[LIVRO] A Memória do Mar, Khaled Hosseini

Olá pessoas, tudo bem? 

Depois de anos esperando, um dos meus autores favoritos lançou um livro novo. "A memória do mar" é o lançamento de Agosto da Editora Globo Livros e não vejo a hora de vocês conferirem o trabalho lindo que é esse livro. Não apenas pela mensagem que passa, mas pelas lindas ilustrações. 


"A Memória do Mar" vai trazer em poucas páginas a comtemplação do pai enquanto embala o filho em uma praia. Ambos estão esperando o dia amanhecer e com isso, os barcos que os levará para uma vida nova em outro país. 

O pai vai contar ao filho as lembranças que ele tem da Síria quando era mais novo. A fazenda dos avós, com uma extensa área verde, as árvores de azeitona, as cabras e bezerros da avó, o ar fresco e a sensação do mundo pertencer à eles. A cidade onde moravam, as mesquitas, as igrejas. Uma época em que as pessoas se aceitavam e que não brigavam por nada, por motivos vãos. 

"Mas aquela vida, aquela época
parece apenas um sonho agora.
Até para mim,
como se fosse apenas um rumor antigo."

Esse pai também relata, bem brevemente, como que a guerra começou, o que levou as pessoas aos protestos e à chuva de bombas, às pessoas morrendo de fome, às imensas crateras com pessoas vivas ou não. O quão é difícil para esse pai (e outras milhões de pessoas), que um dia viu a glória de seu país, ir à ruína dessa forma.


O livro é uma obra de ficção inspirado na história de Alan Kurdi, o menino de três anos que foi encontrado afogado em uma praia na Turquia em Setembro de 2015. Na época do acontecimento a foto circulou por vários jornais no mundo todo e teve um certo impacto. Alan, seu irmão e mãe foram enterrados pelo pai em Kobane. 


Apesar de ser um livro curtinho, ele trás uma mensagem forte e emocionante com uma escrita meio poética. As ilustrações são um show à parte e combinam perfeitamente com a história. Eu não quis falar muito sobre o livro para não estragar a experiência de vocês, se caso forem ler - o que eu recomendo demais. Imagino que a edição da Editora Globo Livros esteja igual à edição gringa, e pelo o que sei a tradução foi feita pelo Pedro Bial.

Sea of prayer
Khaled Hosseini
ISBN-139788525066749
ISBN-108525066745
Ano2018
Páginas: 64
Editora: Globo Livros




*ESSE POST FAZ PARTE DO TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO/2018*

Acompanhe o blog nas redes sociais!
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Goodreads ♦ Pinterest

11 comentários:

  1. A capa nacional se manteve a mesma pelo que vi no skoob e assim acho que a edição nacional deve estar linda também. Essa parece ser uma história forte mas retratada com sensibilidade. Gostei muito da resenha e se surgir a oportunidade vou querer ler sim ;)

    ResponderExcluir
  2. Oi, Rosana,

    A intensidade de sentimentos - passada para o leitor - contida no livro chama a atenção. É tocante. Então, sem dúvidas é um livro que me conquistaria.

    ResponderExcluir
  3. Olá.
    Ainda não li nenhum livro do autor, mas quero muito. Dizem que as histórias dele são bem tristes, mas muito bem escritas.
    Parece uma história curtinha, mas com uma mensagem bem bonita e um carga emocional grande.
    Já vai para a lista de desejados.
    Adorei essa edição e as ilustrações. Estão lindíssimas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Nossa, mas que doido. Na hora que começou a falar da história me veio a mente a imagem daquela criança na praia e saber que tem mesmo uma inspiração aí foi muito doido. É uma coisa tão triste. Imaginar a vida das pessoas, o que levou a fazer aquilo e o fim que teve é horrível. Mas parece um livro que busca inspirar e abrir nossos olhos pra uma realidade que tá aí batendo na nossa cara tragédia apos tragédia. Mostrar que tem gente lutando pela vida, que lembra da sua casa e da sua vida com orgulho e esperança, que tem boas lembranças apesar de todas as coisas ruins que acontecem. Parece bonito e a coisa da ilustração dá um ar mais inocente, não sei, uma coisa que tem cara de poesia mesmo. Gostei dele.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Rosana!!
    Nossa o livro sem dúvida é muito interessante mas ao mesmo tempo triste por ser inspirado na história do pequeno Alan Kurdi, mas fiquei muito curiosa em ler essa obra tão curtinha mas de um valor enorme principalmente para descobrimos um pouco mais sobre o que aconteceu com as pessoas que enfrentaram na guerra da Síria.
    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Quem não se recorda da imagem dolorida do menininho na praia ;/
    Foi e é algo que ainda incomoda e nos faz questionar o tempo todo como o ser humano pode ainda, fazer guerra.
    Nunca vou conseguir entender!
    Amo, amo de todo o coração o trabalho de Khaled e fazia realmente muito tempo que não via ou lia algo novo dele, por isso, amei ver que tá vindo coisa muito boa por aí, apesar de soar mais como um conto do que como um livro de fato.
    Aguardarei!
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Ainda não tive a chance de ler nada do autor, mas depois dessa resenha é certeza que quero e quero começar por esse livro.
    Amo histórias poéticas, e parece bem tocante.
    Lembro da foto desse menino, foi de partir o coração.
    As ilustrações deram um toque a mais.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Nossa fiquei emocionada só com a resenha, a história dessa criança me tocou muito e toca ainda hoje. Acho que é um livro forte e cheio de ensinamentos. Não conhecia o autor mas com certeza agora vou pesquisar mais sobre ele.
    Já vai pra minha lista!

    ResponderExcluir
  9. Rosana!
    Já tive oportunidade de ler dois livros do Khaled Hosseini gosto muito, porque traz sempre reflexões para nossa vida.
    Esse deve ser um tanto quanto doloroso, pela situação, porém poético, lindo e inspirador através da narrativa e das ilustrações.
    E tendo tradução do Bial, deve estar impecável.
    Bom final de semana.
    “Sede felizes; os amigos desaparecem quando somos infelizes.” (Eurípedes)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    eu gostei muito do livro, a imagens dela está muito linda. A historia é envolvente, os personagens me encantaram ainda mais como reflexões que vale muito para nós.. Já fiquei curiosa em ler!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  11. Oi Rosana!
    Eu amo livros que trazem e deixam reflexões aos leitores...
    Com toda ctz esse é um livro que preciso ler ...
    Já está nos desejados!
    Bjs

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.