18 de dez de 2014

[TOP] 5 Filmes que não vi por não ter lido o livro (ainda)

Não sei se apenas eu sou assim, mas em muitos casos prefiro ler o livro antes de assistir ao filme. Tem muuuitos filmes que ainda não assisti, pois não li o livro. Seja por preguiça, por ter outros livros na frente ou por não esperar grandes coisas do livro/filme. 

Todos os filmes citados já foram lançados seus respectivos filmes e livros aqui no Brasil, então fica mais fácil ler e assistir logo. 

Então vamos à lista.


O primeira da lista imagino ser um clássico e pelos comentários que leio o pessoal gosta bastante do livro, não tive oportunidade de ler o livro, mas o filme está aqui ansioso para ser assistido haha 

ANNA KARENINA
O filme foi estreado aqui no Brasil em 2013, dirigido por Joe Wright e estrelado por Keira Knightley. Dizem que foi uma boa adaptação e que Keira tem o dom para interpretar personagens clássicos. Será mesmo?

Sinopse: A personagem-título, ao abandonar sua sólida posição social por um novo amor, e seguir esta opção até as últimas consequências, potencializa os dilemas amorosos, vividos dentro ou fora do casamento, de toda a ampla galeria de personagens que a circunda. O amor, aqui, não é puro idealismo romântico. Tolstói recupera todo um século de experiência russa, com episódios e personagens modelados a partir de pessoas reais, e aborda as principais discussões políticas, econômicas e filosóficas de seu tempo, ainda incrivelmente atuais. O livro se articula por meio de contrates: a cidade e o campo; as cidades de Moscou e São Petersburgo; a alta sociedade e a vida dos mujiques; o intelectual e o homem prático. Com apresentação e tradução diretamente do russo por Rubens Figueiredo, esta nova edição de Anna Kariênina inclui notas explicativas, uma lista de personagens e uma árvore genealógica dos principais núcleos familiares. (skoob)

12 ANOS DE ESCRAVIDÃO
O filme foi estreado em 2014, dirigido por Steve McQueen e tem o Chiwetel Ejiofor como protagonista. O filme foi tão bom que ganhou 9 (NOVE!!) Oscar's. Quero muito ver o filme, mas antes preciso ler o livro né! Gosto dessa temática em livros/filmes e tenho muito interesse nesse.

Sinopse: A obra que originou o filme 12 Anos de Escravidão retrata a história de Solomon Northup, um homem negro nascido livre nos Estados Unidos, que após ter recebido uma falsa proposta de trabalho, foi sequestrado, drogado e comercializado como escravo, e passou doze anos em cativeiro, trabalhando, na maior parte do tempo, em uma plantação de algodão na Louisiana. Após seu resgate, Northup, com uma escrita simples e ágil, retrata os registros excepcionalmente vívidos e detalhados da vida de um escravo. Este é um dos poucos retratos da escravidão americana, redigido por alguém tão culto quanto Solomon Northup — uma pessoa que viveu sua vida sob a óptica de uma dupla perspectiva: ter sido tanto um homem livre como um escravo. (skoob)

A HOSPEDEIRA
Desde que li a Saga Crepúsculo eu fiquei meio ressabiada de ler qualquer outra obra da autora. Apesar disso, nas avaliações do Skoob e pelos comentários na blogosfera o pessoal fala muito bem, dizem que não é nada parecido com a saga, mas sabe como é né?

Sinopse: Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos "selvagens" que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a "alma" invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam. (skoob)

A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS
Sim minha gente, eu não terminei de ler esse livro, abandonei na metade, maaaaassss pretendo dar outra chance para o livro no próximo ano. Lembro muitos trechos/cenas do livro, lembro que parei na metade e acabei não retomando a leitura depois, era época de provas... É sempre difícil isso. Não sei se a adaptação ficou boa, estou me segurando muito para não assistir ao filme antes.

Sinopse: A trajetória de Liesel Meminger é contada por uma narradora mórbida, surpreendentemente simpática. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. Traços de uma sobrevivente: a mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler. Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade. A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História. A Morte, perplexa diante da violência humana, dá um tom leve e divertido à narrativa deste duro confronto entre a infância perdida e a crueldade do mundo adulto, um sucesso absoluto - e raro - de crítica e público. (skoob)

HORNS
Primeiro motivo de eu querer assistir ao filme: Daniel Radcliffe, pronto. Esse é o único motivo haha. O filme ainda não saiu nos cinemas brasileiros, porém lá na gringa já está disponível faz tempo. Não estou acostumada a ler livros nesse estilo, mas estou bem interessada nesse.

Sinopse: Ignatius Perrish sempre foi um homem bom. Tinha uma família unida e privilegiada, um irmão que era seu grande companheiro, um amigo inseparável e, muito cedo, conheceu Merrin, o amor de sua vida. Até que uma tragédia põe fim a toda essa felicidade: Merrin é estuprada e morta e ele passa a ser o principal suspeito. Embora não haja evidências que o incriminem, também não há nada que prove sua inocência. Todos na cidade acreditam que ele é um monstro. Um ano depois, Ig acorda de uma bebedeira com uma dor de cabeça infernal e chifres crescendo em suas têmporas. Descobre também algo assustador: ao vê-lo, as pessoas não reagem com espanto e horror, como seria de esperar. Em vez disso, entram numa espécie de transe e revelam seus pecados mais inconfessáveis. Um médico, o padre, seus pais e até sua querida avó, ninguém está imune a Ig. E todos estão contra ele. Porém, a mais dolorosa das confissões é a de seu irmão, que sempre soube quem era o assassino de Merrin, mas não podia contar a verdade. Até agora. Sozinho, sem ter aonde ir ou a quem recorrer, Ig vai descobrir que, quando as pessoas que você ama lhe viram as costas e sua vida se torna um inferno, ser o diabo não é tão mau assim. (skoob)

Bônus: O DOADOR DE MEMÓRIAS
O filme estreou em Setembro desse ano e apesar de ter ganhado ingressos para assistir eu acabei perdendo e não fui ao cinema (sorry Vini), mas isso foi bom até, como eu não tinha formas de ler o livro naquele momento eu esperei uma melhor oportunidade para lê-lo e assistir à sua adaptação. Parece ser um livro/filme bem intrigante e estou muito interessada.

