[FILME] A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata (2018)

Olá pessoas, tudo bem? 

Recentemente vi algumas indicações desse filme e fiquei curiosa para assistir. É lançamento recente e está disponível na Netflix então aproveita e assistam que o filme é daqueles bem fofos que deixa o coração quentinho ♥


Juliet Ashton é uma escritora famosa na Londres de 1946, pós Segunda Guerra Mundial. Ela recebe uma carta de alguém misterioso que vive em Guernsey, uma das ilhas do Canal que foram invadidas pela Alemanha. Ao receber a carta e começar a conversar com essa pessoa, um fazendo que abriu o clube de leitura que foi fundado no auge da Segunda Guerra por alguns moradores.

Ela decide visitar a cidade e conhecer os moradores, assim como esse clube de leitura que ela ouviu falar tão bem. Chegando lá, ela vai descobrir detalhes de como foi a guerra para esses moradores, assim como as perdas que tiveram. Juliet passa a criar laços de amizade com essas pessoas que será mais forte do que ela imaginava.


A primeira coisa que me chamou atenção para assitir esse filme, foi o título. Olha o tamanho dele! Segundo: foi o fato de se tratar na segunda guerra, gosto de títulos que tenham essa fase do mundo como temática. Terceiro, as paisagens lindas que vi durante o trailer. 

O filme não é cheio de efeitos especiais e explosões, por se tratar de um filme pós-guerra, o filme vai tratar mais das cicatrizes que esse evento deixou nas pessoas, assim como promover a unição dos mesmos. Não importa sua origem, importa o quanto você perdeu e suas dores. Você não precisa passar por isso sozinho e a sociedade é mais uma forma de ter apoio daqueles que você ama e te amam também. 


O sorriso vem ao nosso rosto quando descobrimos o que de fato é a Torta de Casca de Batata. Ela é uma torta de batata, mas não só isso, ela é um símbolo para essas pessoas, como uma cicatriz que vai estar sempre lá, mas que com o tempo vai ser apenas uma memória ruim. 

O romance do filme é plausível, você vê acontecer e torce pelo casal. Também torcemos para essas pessoas, que no começo parecem ser duronas, mas o que elas tentam é esconder a dor e perda de seus entes queridos.


Não é um filme cheio de reviravoltas e é até um pouco previsível, para não falar clichê. Mas é aquele tipo de filme fofo, daquele tipo que encontramos quando queremos um romance fofo, nada pesado. Com paisagens lindas e uma atmosfera cheia de sutilezas, o filme consegue convencer e deixar com aquele quentinho no coração que a gente tanto gosta.

Ah! Vale a pena dizer que esse filme é adaptado de um livro de mesmo nome das autoras  Mary Ann Shaffer e Annie Barrows, publicado pela Editora Rocco em 2009, mas ainda que vai ter um relançamento desse livro. Seria legal ler a obra original. 

The Guernsey Literary And Potato Peel Pie Society
Ano: 2018
Duração: 124 MINUTOS
Direção: Mike Newell (I)

*ESSE POST FAZ PARTE DO TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO/2018*

Acompanhe o blog nas redes sociais!
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Goodreads ♦ Pinterest

13 comentários:

  1. Oi, Rosana,

    O período histórico, no qual a história é contextualizada, se destaca por seus traços mais brandos e acolhedores.

    ResponderExcluir
  2. Eu vi esse filme e o achei fofo. Ainda não li o livro, mas fiquei curiosa depois de assistir. É uma época delicada a retratada no filme, mas tudo foi tratado de forma simples e sensível. Gostei bastante e achei uma boa dica ;)

    ResponderExcluir
  3. Também assisti pelo nome e por ter guerra no meio, mas mais pela garota. E vendo os atores, 3 de uma série que amava juntos nesse filme foi só um bônus. É bem legal, tem um mistério interessante e tem livros, o amor por livros e o que eles fizeram pra manter uma amizade e uma ajuda um com o outro foi bem bonito. Clichê também ta presente mas é daqueles que a gente adora né. Gostei da história. É um filme bem simples mas bonito de assistir. Vale a pena.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Rosana!!
    Esse filme apareceu como indicação na Netflix, e já estava de olho nele. Gosto bastante de filmes clichês para assistir no final de semana. Vou aproveitar e assistir esse filme nesse final de semana!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  5. Olá, eu li a obra que deu origem ao filme há muito tempo atrás, e foi umas das melhores experiências que já tive, pois a trama é tão cativante e acolhedora que não dá vontade de parar de ler. O trailer da adaptação conta com algumas diferenças bem perceptíveis em relação ao seu material original, contudo parece ser um conteúdo de qualidade. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Pausa para eu ficar triste porque precisei cancelar a Netflix... 💔
    O filme está na minha lista, quase assisti, mas vi sobre o livro e preferi esperar. Cansei de me decepcionar com o livro por ter assistido ao filme primeiro. Haha.
    Agora o livro está na lista de desejados, e espero ler antes de voltar com a Netflix.
    Amei saber sobre o filme, amo histórias que se passam em tempos de guerra. Elas tem uma intensidade, são emocionantes...

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Resumindo: Um filme maravilhoso!!!!rs
    Acabei vendo ele já tem um tempinho e que obra mais linda. Tudo neste filme é perfeito, o tempo, cenários, personagens, tudo parece se encaixar com uma naturalidade incrível.
    Doce, terno, triste e ao mesmo tempo, repleto de esperança.
    O romance é daqueles que inspiram e nos fazem suspirar.
    Mais do que recomendado!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Vi este filme a poucos dias e simplesmente amei demais, sua historia é tão envolvente , que nem vi a hora passar, confesso que terminei o filme com aquele sorriso bobo no rosto. Adorei demais a trama!!Os personagens são tão bacanas e achei legal o romance tão ter tanto enfoque.

    ResponderExcluir
  9. Olá.
    Também adoro filmes ou ler livros que se passam na Segunda Guerra e pós-guerra.
    Fiquei curiosa para saber mais sobre o significado de torta de casca de batata. Parece ter um simbolismo por trás disso e não só o sentido literal.
    O romance parece bem previsível. Mas, às vezes precisamos ver alguns clichês para esquecer um pouco dos problemas da vida rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Ai to louca por esse filme mas ainda não achei um tempo pra vê-lo, também fiquei super curiosa com o titulo kkkk. Acho que vou gostar justamente porque também gosto de histórias que relatem a época da segunda guerra mundial e também por ser algo relacionado a leitura. Espero conseguir vê-lo ainda essa semana.

    ResponderExcluir
  11. Rosana!
    Já ouvi falar desse filme também e achei o título bem sugestivo.
    Bom ver que não tem efeitos especiais e que é um filme apenas para entretenimento, bem água com açúcar e já anotei aqui para assistir na Netflix.
    Obrigada pela indicação.
    “O maior problema e o único que nos deve preocupar é vivermos felizes.” (Voltaire)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA SETEMBRO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Eu já vi o trailer desse filme e ainda não assistir. Tem uma historia muito envolvente e também algo que amamos muito, o mundo literário né..

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  13. Oi Rosana!
    Tô doida pra ver esse filme... ouvi flat mto bem dele vou tentar ver essa semana qdo surgir um tempinho...
    Bjs!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.