[FILME] Adeus, Christopher Robin, 2017 (Goodbye Christopher Robin)

sexta-feira, março 30, 2018
Olá pessoas, tudo bem? 

Já vou começar dizendo que esse filme é lindo, tocante e que vai deixar aquele quentinho no coração, com gostinho de quero mais. O filme é basicamente sobre a vida do famoso criador do Ursinho Pooh e de sua família. Em meio à guerra e tanta tristeza, uma época em que a felicidade e a alegria foi esquecida, algo aconteceu que mudou, que fez as pessoas acreditarem que coisas boas podem acontecer e que deixou o mundo coberto de imaginação e felicidade.


Décado de 1920 na Inglaterra, o filme começa com um telegrama misterioso e a partir daí voltamos no tempo para saber o que aconteceu. A.A. Milne ~ou Blue, como é conhecido~ é um famoso escritor que acaba de voltar da guerra cheio de traumas. Blue é casado com Daphne e eventualmente eles tem um filho (Christopher Robin Milne ou Billy Moon, como é chamado), que é logo deixado de lado e meio que ignorado por Daphne. Logo nos primeiros dias de nascimento, a família contrata uma babá que passa a ter total responsabilidade de criar o filho do casal.


Ainda com problemas psicológicos e traumas da guerra, Blue decide mudar para o campo com a sua família e o que ele mais deseja é escrever sobre a guerra, apesar de saber que não terá sucesso, ele insiste nessa ideia por um tempo. Essa obscessão toda, faz com que sua esposa vá embora de volta para a cidade deixando Blue e Billy, agora com cerca de 6 anos, sozinhos em casa. 

A diversão fica por conta dos dois que dia após dia ficam mais íntimos e passam a se divertirem, fazendo caminhadas pela floresta ao redor de sua casa, assim como criar histórias e brincadeiras juntos. Toda essa criação de histórias faz com que Blue comece a escrever a sua própria, contando as brincadeiras de seu filho, assim como a história de seu ursinho e companheiros que passam a ser o famoso Ursinho Pooh e seus amigos que todos conhecemos. 


Acho que falei,  mais ou menos, sobre o principal enredo do filme. Mas te digo que o filme não é apenas isso, tem muita coisa por trás. O filme vai tratar da relação familliar entre pais e filhos, uma possível depressão pós parto, o quanto a fama é prejudicial e o até onde é possível ir para ter o que quer, custe o que (ou quem) custar.

É um filme recheado de momentos lindos e marcantes, porém tristes. Blue ou A.A. Milne, se tornou um escritor famoso e reconhecido mundialmente, mas à que custo? A inocência de seu filho, de certa forma, destruída pela sua ambição e por um reconhecimento que Billy nunca quis. 


Na cabeça da criança, eles estavam apenas se divertindo, pai e filho indo em uma aventura nova a cada dia, mas na cabeça de seu pai, a história era outra. Pode-se dizer que ele se aproveitou de seu filho da forma mais amarga? Não sei, só posso dizer que depois de assistir ao filme eu quis saber tudo sobre a vida do autor e dessa família que passou pelas mais diversas situações. É aquela coisa, em meio à guerra e tristeza, algo surgiu ao mundo para mostrar que a felicidade existe e que é possível ser feliz novamente. 


Goodbye Christopher Robin
Ano: 2017
Duração: 107 minutos
Direção: Simon Curtis (I)

Acompanhe o blog nas redes sociais!
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Goodreads

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.