15 de abr de 2015

Fiquei com seu número, Sophie Kinsella

Olááá! 
O livro de hoje faz parte do desafio I Dare You e do Reading Challenge 2015, estou bem atrasada com esses desafios, mas não tem problema. O que importa é ler o máximo de livros que conseguir nesse ano, não é mesmo? O tema de Fevereiro do IDY era comédia e para isso escolhi o livro da resenha de hoje. Bora conferir?

Título original: I've Got Your Number  
Autora: Sophie Kinsella
ISBN-13: 9788501098634
ISBN-10: 8501098639
Ano: 2012
Páginas: 464
Editora: Record
Compare e compre: Buscapé
A jovem Poppy Wyatt está prestes a se casar com o homem perfeito e não podia estar mais feliz... Até que, numa bela tarde, ela não só perde o anel de noivado (que está na família do noivo há três gerações) como também seu celular. Mas ela acaba encontrando um telefone abandonado no hotel em que está hospedada. Perfeito! Agora os funcionários podem ligar para ela quando encontrarem seu anel. Quem não gosta nada da história é o dono do celular, o executivo Sam Roxton, que não suporta a ideia de haver alguém bisbilhotando suas mensagens e sua vida pessoal. Mas, depois de alguns torpedos, Poppy e Sam acabam ficando cada vez mais próximos e ela percebe que a maior surpresa da sua vida ainda está por vir.

O livro conta a história de Poppy que perde seu anel de noivado em sua despedida de solteira em um hotel que está lotado naquele dia, o anel poderia estar em qualquer lugar. O motivo para se desesperar? O anel é herança da família do noivo. Como todo esse desespero Poppy começa a procurar o anel por todo o canto do hotel, embaixo das mesas, dos sofás, dos tapetes, em todo lugar. Para ajudar na procura e na fácil localização ela deu o numero de seu celular para TODAS as pessoas do hotel, vai que alguém acha e precisa contatá-la, né! 
Magnus diz que notas de rodapé são para coisas que não são nossa preocupação principal, mas que ainda assim despertam algum interesse. Esta é minha nota de rodapé sobre notas de rodapé.
Para ajuda, dentro do hotel o celular não tem sinal da operadora, então ela resolve ir até a calçada para ver se algumas de suas amigas tem notícia do anel. Se Poppy achava que não podia ficar pior ela estava completamente errada. Em uma das tentativas de conseguir o sinal, seu celular acaba sendo roubado. O desespero começa a ficar pior no momento que ela se dá conta de que não apenas o celular, mas o número dela está com todas as pessoas que podem achar seu anel, se antes ela tinha esperança agora ela não tem mais nada. 
Mas às vezes precisamos ter coragem. Às vezes, precisamos mostrar às pessoas o que é importante na vida. E tenho um instinto muito forte de que fiz a coisa certa. Talvez não a coisa mais fácil, mas a coisa certa.
Porém, por uma felicidade do destino ao passar por uma lixeira ela encontra um celular e sem pensar duas vezes ela decide pegar o celular e usá-lo provisoriamente, até ela conseguir alguma notícia de seu anel. Só que o celular é empresarial e o responsável, Sam, liga para o tal celular querendo de volta Poppy faz um acordo com ele: pede para ficar com o celular até que o anel seja encontrado e, em contra partida, promete repassar todas as ligações, e-mails e mensagens que chegarem no celular. Além de toda essa confusão do celular, Poppy ainda tem um casamento para planejar, sogros bem críticos para bajular e uma organizadora de casamento para lá de folgada. 
Aperto enviar antes de me acovardar, depois me recosto por alguns momentos, um pouco sem fôlego pelo que acabei de fazer. Eu me fiz passar por assistente de Sam. Entrei em contato com o pai do cara. Invadi a vida pessoal dele. Sam ficaria furioso se soubesse. Na verdade, só de pensar nisso já tremo.

O QUE EU ACHEI: O jeito que tudo acontece no livro é super engraçado, Poppy poderia ser qualquer uma de nós. Toda atrapalhada, cheia de dúvidas e responsável por tirar várias risadas minhas. Eu já li outros livros da autora (aqui e aqui), mas esse com certeza até agora é o melhor dela. Recomendo MUITO o livro se você está atrás de boas risadas e uma leitura super agradável. Sophie Kinsella é ninja em conseguir te prender na leitura e escrever de forma fácil, tornando a leitura muito mais rápida.

