26 de fev de 2016

O Sobrinho do Mago (As Crônicas de Nárnia) - C.S.Lewis

Oi pessoal,

Eu trouxe hoje para vocês a resenha do primeiro livro das Crônicas de Nárnia, O Sobrinho do Mago, eu resolvi fazer um projeto de leitura esse ano envolvendo o livro As Crônicas de Nárnia lá no meu blog, o post explicando como vai funcionar o projeto está aqui e caso alguém tenha os livros por ai e quiser me acompanhar, a Rô também ta me acompanhando nesse projeto;é só começar a ler, eu li o primeiro livro dos 7 e vim contar pra vocês o que achei dele.

A aventura começa quando Digory e Polly vão parar no gabinete secreto do excêntrico tio André. Ludibriada por ele, Polly toca o anel mágico e desaparece. Digory, aterrorizado, decide partir imediatamente em busca da amiga no Outro Mundo. Lá ele encontra Polly e, juntos, ouvem Aslam cantar sua canção ao criar o mundo encantado de Nárnia, repleto de sol, árvores, flores, relva e animais.

 Nesse primeiro livro vamos acompanhar Digory e Polly, eles acabam se tornando amigos quando Digory se muda com sua mãe para a casa de seus tios Leta e André, seu pai está na Índia e sua mãe é muito doente, por isso eles precisam ficar aos cuidados dos tios, Digory acha seu tio um tanto estranho e tenta sempre manter uma distância segura dele; até que um dia Polly conta a ele que encontrou uma passagem em sua casa que parecia ligar todas as casas da vizinhança, ela e Digory então resolvem explorar o lugar e tentar chegar até a última casa da rua, que dizem ser assombrada, entretanto eles acabam caindo no misterioso quarto de tio André, que lhes conta que é um mago e que possui anéis que podem viajar para outros mundos, Digory e Polly acabam em um lugar entre mundos, libertam a rainha Jadis e testemunham a criação de Nárnia.

"Não seria possível imaginar bosque mais calmo. Não havia pássaros, nem insetos, nem bichos, nem vento. Quase se podia sentir as árvores crescendo. O lago de onde acabara de sair não era o único. Eram muitos, todos bem próximos uns dos outros. Tinha-se a impressão de ouvir as árvores bebendo água com suas raízes." pág 23
Da primeira vez que tentei ler esse livro, eu não conseguia passar do segundo capítulo, eu me desconcentrava muito fácil e a história não me prendia, acho que estava passando por uma ressaca literária muito forte, então deixei ele guardado por um tempo, até que resolvi que esse ano eu iria ler As Crônicas de Nárnia, e então a minha surpresa foi que eu devorei o livro e tive muita força de vontade para fechar ele e esperar até o mês que vem para continuar minha aventura por Nárnia.

A escrita de C.S.Lewis é incrível, a sensação que tive foi que ele estava do meu lado me contando a história, ele faz isso de uma forma tão natural e leve, uma narrativa cheia de detalhes e personalidade, cada um dos personagens é muito bem elaborado e profundo, tanto em qualidades e em defeitos. A história também tem uma mistura de gêneros muito boa, com uma pitada de comédia, uma medida certa de drama, e muita espiritualidade por trás de coisas fantásticas e até fantasiosas.

Adorei a leitura desse livro e mal posso esperar pelos próximos, recomendo a leitura para todas as idades, com certeza alguém vai se encantar, assim como eu, com o mundo de Nárnia!!
"Mas dentro dela, na sua própria seiva, a árvore (por assim dizer) nunca se esqueceu da árvore de Nárnia à qual pertencera. Às vezes balançava-se misteriosamente, quando não havia vento soprando. Creio que nesse instantes sopravam altos ventos em Nárnia." pág 97





Título Original: The Magician's Nephew
Título: O Sobrinho do Mago
Autor(a): C.S.Lewis
ISBN: 9788578270698
Ano: 2009
Páginas: 98
Editora: Martins Fontes
Nota: 5/5
Adicione: Skoob

Não deixe de acompanhar o blog nas redes sociais! 

Nenhum comentário:

Deixe um comentário ;)

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.