28 de mar de 2017

Beleza Perdida - Amy Harmon

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje trago para vocês uma releitura moderna do clássico A Bela e a Fera um livro que me conquistou, mas que faltou alguma coisa para se tornar um livro inesquecível, uma história bonita que mostra que a beleza externa não é a coisa mais importante. Confiram!
  


O livro narra a história de Ambrose Young e Fern Taylor. Ambrose é um rapaz bonito, o mais cobiçado de todo o colégio, com seus cabelos longos e seus olhos penetrantes ele conquista corações por onde passa. Além de ter uma beleza perfeita ele ainda é atleta, o principal lutador do time da escola, venerado por toda a cidadezinha de Hannah Lake. Já Fern era a menina não notada, nela não havia beleza, passava despercebida em qualquer lugar, Fern se achava um patinho feio, tinha apenas dois amigos, Rita e Bailey, sendo Bailey seu primo e melhor amigo. Fern tinha um certo ciúmes de Rita, ela era linda, uma garota perfeita, e é claro chamava a atenção de Ambrose, diferente dela, a menina que ele nunca notava mas devotava um profundo amor por ele.
"…perdida, porque sozinha parece algo permanente, e o que é perdido pode ser encontrado."
Depois da formatura do Ensino Médio, Ambrose e seus quatro amigos da equipe de luta se alistam no exército para lutar no Iraque. Depois do 11 de Setembro Ambrose sente que precisa fazer aquilo e convence seus amigos a deixar tudo para trás e fazer o mesmo, porém Ambrose não imaginava o mal que os esperava. Meses antes do retorno para casa ele e seus amigos são bombardeados, apenas Ambrose sobrevive, porém com um preço, metade de seus rosto fora deformado, seus lindos cabelos já não mais pertencem a ele, Ambrose havia perdido toda sua beleza e carregava com sigo uma culpa enorme.

Devido a essa tragédia Ambrose e Fern acabam se aproximando, o último momento que eles tiveram foi um beijo dado por pena em Fern antes de Ambrose partir para guerra. Ambrose conclui o que no fundo sempre soube mas nunca quis enxergar, que Fern é linda, tanto por dentro quanto por fora e Fern tem em seu coração que mesmo Ambrose não parecendo o mesmo, sendo rude com ela em certas ocasiões, o jovem por quem ela se apaixonou anos antes ainda está ali, derrubar o muro que ele construiu devido a culpa que carrega.
   

Desde que li a primeira resenha deste livro já me encantei e quis ler este livro. A história é uma releitura moderna do conto da Bela e a Fera mas confesso que esperava bem mais do enredo, fui um pouco decepcionada, mas gostei da leitura. 

A obra traz uma série de reflexões sobre a importância que damos a beleza, se ela é realmente o que mais importa, será que o que vale mais não é a beleza que vem de dentro? Essa beleza que não importa quanto tempo passe ela nunca se acaba? São estes questionamentos que a obra traz.
"Sempre achei que a beleza pode ser um impedimento para o amor… Às vezes nos apaixonamos por um rosto, não pelo que está atrás dele."
O livro é narrado em terceira pessoa e mostra passagens do passado e do presente. Os personagens são bem desenvolvidos, e o personagem que mais me comoveu foi Bailey que sofre de distrofia muscular de Duchenne, não conhecia essa doença e ela é muito bem explicado no livro. O enredo é um pouco clichê, porém não é tão meloso, é uma história bonita, porém para mim faltou alguma coisa, algo que me conectasse mais a história, não sei explicar exatamente o quê, mas faltou. O título dos capítulos tem relação com um personagem que é revelado apenas nas páginas finais do livro.
"Existem momentos assim, Bailey. Momentos em que você acha que não vai mais aguentar. Mas aí descobre que consegue. Sempre consegue. Você é durão. Vai respirar fundo, engolir só um  pouco mais, aguentar só um pouco mais, e depois vai conseguir fôlego novo."
O livro possui uma escrita fluída, então o livro pode ser lido rápido, fazendo com que o leitor que gosta de romances não consiga desgrudar do livro até chegar a última página. Lendo a breve biografia da autora dá para perceber que tem muito dela em Fern, que seus personagens e cenários têm muito de seu cotidiano, talvez por isso ela nos conquiste com suas obras, há muita verdade em suas palavras.

A diagramação está ótima, as páginas são amareladas e a fonte possui um tamanho confortável para leitura, não me lembro de ter encontrado qualquer erro de revisão. Embora não goste de capas com modelo eu gostei muito dessa capa, pois traduz perfeitamente a história e na minha opinião é muito mais bonita que a original.
    

Beleza Perdido foi sim um livro que me conquistou, li estes dias o sentimento de um leitor com relação ao livro, e a palavra foi gratidão, e é exatamente este sentimento que temos ao ler a última página deste livro. Uma obra que não tem nada de muito novo, que falta algo para ser ótima, mas que certamente irá te conquistar.
    

Título Original: Making Faces
Título: Beleza Perdida
Autor(a): Amy Harmon
ISBN: 9788576863748
Ano: 2015
Páginas: 336
Editora: Verus Editora
Nota: 4/5
Adicione: Goodreads | Skoob
Compre: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino
      
Não deixe de acompanhar o blog nas redes sociais
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Google+ ♦ Goodreads

Nenhum comentário:

Deixe um comentário ;)

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.