem. O processo todo não vai ser fácil, mas vamos acompanhar durante a série a forma como isso vai acontecer. 


BÔNUS: é claro que eu não podia deixar de trazer um bônus aqui, né?! A série é curtinha demais. São duas temporadas com 7 e 10 episódios, respectivamente. A fotografia é a coisa mais linda que eu já vi! E, para finalizar, a AMIZADE entre as personagens que vão evoluindo durante os episódios. 


GENTE, sério! Façam um favor para vocês mesmo e assistam esse seriado, garanto que não vão se arrepender. 

Acompanhe o blog nas redes sociais!
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Goodreads ♦ Pinterest

2 comentários:

  1. Também demorei horrores pra ver essa série e fui assistir depois da campanha que fizeram e meu Deus, que coisa maravilhosa! Me identifiquei com tanto da Anne que não sabia onde enfiar a cara de vergonha de não ter visto antes. E a garota é um sonho. Esse amor pela vida e pelas coisas mais simples, pela leitura e amizades é lindo demais. E adorei que tenha até esses temas no meio da série. Não esperava isso, de ter racismo ou feminismo, coisas lgbt e etc. Fui totalmente fisgada e se tem uma série que indico pra meio mundo agora é essa. Um amor não é mesmo? Virou a melhor do ano pra mim ^^

    ResponderExcluir
  2. Esta série é aquela que a gente não precisa de motivo nenhum para ver ela. Tem que ver e ponto final!
    Acabei vendo as duas temporadas e vivendo cada episódio de uma maneira única!
    Aliás, Anne é única e sua família, seus amigos, sua imaginação, sua ânsia em viver tudo é empolgante.
    A gente se pega rindo, chorando, torcendo e vivendo todos os sentimentos com essa menina que tinha tudo para ser triste e ao contrário, é a alegria em forma de gente!
    Série mais que recomendada!!!!
    Beijo

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.