[LIVRO] Dry, Neal Shusterman e Jarrod Shusterman

quinta-feira, novembro 29, 2018
Olá pessoas, tudo bem? 

Hoje tem resenha de mais um livro do Neal Shusterman, dessa vez o livro é co-escrito com o Jarrod Shusterman, o filho do Neal. Jarrod tem a pegada mais de escrever para a televisão e filmes, e também trabalha com direção. Então já podem esperar uma adaptação desse livro porque SIM, vai acontecer e eu mal posso esperar!


A premissa do livro é bem simples. A água da Califórnia acabou. Após anos passando por racionamento e uma seca do caramba, a água parou de passar pelos canos. A vida das pessoas da cidade que era uma série de não fazer: não regue suas plantas e nem o gramado, não enxa sua piscina e se puder nem tenha uma, não tome banhos longos, banho de banheira nem pensar. Agora finalmente eles não terão que se preocupar com banhos longos e sim, como que eles vão fazer para tomar um copo de água! 

Pois bem, é nesse ambiente que vamos conhecer Alyssa. Ela mora com seus pais, o irmão mais novo e o tio que está sempre indo e vindo com a namorada. Quando a água acaba, tudo fica meio confuso e inconclusivo, até que eles percebem o quão grave é isso e começam a correr para os supermercados para tentar comprar o máximo de água que conseguirem. É óbvio que eles não foram os únicos, mas de alguma forma eles conseguem estocar um pouco. 

Aos poucos vamos percebendo, junto com a personagem, que a tal água não tem chance de voltar tão cedo e que a única chance deles é ir atás de algo que os ajudem a sobreviver no meio desse apocalipse de seca e incêndios. Onde vamos descobrir o melhor e o pior das pessoas, e o que eles estão dispostos a fazer. 


Gente, é assustador do quão perto da realidade esse livro parece. Se a água do mundo acabar, o que você faria? Eu não sei o que dizer. eu não consigo nem imaginar o que eu faria. Eu não faço estoque de água eu nem sequer compro água no mercado. Não tenho nem gelo na geladeira! 

O livro vai apresentar vários pontos de vistas, e com isso vamos conhecer vários personagens que vão passar e acompanhar a Alyssa na jornada dela. Um deles é Kelton, também temos Jacqui, Henry e até um capítulo narrado pelo irmão da Alyssa, o Garret. Diria que Kelton e Alyssa são os personagens principais. 


O fato de ter múltiplas perspectivas ajuda o leitor a entender o que está acontecendo em grande parte do tempo, mesmo que possa parecere confuso. Afinal a situação é confusa para os personagens e o leitor consegue sentir na pele o que estão acontecetendo. A sede dos personagens! Quantas vezes eu parava de ler só para tomar um copo de água.. infinitas! Os autores realmente conseguem deixar o leitor com sensação de desconforto, paranóia e preocupação o mais perto da realidade enquanto lemos essa obra.

É um livro único, o que é sempre bem vindo. E já posso dizer que Neal Shusterman é uma daqueles autores que quero ler todos os livros que publicar. Eu até pensei na possibilidade de criar um kit salva vidas, sabe daqueles com água, comida enlatada e tals..? Então só por desencargo de consciência e medo de algo assim realmente acontecer. 

Infelizmente ainda não foi lançado no Brasil, mas como o autor está bem popular por aí, espero que logo alguma editora leve e que vocês possam conferir. Aposto que vocês não vão se arrepender. 

Dry
Neal Shusterman
Jarrod Shusterman
ISBN-13: 9781481481960
ISBN-10: 1481481967
Ano: 2018
Páginas: 352
Editora: Simon & Schuster Books For Young Readers


Acompanhe o blog nas redes sociais!
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Goodreads ♦ Pinterest

2 comentários:

  1. Acho muito linda essa parceria entre pai e filho, deve ter sido um processo interessante.
    Confesso que a premissa em si não me chama atenção, mas talvez assistiria a adaptação.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Tomara mesmo que o livro venha para cá, pros nossos lados!O tema é muito atual e até assusta em ler isso acima!
    Sei lá, um futuro próximo??
    Com certeza, espero ter este livro por aqui. Penso que seria um livro que teria que ser lido por todos nós!
    Beijo

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.