4 de set de 2015

A Mais Pura Verdade - Dan Gemeinhart

Olá, pessoas!!

Hoje trago a resenha de um livro que eu não esperava nada e que me surpreendeu pela sua simplicidade.

Título Original: The Honest Truth
Título: A Mais Pura Verdade
Autor: Dan Gemeinhart
ISBN-13: 9788581636337
ISBN-10: 8581636330
Ano: 2015
Páginas: 224
Editora: Novo Conceito
Nota: 4/5
Adicione: Skoob
Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha.
Mas, em certo sentido um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças.
Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram.
Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier.Nem que seja a última coisa que ele faça. 
A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.

A Mais Pura Verdade conta a estória de Mark. Mark tem 12 anos e é um garoto adorável, mas está cansado porque está doente e não pode tomar suas próprias decisões. Então um dia, Mark decide largar o tratamento e fugir com seu cachorro Beau e escalar o monte Rainier. Mark passa por várias dificuldades em sua viagem, afinal ele é apenas uma criança, está sozinho nas ruas e tem limitações, ainda mais por causa da doença. 

A Mais Pura Verdade é um livro lindo! Muitas coisas podem ser ditas sobre o livro, mas acima de tudo é o quão linda a estória é! A Mais Pura Verdade me lembrou muito aqueles filmes mega simples da sessão da tarde, mas que tem uma estória muito bonita que te emociona e te faz pensar. A Mais Pura Verdade é um livro simples sobre uma estória que já tem muito peso e que trata de temas muito importantes, como doença, morte, família e amizade, mas, ao mesmo tempo, o livro carrega uma leveza dentro de si.

Um sorriso estúpido brotou no meu rosto. Eu ia conseguir chegar lá. Está é uma coisa que eu não entendo: por que as pessoas sempre acham que podem fazer alguma coisa só porque querem,

O livro tem capítulos bem curtos e os capítulos são divididos entre o Mark e a Jessie e o que se passa com a família do Mark. Os capítulos do Mark são em primeira pessoa e os da Jessie em terceira pessoa. A leitura foi muito rápida e muito gostosa. A narrativa de Dan Gemeinhart é muito sensível assim como é a situação de Mark, porém ela também é forte e tocante assim como a estória de Mark. 

Confesso que fui ler esse livro não esperando nada, mas logo fui sugada para dentro da estória e devo isso à narrativa de Dan Gemeinhart. A viagem que Beau e Mark enfrentam é cheia de momentos encantadores e tocantes, é eletrizante de se acompanhar.

Comecei a rir e chorar ao mesmo tempo. Era um sentimento de felicidade, basicamente. 

Mark é um garoto inteligente e carismático. Confesso que às vezes queria gritar com ele e mandar ele pensar nas escolhas que estava fazendo, mas, ao mesmo tempo, queria abraçar ele durante o livro inteiro. A narrativa é em primeira pessoa, estamos dentro da cabeça do Mark, nós acompanhamos seus anseios, seus pensamentos e sentimentos, e o que acompanhamos é um garotinho sem esperanças e cansado da doença que possui. Mas junto com essa sua desesperança e cansaço, também está sua determinação e foco para chegar ao seu objetivo, e isso é admirável. 

Pode se dizer o que quiser deste livro, mas para mim, o essencial dele é a amizade! A amizade de Mark com seu cachorro Beau é poderosa e emocionante, é bonito de se ver e me arrancou vários suspiros. A amizade de Mark e Jessie é simplesmente linda, a admiração e o carinho que um tem pelo outro é cativante. As amizades neste livro são muito poderosas e encantadoras.

- A vida é uma coisa complicada, não é, filho? - A voz dele estava condoída. - Entender isso tudo, quero dizer. Para todos nós. Estamos nessa juntos. Mas, ás vezes, não dá para saber aonde ir.
Eu não disse nada. De vez em quando, mesmo as respostas certas parecem erradas, se você não gosta da pergunta. Essa é a mais pura verdade.

Enquanto a parte de amizade é linda, não posso dizer o mesmo da parte familiar do livro porque ela é quase inexistente! Em momento algum eu consegui acreditar na reação dos pais de Mark que o autor me passava e acho que deveria haver um capítulo só para eles. A parte familiar tinha tudo para ser incrível e deixou bastante a desejar.

Eu disse acima e repito, A Mais Pura Verdade é um livro lindo e singelo, porém tem seus defeitos e tinha potencial para ser mais do que foi, tinha potencial para ser mais memorável, mas, ainda assim, é uma leitura muito agradável e gostosa.

Acompanhe o blog nas redes

Um comentário:

  1. Já ouvi falar muito bem desse livro e estou curiosa para ler. Mesmo se não soubesse nada sobre ele gostaria de ler, a capa e o título me ganharam, hahah :)
    Beijão!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.