29 de set de 2015

Mad Max: Estrada da Fúria (Mad Max: Fury Road), 2015

Olá lindezas! 
A resenha cinematográfica de hoje é um filme que deu o que falar no mês de Maio. Um filmaço para quem gosta de ação, explosões e cenas de tensão! 



No filme temos Max que após sofrer e ser assombrado por seu passado turbulento ele decide começar a vagar sozinho, que assim será a melhor maneira. Bem, não dá muito certo né. Ele acaba sendo capturado e levado por um grupo de doidos que moram na Cidadela e veneram um tal de Immortan Joe. 

Do outro lado temos Furiosa e o que as pessoas dessa cidade não esperam é que ela irá trair a confiança de Immortan Joe, que tem algo insubstituível roubado. Tomado por toda a raiva do mundo, Immortan Joe convoca todas seus comparsas para perseguir a Furiosa e ter de volta o que lhe foi roubado.


Ai ai, esse filme. O filme não tem história! Simples! O filme não tem um sentido e nem um porquê. É ação do começo ao fim, muitas explosões, lutas, gente morrendo e explosões (sim, tem muitas). É uma hora do filme eles indo e outra uma hora do filme eles voltando. Eu gostei do filme, mas tenho minhas ressalvas. 


Sei lá, não sou tão fã de ação assim. Porém amei ver a Charlize Theron como Imperator Furiosa e lacrando tudo. Personagem forte e independente, um filme talvez com um quê de feminismo, não? Essa parte eu gostei! hahah 



Eu não assisti nenhum dos outros filmes da franquia, mas ainda sim consegui entender tudo o que aconteceu. Recomendo o filme sim, claro! Tem tudo para ser um ótimo entretenimento. 

Título original: Mad Max: Fury Road
Distribuidor: Warner Bros.
Ano: 2015
Nota: 4/5

Acompanhe o blog nas redes
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Google+

Um comentário:

  1. Oi, Ro!
    Eu assisti aos outros filmes da franquia quando era criança, então nem lembro de muita coisa, mas fiquei apaixonada por esse filme. Para mim, ele é 5/5. E discordo de você... Ele tem história e tem um sentido, sim. Quer um sentido melhor que "sobrevivência" em um mundo distópico?! Só pelo universo pós-apocalíptico criado já dá pra fazer uma trilogia de distopia melhor que algumas por aí, rs. Eu inclusive estou acompanhando as HQs que mostram um pouco da história dos personagens principais antes dos eventos do filmes e elas são ótimas.
    Beijooos!

    ResponderExcluir

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.