Algumas capas do livro
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Google+ ♦ Filmow

15 comentários:

  1. aaah eu amo esse livro *---*
    Também é, sem dúvidas, o meu favorito da Sophie <3

    Beijos
    Colecionando Primaveras
    Fanpage

    ResponderExcluir
  2. nao li nada da autora mas pelo jeito eu to perdendo muito so ouço elogios e quao engraçados sao os livros dela, espero ler qualquer dia desses.

    ResponderExcluir
  3. Acredita que ainda não li nenhum livro da Sophie?
    Tenho muita vontade de conhecer sua escrita e acho que vou aproveitar com a oportunidade da Bienal esse ano :D
    Adorei a resenha, Rosana!

    Beijos,
    Mariana
    http://magialiteraria.net

    ResponderExcluir
  4. Sam disse a melhor frase do livro: "Mandar e-mails para um monte de destinatários é coisa do demônio!"
    Quem não leu, leia! Vcs estão perdendo uma história engraçadíssima, reviravoltas e protagonistas fantásticos!
    Eu chorei de tanto rir hahahahahahahahaha

    ResponderExcluir
  5. Aahh, fiquei interessado no livro por você ter falado que faria rir, mas essa capa tá rosa demais ._. Mesmo assim eu adorei a sua resenha! ^^

    Jhonatan | Leitura Silenciosa
    PARTICIPE DO NOSSO TOP COMENTARISTA E CONCORRA A DOIS LIVROS INCRÍVEIS!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Rosana!
    Achei a capa muito fofa e o enredo é uma graça. Parece ser uma leitura leve e divertida, mas confesso que já fiquei torcendo para que a Poppy e o Sam fiquem juntos, rs. Agora fiquei curiosa para saber o desfecho dessa confusão.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Sophie Kinsella <3
    Desde que li Lembra de mim? fiquei desejando todos os livros dela! haha
    Fiquei com seu número parece ser muito engraçado e não vejo a hora de ler >.<
    beijinhos :*

    ResponderExcluir
  8. Nunca li nenhum livro da Sophie , mais fiquei super interessada neste , adoro comédias ! e este livro parece ser otimo ! concerteza quero ler !

    ResponderExcluir
  9. Deve ser muito divertido! Adoro livros assim, cheios de humor, com uma personagem carismática. Por a Poppy ser assim toda atrapalha eu me enxerguei na história, porque sou o desastre em vida. A autora eu ainda não conhecia, infelizmente, mas vou procurar ler os livros dela, começando por esse.
    Amei demais a terceira capa ali em cima *-*

    ResponderExcluir
  10. Confesso que tinha um certo preconceito com relação a autora, talvez porque não me sinta muito ligada ao gênero chick-lit. Mas depois dessa tua resenha eu fiquei morrendo de vontade de ler o livro, e me identifiquei logo de cara com a personagem. Com certeza seria uma leitura dinâmica e divertida, que me arrancaria boas gargalhadas.

    ResponderExcluir
  11. Meeeeninaaa, ainda não li nada da Sophie Kinsella, mas esse e o Lua de mel são os que mais quero ler!!!
    Agora, depois de sua resenha me deu muitaaaa curiosidade porque to precisando mesmo de livros para rir (MUITOOOO kk)
    Vou ver se até semana que veio, leio-o!
    bjãooo

    ResponderExcluir
  12. Rosana!
    Pois é a Sophie é especialista em chick list bem engraçados, que nos fazem rir até nos acabarmos.
    Não li esse ainda, mais achei bem interessante o enredo e gostaria de apreciar a leitura.
    “As pessoas felizes lembram o passado com gratidão, alegram-se com o presente e encaram o futuro sem medo.” (Epicuro)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Fiquei com seu número é o estilo de livro que gosto, romance leve e divertido. Um livro gostoso de ler. Gostei da última capa, foi a mais fofa.

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Morri de rir com esse livro ele e fantástico adorei a parte que ela começa a procurar igual uma doida e perguntado todos mundo umas mil vezes,a é Poppy simplesmente muito engraçada, daria tudo para estar na despedida de solteiro dela !!!!

    ResponderExcluir

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.