21 de jul de 2014

A estrela que nunca vai se apagar, de Esther Earl

Olá pessoas, tudo bem?
Aproveitaram bem o final de semana? Espero que sim, não fiz nada de mais, mas foi divertido. Aproveitei para terminar a leitura do livro que vou resenhar hoje!

Antes que você continue a leitura saiba que o livro trata de uma história real, Esther era uma menina feliz e super de bem com a vida. O livro "A culpa é das estrelas", do John Green, não conta a história de vida dela. John Green se inspirou nela para escrever, mas definitivamente para você saber sobre a verdadeira inspiração e os motivos pelos quais John Green se encantou pela Esther é melhor ler esse livro. Mesmo sem conhecer a Esther o amor e a empatia é enorme. Boa leitura =D

Autor(a): Esther Grace Earl
Ano: 2013
Páginas: 448
Editora: Editora Intrínseca
ISBN: 9788580574661
Adicione: Skoob
Sinopse: Diagnosticada com câncer da tireoide aos doze anos, Esther Grace Earl era uma adolescente talentosa e cheia de vida. Fazendo jus ao nome, que em persa significa “estrela”, ela marcou todos em seu caminho com sua generosidade, esperança e altruísmo enquanto enfrentava com graciosidade o desgaste físico e mental causado pela doença. Filha, irmã e amiga divertida, alto-astral e inspiradora, Esther faleceu em 2010, logo após completar dezesseis anos, mas não sem antes servir de inspiração para milhares de pessoas por meio de seu vlog e dos diversos grupos on-line de que fazia parte. A estrela que nunca vai se apagar é uma biografia única, que reúne trechos de diários, textos de ficção, cartas e desenhos de Esther. Fotografias e relatos da família e de amigos ajudam a contar a história dessa menina inteligente, astuta e encantadora cujos carisma e força inspiraram o aclamado autor John Green a dedicar a ela sua obra best-seller A culpa é das estrelas.
Nerdfighter, fã de Harry Potter, membro assídua do Catitude, inteligente, talentosa, inspiradora, uma estrela, alegre e etc. Essa era uma adolescente comum, que mantinha amizades virtuais, era fã de livros e autores, tinha uma vida toda pela frente. Esther tinha doze anos quando foi diagnosticada com câncer de tireoide, mas isso não define quem ela foi. Ela era uma adolescente cheia de vida, amava desenhar, amava seus gatos, amava sua família e acima de tudo amava Deus. Ela acreditava que o câncer dela tinha um propósito e que tudo daria certo. 

O livro é narrado por Esther, que conta detalhes da sua vida no diário, e pelos membros de sua família que mantinham um site onde falavam o dia a dia de Esther, suas melhoras e pioras. 

Esther não foi um personagem fictício. Acho que isso foi o que mais me atingiu. Sei que existem muitas pessoas por aí com câncer e mesmo pessoas saudáveis sem perspectiva nenhuma de vida, sem apreciar os pequenos momentos que são prazerosos, apenas sofrendo e esperando a morte iminente. Mas Esther não era desse jeito, apesar de todas as dificuldades que ela passava, ela queria fazer a diferença, quero ajudar as crianças. Ela queria algo mais para as pessoas ao seu redor. Claro que ela tinha momentos de fraqueza, afinal ela era humana né! Tinha hora que ela queria sumir, que o câncer sumisse, que sua vida voltasse ao normal. 

Ela atingiu todas as pessoas de uma forma espetacular. Eu já sabia o que esperar desse livro, pois li resenhas a respeito dele, mas não achei que me sentiria dessa forma. No começo do livro eu simpatizava com ela e logo depois eu queria estar presente e ter participado de todos os momentos. Ter dado apoio. Não preciso dizer que chorei muito né? Cara, foi um livro intenso, sem comparação com qualquer outro livro que li. 

No livro tem os desenhos de Esther, as cartas que ela escrevia para os pais de presente, fotos da vida dela, da família. Esse livro mexeu muito comigo! É sempre bom ler algo assim para mexer com nosso pensamento e modo de ver e viver a vida. Com certeza virou favorito, Esther foi uma garota muito especial e viveu sua curta vida da melhor maneira possível. É uma estrela que realmente nunca vai se apagar! 

As fotos abaixo foram tiradas do e-book do livro. 

Alguns desenhos dela. Realizando um dos seus desejos, ela amava comidas diferentes. Ela adorava fazer caretas e tirar fotos. 
Sua família que lhe deu apoio em todos os momentos, inclusive seus gatos
Realização do desejo de Esther a Make-a-Wish: Conhecer seus amigos virtuais na vida real.
DFTBA
Esse foi o último vídeo postado por Esther em seu canal no YouTube, o canal ainda está ativo. Se você quer saber como ela era é só dar um play nos vídeos do canal.


Acredito que vocês ja tenham lido A culpa é das Estrelas, mas duvido que tenham lido o livro que inspirou! Recomendo a leitura e espero realmente que gostem do livro e se emocionem com a história de vida da Esther.


Me encontre nas redes sociais
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Tumblr ♦ Skoob

Já viram os dois super sorteios que está acontecendo no blog? Nããão??
Então clique e participe. Que a sorte esteja com você!

6 comentários:

  1. Oi Roberta tudo bem? a historia da Esther e inspiradora, pena que ela não tenha sobrevivido para ler a obra do John Green pronta ela teria amado tenho certeza, que sua historia sirva de inspiração para tanta gente que insistem em desperdiçar sua vida =/ enquanto outros lutam pelas suas.

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é uma história inspiradora, todos deveriam conhecer.

      Excluir
  2. Eu imaginava que o livro seria interessante, mas não cheguei a pensar que depois de uma resenha eu ia sentir tanta vontade de le-lo.
    As imagens me emocionaram, imagino como vou me sentir lendo toda a historia!

    bjs
    http://www.confraria-cultural.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esther era uma estrela que iluminou a vida de muita gente! É uma linda história de vida.

      Excluir
  3. Oi!
    Ainda nao conhecia o livro mas sua resenha ficou perfeita! Quero muito ler e ja tenho certeza que vou chorar horrores :(

    Beijos,
    Giovanna.
    http://sonhandocomlivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu chorei horrores, o livro é realmente lindo.

      Excluir

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.