21 de out de 2016

Pensei Que Fosse Verdade - Huntley Fitzpatrick

Oi pessoal,

Na resenha de hoje eu trouxe mais um livro da Editora Valentina, e mais um romance de verão da autora Huntley Fitzpatrick, a qual já estou começando a ficar viciada!!


No livro vamos acompanhar Gwen Castle, uma garota que vive na pequena ilha de Seashell, e após algumas decisões ruins no último verão quer desesperadamente dizer adeus a ilha e ao seu passado, é quando Cassidy Somers, um de seus maiores erros, aceita um emprego na ilha como faz-tudo; ele é o garoto rico e bem educado da cidade grande, e ela apenas uma garota da ilha, os encontros entre eles agora são quase inevitáveis e o passado finalmente vem a tona, junto com mudanças que prometem redefinir a vida e o futuro não só de Gwen, mas de muitas pessoas da ilha. Emoções correm soltas e histórias secretas se desenrolam, enquanto Gwen passa um lindo e agitado verão lutando para conciliar o que pensou que fosse verdade – sobre o lugar onde vive, as pessoas que ama, e até ela mesma – com o que de fato é.
"A água é um choque gelado, arrancando todos os meus medos e sentimentos. Impulsiono o corpo com força para a superfície, saio, respiro fundo, ofegante, e então volto a mergulhar nas profundezas geladas, tomo impulso no leito pedregoso, subo até a superfície, boio de costas, olhos fechados, respirando calmamente a diferença entre a água gelada e o ar parado do verão." pág 41
A premissa do livro é bem intrigante, e os mistérios dessa ilha vão se desenvolvendo aos poucos ao longo da leitura, a autora vai nos dando pequenas dicas ao longo da narração do que realmente houve com Gwen e Cass, e também alguns outros mistérios menores que envolvem os outros habitantes da ilha, achei isso bem interessante e diferente do outro livro da autora, onde tudo simplesmente aconteceu nas últimas páginas do livro, em Pensei Que Fosse Verdade as coisas vão acontecendo aos poucos e se mostrando para o leitor conforme avançamos na leitura.


Os personagens são extremamente cativantes, até os que são um pouco irritantes, ainda sim conseguem arrancar risos do leitor durante a leitura, os personagens secundários são bem ativos na história e compõe muito bem o povo dessa pequena ilha, que também é encantadora, parecendo um lugar muito gostoso de morar.
"Ele é mesmo educado até dizer chega. Parece um adolescente de um seriado da década de cinquenta. Como a senhora é boa-praça dona Luce!" pág 206
O romance do livro é bem construído, e apesar de demorar para realmente se concretizar, fica claro que é algo forte e que motiva bastante os personagens principais, a escrita da autora continua uma delícia de ser lida, com diálogos bem legais, descrições muito detalhadas de lugares, pessoas e sentimentos, apenas uma coisa me incomodou um pouco nessa história, e foram os "flashbacks", eu achei que eles ficaram um pouco confusos, não que não sejam importantes para a história, eles são e muito, mas a forma com a qual foram colocados deixa a leitura confusa, você só vai entender que o que está lendo faz parte do passado quase no fim de toda a situação, achei que isso deixava a leitura um pouco travada, pois eu nunca sabia se estava lendo algo na ordem cronológica ou não, talvez se essas partes fossem escritas com uma fonte diferente, algo que marcasse realmente a diferença cronológica dos fatos, seria bem melhor e mais fluido para a leitura.
"- Na execução mal elaborada de um plano bem elaborado - cito -, o chamado raramente produz aquele que vem, o homem a ser amado raramente coincide com a hora de amar" pág 239
A leitura desse livro foi muito boa, rápida, leve, com um misto de mistério, romance e comédia, a diagramação do livro ajudou bastante nisso, um espaçamento bom e uma fonte que não é cansativa de ser lida. A capa também é bem bonita, e tem a cara da história, a editora está mais uma vez de parabéns com a edição do livro.





Título Original: What I Thought Was True
Título: Pensei Que Fosse Verdade
Autor(a): Huntley Fitzpatrick
ISBN: 9788558890669
Ano: 2016
Páginas: 336
Editora: Valentina
Nota: 5/5
Adicione: Skoob | Goodreads

Não deixe de acompanhar o blog nas redes sociais! 

2 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    Gostei muito do livro, mas tive algumas ressalvas sobre o mesmo. Principalmente sobre o modo como a autora tratou - ou no caso, não tratou - a questão do slut-shaming que é tão nítida em toda a história. A situação envolvendo a melhor amiga também me irritou muito, não a troca que ela faz, mas o fato que, depois de fazer essa troca, é como se tudo na vida dela mudasse e ela fosse uma pessoa totalmente diferente. Acho que o que eu mais gostei no livro, mesmo, foi a ilha e o clima de lá. Queria poder fazer as malas e me mudar, hahahaha!

    Att.,
    Eduarda Henker
    Queria Estar Lendo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      Pois é, dos livros da autora que li, esse eu gostei, mas não foi tão bom quando o outro que li, algumas coisas realmente ficaram faltando ou mal desenvolvidas!!
      Realmente a ilha parece uma delícia de morar kkk
      Beijos

      Excluir

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.