[LIVRO] A Guerra Que Salvou a Minha Vida, Kimberly Brubaker Bradley

Olá pessoas, tudo bem?

A resenha de hoje foi uma leitura que fiz em 2018 e só agora consegui encontrar as palavras para falar sobre esse livro. É um livro infanto-juvenil que tem como temática a Segunda Guerra Mundial, vai apresentar todo o peso da temática, mas pelo olhar de uma criança e de uma forma que você não espera ler.


Ada é a protagonista desse livro, junto com seu irmão Jamie. Ada tem apenas 10 anos e como toda criança, tem a vontade de passar o dia correndo, brincando e pulando junto com seus amigos. O único porém é que Ada tem o pézinho torto e por conta disso, sua mãe não deixa ela sair de casa. O motivo: sua mãe não quer que Ada envergonhe a família com a deficiência que possui. 
"Minha casa era uma prisão. Eu mal suportava o calor, o silêncio e o vazio."
Ela passa dia após dia, apenas observando as coisas acontecendo pela janela de sua casa, sonhando com o dia em que vai conseguir brincar na rua e se afastar dos maus tratos de sua mãe, que são cada vez mais cruéis. 
"E por que não?, falava a mãe. "Ele é normal". Para o Jamie, dizia: "Você não é igual a Ada. Pode ir onde quizer."
No caso de Ada, a guerra vai realmente salvar a vida dela. Com os anúncios de bombardeios, as crianças são convocadas a pegar o trem e irem para uma cidade mais segura no interior da Inglaterra. Ada fica sabendo disso e arrasta Jamie para ir com ela, já que as chances de ficarem na cidade e morrerem era grande. Os dois chegam nessa nova cidade e é lá que, pela primeira vez, Ada descobre o que é ser criança, descobre a ter liberdade e encontra um lar cheio de amor, aventuras, carinho e segurança. 


É impossível ler esse livro e não se emocionar com a história. Ada é uma garotinha forte, corajosa guerreira, mas que também tem medos e receios sobre a nova vida que escolheu seguir. Ela passou por tantas provações e dificuldades, que no começo é difícil acreditar que tanta coisa boa esteja acontecendo com ela e com o irmão. 

Não é um livro que vai ter grandes acontecimentos ou reviravoltas, mas que vai pegar o leitor de jeito logo nos primeiros capítulos, que por sinal são bem curtos e rápido de ler. A escrita da autora é envolvente e muito fluída, dá para ler em uma sentada, e possivelmente chorar rios durante a leitura. 
"A mãe nunca me tocava, exceto para me bater. O Jamie me abraçava, mas nunca me levantava, claro."
A Segunda Guerra Mundial é o plano de fundo da história, mas não é o foco. O foco vai ser a guerra que a própria protagonista está envolvida, que é a guerra interna de abrir o coração e se deixar levar pelo amor e carinho daqueles que mal a conhece ou se fechar dentro de si e viver com medo. 

Com certeza é um livro que deve ser lido por qualquer idade, e aposto que você vai tirar alguma mensagem positiva da leitura e ainda derrubar algumas lágrimas, assim como eu. O livro possui uma continuação que eu ainda não consegui ler, mas espero fazê-lo ainda esse ano. 


The War That Saved My Life
Kimberly Brubaker Bradley
ISBN-13: 9788594540263
ISBN-10: 8594540264
Ano: 2017
Páginas: 240
Editora: DarkSide Books

Acompanhe o blog nas redes sociais!
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Goodreads ♦ Pinterest

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.