13 de dez de 2015

Dor de amor tem jeito - André Massolini

Seus amores começam como romance épico e terminam como filme de terror?
Título: Dor de amor tem jeito
Autor: André Massolini
Edição: 1
Editora: Editora Gente
ISBN: 9788545200215
Ano: 2015
Páginas: 160
Skoob
Tem gente que parece ter o dom de se ferrar no amor, ou melhor, apostar todas as fichas em algo sem futuro. Tudo acaba e sabe o que resta? Você. Sofrendo mais uma vez por ter se deixado levar por um relacionamento sem potencial e se perguntando o que há de tão errado com você. Será que dá pra sair disso? Dessa mania de seguir sempre o mesmo roteiro dolorido? André Massolini vai mostrar que sim, dor de amor tem jeito. Esse filósofo que conquistou milhares de fãs com seu canal Ponto de vista, do YouTube, veio trazer compreensão e muito mais do que um ombro amigo para chorar: a chave para finalmente fechar essa história mal resolvida e conseguir, de uma vez por todas, não só superar o sofrimento e as mágoas, mas se tornar inteiro e feliz – como sempre deveria ter sido! Ninguém merece sentir que é um fracasso completo nem merece colher migalhas de afeto. Melhor do que uma sessão de terapia, este livro trará os conselhos e as respostas para que você experimente o alívio e recupere a dignidade que sentiu ser levada por outro alguém.
Resgate a si mesmo e venha experimentar a felicidade!

O livro nos mostra que a vida segue mesmo depois de um doloroso término de namoro. Chorar por causa do fim de um relacionamento é totalmente normal mas querer que isso se prolongue para vários dias, meses ou até mesmo anos não é normal. O livro também conta com dicas bem legais e interessantes para você caro leitor que está passando por essa fase difícil ou caso algum dia passe, mas afinal, dor de amor tem jeito? Sim e, graças a Deus, ainda bem. (risos) André Massolini soube realmente falar do assunto, achei que até leria sem ânimo algum, mas o cara entende muito do assunto. (y)
"Utilize-se de cada escombro na edificação da escada de sua superação."
Livro feito para ambas partes, para quem deixou e para quem foi deixado, o importante é nunca esquecer dos momentos bons e saber que vida tem que seguir com ou sem aquela pessoa... De forma bem descontraída o autor aborda esse assunto delicado, eu pelo menos não sou muito bom em tentar consolar um amigo ou dar conselhos mas esse livro foi de grande ajuda. Valeu, André!


O autor deixa bem claro que não há uma receita mágica para dor de amor, o que é verdade, não é como encontrar uma receita de bolo e tentar fazer na cozinha. Um dos pontos que mais gostei e, claro, que irei guardar para mim é que você nunca deve achar que sua felicidade está em outra pessoa, a felicidade deve estar em você mesmo, você que deve criar sua própria felicidade, é estar bem consigo mesmo, ter amor próprio.
"Parece que a solteirice está sendo enxergada como uma doença contagiosa, da qual se deve envergonhar-se e buscar uma cura quanto antes, a fim de ser aceito na sociedade."
E não é verdade? Tenho que concordar com ele, só pelo fato de estar sozinho as pessoas te olham e imaginam que você está infeliz, what the fuck? Imaginem se todo solteiro estivesse naquela deprê,.. Que absurdo. '-'
"Apenas estou querendo mostrar que nossa vida não pode ser estruturada em outra pessoa a não ser em nós mesmo. Apenas nós nos completamos."
O livro é bem curtinho e a forma tão descontraída que o autor escreveu ás vezes nem dava para achar que era um autoajuda. Recomendo para todo mundo, não precisa necessariamente estar passando por aquela fase ruim, vale a pena lê-lo em qualquer momento. ♥

Acompanhe o blog nas redes
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Google+

Nenhum comentário:

Deixe um comentário ;)

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.