25 de nov de 2014

Projeto Literário#3: Novembro Azul

A atividade do projeto literário dessa semana é falar um pouco a respeito da campanha do mês e ligar isso à literatura de alguma forma. Esse mês então é dedicado aos homens e à luta contra o câncer de próstata que afeta milhões de homens. Então vamos conhecer o que é o Novembro Azul.

A campanha
O câncer de próstata atinge grande parte da população masculina e, mesmo assim, ainda é um tema que enfrenta muitas barreiras. Quase 50% dos brasileiros nunca foram ao urologista e, em 2014, a projeção é de que 12 mil vão morrer da doença em função da descoberta em estágio avançado. 

Preocupado com a saúde do homem, em novembro de 2012, fomos pioneiros ao lançar no Brasil o Novembro Azul, que se tornou referência na missão de orientar a população masculina a cuidar melhor da saúde. 
O público-alvo da campanha, que é realizada durante o ano todo e tem seu ápice no mês de novembro, são homens a partir de 40 anos de idade e grupos que participam do processo de prevenção e cuidados, como familiares e parceiros.

Para quebrar esse preconceito, o objetivo é informar a população por meio de ações interativas, além de conscientizar sobre a importância da realização dos exames periódicos relacionados ao câncer de próstata, que é o segundo mais recorrente em brasileiros, perdendo apenas para o câncer de pele.

Para saber mais detalhes acesse o site da campanha: Novembro Azul
Na literatura, os livros que abordam a realidade de pessoas com câncer estão fazem parte de um gênero que há alguns anos vem fazendo muito sucesso, o sick-lit. Na maioria das vezes esses livros mostram como pessoas que em teoria deveriam ser tristes, por terem câncer, são felizes e encaram a vida de forma surpreendente. A lição passada através das páginas dos livros nos comove e nos faz ver a vida de outra forma.

A Estrela Que Nunca Vai Se Apagar conta a história de Esther Grace Earl, diagnosticada com câncer da tireoide aos 12 anos. A obra é uma espécie de diário da jovem, com ilustrações, fotos de seu arquivo pessoal, textos publicados na internet, bate-papos com os inúmeros amigos que fez on-line e reproduções de cartas escritas em datas comemorativas como aniversários. A jovem perdeu a batalha contra a doença, mas deixou um legado de otimismo e celebração ao amor. Atualmente sua mãe, Lori Earl, preside a instituição sem fins lucrativos This Star Won´t Go Out (tswgo.org), que apoia pacientes e famílias que lutam contra o câncer.

Chris Astor é um homem de seus quarenta e poucos anos que está passando pelo mais difícil trecho de sua vida. Ele tem uma filha, Becky, de 14 anos, que já passou imensas dificuldades até chegar a se tornar uma moça vibrante e alegre, mas que parece que terá que enfrentar mais um grande problema em sua vida. Quando Becky era pequena e teve câncer, Chris e ela inventaram um conto de fadas, uma fantasia infantil que adquiriu vida e tornou-se um terrível, provavelmente fatal, problema. Agora, Chris, Becky e Miea (a jovem rainha da fantasia criada por pai e filha) terão que desvendar um segredo: o segredo de por que seus mundos de fantasia e realidade se juntaram neste momento. O segredo para o propósito disso tudo. O segredo para o futuro. É um segredo que, se descoberto, irá redefinir a mente de todos eles. A menina que semeava é um romance de esforço e esperança, invenção e redescoberta. Ele pode muito bem levá-lo a algum lugar que você nunca imaginou que existisse. Uma fantasia que trabalha assuntos densos como a separação dos pais, oncologia infantil, separação de filha e pai, adolescência. A menina que semeava não é um livro sobre adolescentes comuns. É sobre uma que se deparou prematuramente com a ameaça do fim e teve de tentar aprender a lidar com ele.

A culpa é das estrelas
A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

Os azuis da minha estante ;)

Então, conta para mim: Quais são os azuis que fazem parte da sua estante? Já conhecia essa iniciativa do Novembro Azul? 
Lembre-se: converse com seu pai, irmão, primos e amigos. 
Faça-os entender o quão importante é a prevenção!

Não esqueçam de visitar os outros blogs participantes do Projeto Literário!
Rosana Carlos - Tudo que motiva
Lucas Fagundes - Claquete Literária
Anna Evans - Um Tanto Agridoce 
Kelly Alves - Paraíso das Ideias
Wesley Vieira - Café com Aroma de Livros
Thalita e Allison - Cemitério dos Posts Esquecidos
Irisvanda Bento Vieira - Chuva e Livros
Gabriele - Pieces Of Me
EmyLu - Louquinha Por Livros

- Organizadoras:
Paac - MyLittle Garden of Ideas
Thai - Aroma de Livros
Clau - Meias, Cacau e Livros
Encontre o blog nas redes
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Tumblr ♦ Skoob ♦ Google+ 

8 comentários:

  1. Adorei o projeto do mês, muito informativo e importante. Com certeza, a prevenção é o melhor a se fazer. Não sei o motivo dos homens terem tanta resistência (na verdade, dá para imaginar! rs).
    Quanto aos livros, gostei muito da sua lista. Curto o gênero, pois além de uma boa trama, trazem também coisas para a gente pensar.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, até entendo a resistência, mas melhor ceder do que acabar com um prejuízo muito maior. Com as mulheres é tão mais simples, não sei por qual motivo os homens complicam tanto.

      Excluir
  2. Parabéns pela iniciativa! E os livros são todos lindos.

    Beijos!
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, não custa nada ajudar na conscientização não é mesmo?! ^^

      Excluir
  3. Esse projeto é fofo. Lá na academia aconteceu e eu sem entender, é mole? To por fora.
    Agora, os livros do seu John tem uma pegada azul forte! gHHAHAHAHHAHAHA

    Bjs

    Blog Coisas da Juu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "pegada azul forte" kkkkkk
      É um azul bonito, amo essa cor ♥

      Excluir
  4. Iniciativa muito bonita :) Na minha estante tenho alguns azuis como HP e a Ordem da Fênix, Os Contos de Beedle o Bardo, A maldição do tigre, Estudo Independente, etc...

    ResponderExcluir

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.