[LIVRO] Eu Estou Aqui, Clélie Avit

Olá pessoal, tudo bem?

Para hoje temos a resenha de um livro francês. Eu estou aqui foi o livro vencedor do Prêmio Francês Novo Talento de 2015, que financia a publicação do primeiro romance de jovens autores franceses. Um livro que apesar de não atingir todas as minhas expectativas, conseguiu me emocionar. Vem conferir a resenha para mais detalhes.


O livro se inicia nos apresentando Elsa, uma montanhista, que adora aventura, mas que devido a um acidente encontra-se em coma a mais ou menos vinte semanas. Elsa, uma jovem mulher aventureira, que não se permitia prender a nada e a ninguém, se vê presa em uma cama de hospital, onde ninguém a ouve, ninguém ao menos sabe que ela pode ouvir. O que ela mais amava, acabou a deixando naquela situação. 


Em outra face temos Thibault, que passa por dificuldades em sua vida. Acaba de terminar um relacionamento e acredita que nunca terá a chance de ter a família que tanto sonha. Um amor verdadeiro e filhos. Sente que será incompleto para sempre.
Estou amando uma garota em coma.
Thibault vai até ao hospital acompanhar a mãe que está visitando o seu irmão que está se recuperando de um acidente de carro. Thibault querendo fugir de toda aquela situação com a mãe e o irmão, a procura de um lugar para ter um pouco de paz, acaba entrando no quarto de Elsa, ao ver aquela jovem e bela mulher inerte em uma cama ele se compadece. A partir deste dia, toda vez que Thibault leva a mãe ao hospital ele acaba se refugiando no quarto de Elsa.

Elsa mesmo não se mexendo ou sentindo o que ocorre ao seu redor, escuta Thibault. Então para ela, Thibault é um arco-íris em meio a toda aquela tempestade em que ela se encontra.

Thibault também vive seus conflitos, e encontra em Elsa uma âncora para se apegar a vida, e claro, ele nutre a esperança de que em breve Elsa acorde.

O problema é que apenas Thibault acredita que Elsa poderá acordar um dia. E tudo começa a complicar ainda mais quando Elsa não responde mais ao tratamento, e uma decisão precisa ser tomada.
   

Eu estive aqui me lembrou muito o filme E se fosse verdade? e Se eu ficar porém com uma abordagem um pouco diferente, ao invés da mocinha ficar vagando pelo mundo atrás de seu amado, ou tendo que reviver momentos e escolher para onde ir, temos uma garota em coma que não interage com as pessoas ao seu redor, porém escuta tudo o que elas dizem. 
Tempestades devem servir para alguma coisa.
O livro é narrado em primeira pessoa intercalando entre Elsa e Thibault. A leitura é leve e fluída. Como já citei em outras resenhas, gosto muito de livro que apresentam dois pontos de vista. A autora conseguiu passar muito bem o sentimento dos personagens por trás de cada situação. É aflitivo ler as narrações de Elsa, se imaginar em um corpo que não responde aos seus comandos, ainda mais quando se é um espírito livre. E as angústias que Thibault possuí, os seus anseios tão distantes de serem alcançados.



A diagramação está impecável. A capa é linda, com o título em relevo e descreve perfeitamente a obra.

Por se assemelhar a obras já publicadas, e como é impossível isso não gerar uma certa comparação, achei que o livro poderia apresentar mais. Eu queria apenas mais um capítulo. Aqui a autora usou dos mesmos recursos das obras já citadas, um final que entrega o que se espera, que não vai além.

Enfim, Eu estou aqui é um lindo romance, que mostra a força de um amor verdadeiro. É claro que bem fictício, quase que impossível de se trazer para a realidade, ou até mesmo estranho, caso acontecesse, mas que vale a pena ser lido.
   


Je Suis Là
Clélie Avit
ISBN-13: 9788568432747
ISBN-108568432743
Ano: 2016
Páginas: 288
Editora: Fábrica231
   

Acompanhe o blog nas redes sociais!
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Goodreads ♦ Pinterest

Um comentário:

  1. Amei esse seu texto, realmente é um dos melhores blog que estou acompanhando. Suas postagens são excelente! Parabéns!

    Já até salvei em meus blogs favoritos ❤️..

    Meu Blog: Resultado Super Minas Cap

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.