6 de dez de 2016

Por Lugares Incríveis – Jennifer Niven


Olá pessoal, tudo bem?

Hoje trago para vocês um YA que fez e ainda faz muito sucesso. O primeiro livro direcionado aos jovens da autora Jennifer Niven. Um livro que não me conquistou tanto, mas que possui uma história bem bonita com uma mensagem linda sobre a vida e sobre ajudar o próximo. Mostra que cada um carrega uma dor consigo e que devemos entender e ajuda-los; mostrar a eles que não estão sozinhos, que a culpa não é deles, que existe ajuda. 
    


Theodoro Finch e Violet Markey se conhecem de um jeito inusitado, em momento não muito feliz, duas pessoas que aparentemente não possuem nada em comum, mas que ao se aproximarem percebem que se completam de uma forma única. Violet Markey vivia cercada de amigos, tinha o namorado mais cobiçado do colégio, era popular, enfim, tinha uma vida perfeita, invejada por todos. Mas essa vida perfeita acaba quando ela sofre um acidente de carro onde perde sua irmã Eleanor, agora Violet vive com uma dor profunda e se afasta de tudo e de todos, ela apenas conta os dias para o fim das aulas, para que chegue logo o dia em que ela poderá sair da cidade e deixar toda aquela dor para trás. 
"O que eu percebo agora é que o que importa não é o que a gente leva, mas o que a gente deixa para trás".
Já Theodoro Finch é o oposto do que Violet sempre foi, ele vive encarnando personagens, cada semana é um tipo de Finch – Finch Fodão, Finch anos 80, e por aí vai – e por causa de seu jeito diferente ele foi apelidado por todos de aberração. Finch tem seus próprios monstros, por trás desse seu jeito despreocupado, que aparenta não ligar para o que as pessoas falam, existe um menino com medo, que quer apenas entender o sentido de viver, quer ser aceito como é, quer ser feliz e por não encontrar essas respostas vive procurando jeitos de se matar e pensado se um dia terá coragem de fazer alguma dessas coisas.

        
Quando Finch sobe na Torre do Sino para tentar executar uma de suas opções de suicídio, ele encontra Violet, a última pessoa que ele imaginaria encontrar ali. Ele então a convence a não pular e ela faz o mesmo com ele. Quando descem da torre todos pensam que Violet salvou a aberração, e ela sai de lá como heroína. Ela fica preocupada com a possibilidade de Finch contar alguma coisa para as outras pessoas, mas fica aliviada em ver que Finch não é o tipo de pessoa que ela imaginou.

Na aula de geografia o professor propõe um trabalho diferente para os alunos, em dupla eles devem percorrer alguns lugares do estado de Indiana, onde residem, e mostrar alguns lugares turísticos, que valem a pena ser visitados. Finch não perde tempo e convida Violet para ser sua dupla, ela fica um pouco receosa, mas devido às circunstâncias aceita fazer o trabalho com ele.

Ao visitar estes lugares que aparentemente não são nada de mais, eles descobrem que na verdade estes lugares são especiais, são lugares incríveis, e enquanto visitam estes lugares incríveis eles se conhecem melhor; conhecem a dor que cada um carrega consigo, e juntos tentam encontrar a alegria, a felicidade e o amor, um jeito de viver com essa dor, pois afinal, essa dor faz parte do que eles são. Finch consegue ser ele mesmo, sem nenhum personagem e Violet se esquece de contar os dias e começa a vivê-los intensamente.
     
      
Por Lugares Incríveis é uma obra escrita na primeira pessoa, com capítulos alternados entre Finch e Violet. Um YA bem típico do gênero, ele traz uma mensagem muito forte sobre o suicídio, há muitas passagens sobre situações reais, de pessoas que tiraram a própria vida e também de estatísticas sobre diferentes métodos utilizados por essas pessoas. Fala também sobre o bullying, a transição da adolescência para a vida adulta, violência contra crianças e adolescentes e transtornos mentais. A leitura é bem simples e fluída, os lugares apresentados pela autora são reais, e você os encontra facilmente em uma busca na internet. Embora a história tenha como foco principal a vida e a relação dos protagonistas, os personagens secundários são bem importantes e bem desenvolvidos na trama.

“A esperança está em aceitar sua vida como ela se apresenta agora, mudada para sempre. Se puder fazer isso, a paz virá em seguida. Mudada para sempre.”
Embora este livro tenha conquistado muitos fãs, ele não conseguiu me conquistar muito, como já disse em alguma resenha de um livro deste gênero, estou meio enjoada dessas histórias, porém eu insisto em ler livros assim, pois por mais clichês que sejam eles sempre trazem algo que fica, algo que nos faz pensar. Este em especial me fez pensar em colegas que tive durante a escola e que sofriam muito com o bullying, e fiquei pensando em como eles estão, em como a vida deles foi afetada por essa parte de suas vidas, e porque na época eu não tentei ajuda-los, ser mais próxima, ao invés de apenas assistir quieta a tudo que eles passavam.
"A verdade é que eu estava mesmo doente, mas não com uma gripe simples. De acordo com minha experiência, as pessoas são mais compreensivas se conseguem ver sua doença, e pela milionésima vez na vida eu desejei ter sarampo ou varíola..."
A diagramação está ótima, as páginas são amareladas e a fonte possui um tamanho confortável para leitura. Há algumas ilustrações no livro, e elas são bem bonitinhas. Essa capa é bem bonita e ilustra muito bem a história. Não me lembro de ter encontrado qualquer erro de revisão.
       

Como já disse acima, o livro não me conquistou tanto quanto aos outros leitores, não me emocionou tanto resumindo não chorei... rs..., mas gostei da leitura, acho que é uma ótima dica para os adolescente, os fará refletir sobre muitas de suas ações.

Para quem gosta do gênero acredito que essa é uma ótima opção, irá agradar muito, para quem ainda não se aventurou no gênero essa também é uma ótima opção para começar. 
  

Título Original: All the Bright Places
Título: Por Lugares Incríveis
Autor(a): Jennifer Niven
ISBN: 9788565765572
Ano: 2015
Páginas: 336
Editora: Seguinte
Nota: 4/5
Adicione: Goodreads | Skoob
Compre: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino
   
Não deixe de acompanhar o blog nas redes sociais
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Google+ ♦ Goodreads

Nenhum comentário:

Deixe um comentário ;)

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.