18 de set de 2015

Eon - O Décimo Segundo Dragão, Alison Goodman

Olá, pessoas! 

Hoje trago a resenha de um livro extraordinário que todo fã de fantasia deve ler.

Título Original: Eon
Título: Eon - O Décimo Segundo Dragão
Autora: Alison Goodman
ISBN-13: 9788501086716 
ISBN-10: 8501086711
Ano: 2011
Páginas: 474
Editora: Galera Record
Nota: 5/5
Adicione: Skoob
Ser um Dragoneye é uma exclusividade para homens. Tornar-se um deles é o que todos os garotos que estudam Magia de Dragão sonham conseguir. Uma criança, ou melhor, uma jovem, também tem esse desejo. E, com habilidades fora do comum, o caminho para conquistar seu objetivo parece simples. Entretanto, a revelação de um grande segredo poderá acabar com tudo isso.
Eon tem 12 anos e treina desde criança. O estudo intensivo de Magia de Dragão, baseado na astrologia da Ásia Oriental, envolve dois tipos de habilidade: trabalho com espadas e aptidão mágica. Tanto o rapaz quanto seu mestre esperam que em breve ele seja escolhido como Dragoneye – um aprendiz de um dos doze dragões de energia da boa fortuna. Por ter uma habilidade única com dragões de energias diversas – só Eon é capaz de enxergar mais de um dragão. Mas, apesar de ser diferente, ele guarda um segredo perigoso. Na verdade ele é Eona, uma jovem de 16 anos que se faz passar por menino em busca da chance de se tornar Dragoneye. Mulheres não têm o direito de usar Magia de Dragão e se alguém descobrir que ela vem se disfarçando, sua morte seria a consequência. Quando seu segredo é ameaçado, a jovem e seus aliados são lançados a um destino imprevisível. Em meio a uma luta mortal pelo trono do império, Eona precisa encontrar a força e o poder interior para lutar contra aqueles que querem roubar sua magia e, consequentemente, sua vida.


Eon é um garoto de 12 anos que estuda Magia de Dragão e busca pela chance de se tornar um Dragoneye. Ok, até ai eu achava a sinopse bacana, mas tem mais! Mas na verdade, Eon é Eona e tem 16 anos! Eona consegue ver todos os dragões – os outros garotos que querem ser dragoneye só conseguem ver um – e quer ser uma dragoneye. Eona tem que fingir que é Eon porque mulheres não tem o direito de usar a Magia de Dragão e se for descoberta, Eona pode ser morta. A única pessoa que sabe de seu segredo é o seu mestre que a ajuda nos estudos.

Eu comecei a ler pensando que seria uma coisa bem infantil e Alison Goodman me surpreendeu com sua estória incrível. Eon é uma bandeja bem cheia para quem gosta de fantasia e personagens fortes. E dragões, gente, tem dragões no livro! Existem doze dragões e Eona luta para ser escolhida aprendiz do Dragão Rato.

O mundo criado por Alison Goodman é bem diferente do que costumo ler. Primeiro de tudo e o que torna o livro ainda mais interessante é que tem muita referencia da cultura asiática, fica claro a pesquisa que a autora realizou para compor o seu mundo. 

O livro começa de forma lenta, apresentando o universo e os personagens aos poucos, mas desde esse começo já podemos ver os vestígios da grande estória que é. A escrita da Alison Goodman é muito sutil, mas muito forte. A escrita é simplesmente linda! Sua narrativa nos puxa para dentro desta estória incrível e é cheia de detalhes e quando se pega o ritmo, é simplesmente torturante deixar a leitura de lado. 

Para quem gosta de romance: sinto em dizer que não há quase nenhum. Mas, não deixe de ler o livro por causa disso porque há uma construção de relacionamentos e o romance está lá, mas está bem sutil. 

Eona já é uma das minhas personagens favoritas, mas também nutri um amor muito grande pelos personagens coadjuvantes. O mestre dela, Lady Dela e Ryko são destaques que só enriquecem a estória.  

Eona é uma personagem feminina extremamente forte e com grande vontade de sucesso, tanto porque é o que ela quer para si quanto porque tem muitas pessoas que dependem do seu sucesso. A evolução dela ao longo do livro é maravilhoso, sempre dando o melhor de si e tentando entender e chegar a uma aceitação de si mesma que emociona. Claro que ao longo do livro, a mania dela em não pedir ajuda e não conversar sobre suas dificuldades irrita um pouco, mas é perfeitamente compressível devido sua posição de perigo a todo instante.

Essa sensação de perigo constante é tão contagiante que chega ao leitor. Além do perigo de ser uma mulher e se arriscar a entrar nesse mundo, Eona ainda tem problema em uma das pernas. A todo momento Eona tem dificuldades para alcançar seus objetivos e quando consegue superá-los, acontece mais alguma coisa que entra em seu caminho. Além disso, tem o seu segredo que se descoberto, causara sua morte.

Ao final, eu já estava tão envolvida na estória que tudo que queria era ler mais e mais desse mundo e desses personagens. A estória é cheia de intrigas politicas, traições, força do poder feminino e superações e tem o potencial para ser um épico incrível em sua continuação. 

Eon faz parte de uma duologia e mal posso esperar para ver como a estória terminará. Eon é leitura obrigatória para quem gosta de fantasia e YA. Além desse toque incrível de Mulan, os personagens são únicos e a escrita é contagiante, Eon não é mais do mesmo e se destaca no gênero de fantasia YA.

Acompanhe o blog nas redes
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Google+

Nenhum comentário:

Deixe um comentário ;)

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.