Sinopse: Lois Lowry constrói um mundo aparentemente ideal onde não existe dor, desigualdade, guerra nem qualquer tipo de conflito. Por outro lado, também não existe amor, desejo ou alegria genuína. Os habitantes da pequena comunidade, satisfeitos com suas vidas ordenadas, pacatas e estáveis, conhecem apenas o agora - o passado e todas as lembranças do antigo mundo foram apagados de suas mentes. Uma única pessoa é encarregada de ser o guardião dessas memórias, com o objetivo de proteger o povo do sofrimento e, ao mesmo tempo, ter a sabedoria necessária para orientar os dirigentes da sociedade em momentos difíceis. Aos 12 anos, idade em que toda criança é designada à profissão que irá seguir, Jonas recebe a honra de se tornar o próximo guardião. Ele é avisado de que precisará passar por um treinamento difícil, que exigirá coragem, disciplina e muita força, mas não faz idéia de que seu mundo nunca mais será o mesmo. Orientado pelo velho Doador, Jonas descobre pouco a pouco o universo extraordinário que lhe fora roubado. Como uma névoa que vai se dissipando, a terrível realidade por trás daquela utopia começa a se revelar. Premiado com a Medalha John Newbery por sua significativa contribuição à literatura juvenil, este livro tem a rara virtude de contar uma história cheia de suspense, envolver os leitores no drama de seu personagem central e provocar profundas reflexões em pessoas de todas as idades. (skoob)

Já leu algum desses livros ou assistiu algum desses filmes? Então me ajuda, por qual devo começar?

Encontre o blog nas redes
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Tumblr ♦ Skoob ♦ Google+ 

14 comentários:

  1. Termine a Menina Que Roubava Livros, vale muito a pena. Eu também prefiro ler antes, mas tive que assistir Divergente no cinema antes de ler o livro.
    Bjos
    http://somaisumapaginamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou terminar, quer dizer, começar de novo né. Meta de 2015!

      Excluir
  2. A Hospedeira e A Meninas que Roubava Livros eu vi justamente por que já li os livros, huahau. Também estou querendo ler O Doador de Memórias para depois ver o filme. Adorei o top 5.
    Beijo,
    http://pactoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Preciso ler esses logo, os filmes já estão mofando aqui haha

      Excluir
  3. Dentre esses filmes o único que assisti sem ler o livro foi o Anna Karenina, pois não sei quando irei ter dinheiro para comprar o livro da edição da Cosac, que sou apaixonada. Mas sobre o filme só tenho uma coisas a dizer: incrível!!

    Beijos!
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A edição é lindíssima mesmo *-* Sonho de consumo!

      Excluir
  4. A Hospedeira também não tem nada a ver com Crepúsculo, apesar de adorar essa saga :p haha E volte a ler A Menina que roubava livros, é muito, muito bom <3 Os demais livros não li e também não assisti o filme. Os do que eu li, já vi e não deixaram a desejar (graças a Deus kk). Eu não tenho isso não, quando quero ver, vejo logo e assim já fico sabendo se o enredo me chama a atenção. rs
    Beijos
    Lendo & Apreciando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não gosto de ver o filme antes pois quando vou ler o livro eu fico imaginando o ator que interpretou e não necessariamente aquilo que minha imaginação deixa, sabe? Sou meio doida com essas coisas haha

      Excluir
  5. O livro A Hospedeira é maravilhoso, já reli várias vezes e nunca me canso. Algumas pessoas acham que a história tem partes desnecessárias, mas eu adorei o livro ser comprido, porque é um livro único, então nunca mais vou ter a chance de ler outro livro com os personagens que tanto amo! Eu também gostei do filme, embora tenha cortado várias partes que eu adoro, porém, enquanto estava assistindo pela primeira vez, nem percebi que isso aconteceu. Os dois valem muito a pena! XOXO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeira pessoa que eu vejo gostar tanto assim do livro e do filme, deu até vontade de ler e assistir também (=

      Excluir
  6. Também ainda não assisti metade desses filmes, mas nem é por conta do livro, era falta de tempo mesmo rs
    Bjs

    Blog Coisas da Juu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eitaaa..sei que logo logo tempo não será problema né *-* hahah

      Excluir
  7. Eu já assisti a Hospedeira,mas não li o livro,assisti e li A menina que roubava livros,não sabia que havia um livro do filme Horns,vou assistir o filme em breve,eu gostei bastante do filme O doador de memoria,e espero gostar do livro! Amei o post,espero que consiga assistir e ler todos ><
    Beijos
    ✺⇢Cantinho da Bruna⇠✺
    ✺⇢@cantinhodabruna⇠✺



    ResponderExcluir

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.