[LIVRO] Interferências, Connie Willis

Olá pessoas, tudo bem?

No começo de Abril eu e mais uns blogs amigos, lançamos o projeto de leitura em conjunto do livro INTERFERÊNCIAS da Connie Willis. O livro é um lançamento da Editora Suma de Letras de Maio e achamos que seria legal ler um lançamento em conjunto e falar nossas opiniões à respeito. Interferências é um livro de ficção científica com um toque de chick-lit, é uma leitura mais leve e descontraída e fiquei bem curiosa quando li a sinopse.


Pois bem, o livro vai se passar em um futuro não muito distante em que a protagonista Briddey trabalha em uma empresa de tecnologia que desenvolve programas e aparelhos mais modernos. No caso, a empresa está passando por um momento de alvoroço. A principal concorrente deles, a Apple, está para desenvolver um novo aparelho e eles estão sem muitas ideias do que eles podem fazer para competir com isso. 

Briddey namora com o Trent, que trabalha na mesma empresa, e que foi pedida em noivado. Porém, antes de se casarem, ele pede que os façam um EED. É um procedimento cirúrgico não-invasivo que vai permitir com que você conecte-se de uma forma mais emocional com o seu parceiro. 
 
Nesse futuro, já é permitido que você possa sentir as emoções e sentimentos da outra pessoa, através desse procedimento, e que possa ter uma ligação mais profunda e sincera. A ideia não ler mentes e sim sentir o mesmo que a outra pessoa está sentindo.

Tá, apesar de ela estar meio na dúvida sobre esse procedimento, Briddey faz mesmo assim e a resposta que ela consegue não é nada do que ela estava esperando. Ela conecta com outra pessoa que ela não estava esperando e daí é só tragédia e a situação sai totalmente do controle dela.


Quando comecei a ler esse livro, eu pensei que seria algo mais leve e uma leitura mais fácil de fazer. Porém, com suas 460 páginas, "Interferências" acaba por se tornar um leitura um pouco maçante e muito cheia de detalhes que eu não estava interessada em ler.

A leitura é legal, tem suas partes engraçadas e tem um bom plano de ficção científica, mas tem muitas explicações que são até desnecessárias. A solução toda do livro achei pobre e simples demais. Eu não esperava por nada grandioso, mas achei simples e pobre. 

A família da Briddey é a PIOR família que eu já ouvi falar. Tanto as irmãs, quanto a tia e a sobrinha, invadem seu espaço constantemente, não tem noção nenhum de privacidade. Assim como os funcionários da empresa em que trabalha. Você não pode espirrar direito que o mundo todo já fica  sabendo.


O romance também não convence, eu não consegui me sentir conectada e não acreditei no relacionamento de Trent e Briddey, parecia uma relação forçada e desde o começo eu já senti que tinha algo errado ali. Também achei a Briddey uma personagem muita fraca e sem voz nenhum para nada. Em momento algum ela fala para as pessoas à sua volta o que ela que, ela simplesmente vai na onda do que está acontecendo e aceita. 

A autora também acaba por jogar reviravoltas atrás de reviravoltas deixando muitas coisas mal explicadas. Personagens vão aparecendo sem muitas explicações e informações são jogadas, sem qualquer preocupação. 

Enfim, já dá para perceber que eu não gostei do livro, né?! Achei que o livro tinha muito potencial e muita coisa para ser explorado e autora parece ter escolhido o caminho mais "fácil" e não o que parecia ser o certo.

Eu não gostei do livro, mas isso não impede vocês de gostarem. Teve muita gente que leu e gostou e que deram 5 estrelas, infelizmente não foi o meu caso. Acho necessário vocês derem uma chance, se caso tenham interesse em ler e tirem suas próprias conclusões.

Croostalk
Connie Willis
ISBN-13: 9788556510570
ISBN-10: 8556510574
Ano: 2018
Páginas: 464
Editora: Suma

Conheça os blogs participantes do projeto


*ESSE POST FAZ PARTE DO TOP COMENTARISTA DE JUNHO/2018*

Acompanhe o blog nas redes sociais!
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Goodreads ♦ Pinterest

37 comentários:

  1. Eu acredito que livro seja algo tão incrível que realmente é o lance do livro te pegar e não você pegar ele! Realmente já li bastante coisa positiva sobre ele, mas em contrapartida, muitos concordaram com você sobre a história ser muito arrastada e os personagens(não somente o casal) não convencerem de forma alguma.
    Parece ser o tipo de livro que tinha para ter 220 páginas e que a autora acabou estendendo demais e com isso, perdendo o foco de um enredo que tinha tudo para ser agradável.
    Não digo que não lerei,mas..
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siii, é exatamente isso. Se tivesse umas 250 páginas já teria sido suficiente!

      Excluir
  2. Olhando essa capa eu não iria esperar uma ficção cientifica e achei a ideia até interessante e assim é triste que o livro não tenha alcançado tuas expectativas, o fato da autora escolher o caminho mais fácil pra dar as explicações pode realmente ser um ponto fraco pra essa história que não é curta né, mais de 400 páginas. Sobre o romance, eu fiquei na dúvida, Trent é o mocinho? Mas ela se conecta com outra pessoa? Gostei da resenha sincera, não consegui decidir se quero ou não ler o livro, mas vou ficar de olho em outras postagens dele ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, ela se conecta com outra pessoa que não é o Trent. Não posso falar muito mais que isso para não dar nenhum spoiler :/

      Excluir
  3. Essa junção de ficção científica com humor, foi algo bem balanceado.

    A temática é boa, fácil de prender o leitor, pena que ele não te agradou e a autora não soube abrilhantá-la e aproveitá-la devidamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, não funcionou para mim, mas teve muita gente que gostou da leitura.

      Excluir
  4. Gostei da ideia dele, isso de se conectar com outra pessoa pra sentir o que ela sente. Imagina a confusão que isso não dá? Muita loucura. Mas é interessante isso. Não sei é se iria conseguir ler bem se for arrastado e com muita explicação e coisa que ache desnecessário. Confesso que o livro já não me chamou tanta atenção quando vi, apesar de ter gostado dessa ideia louca aí. E nossa, nem quero imaginar a família dessa menina se for desse jeito mesmo. Parece que o ranço é ó...
    Sei lá se acabo lendo, tô meio encima do muro se pego alguma hora pra ver no que dá e tal...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você deveria dar um chance. Eu não gostei, mas vai que você gosta ♥

      Excluir
  5. Olá, tudo e com você?
    Não conseguiria fazer uma leitura coletiva.
    Eu também não sou fã de ficção científica, mas por ter pitadas de chick-lit eu pensei que seria melhor.
    Esses pontos negativos que citou desanima; um casal que convence não é legal e a leitura maçante é pior ainda.
    Uma pena que não tenha sido tão prazerosa.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o primeiro livro do ano que eu dei nota baixa assim, então não tem problema hehehe

      Excluir
  6. Olá.
    Eu tinha achado a premissa do livro bem interessante. Mas, essa é a segunda resenha negativa sobre o livro que eu vejo.
    460 páginas de detalhes desnecessários, passividade da personagem principal, romance com nenhum química e um final pobre, são bons motivos para não ler o livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teve muita gente que gostou do livro, às vezes eu só não consegui achar os mesmos motivos dessas pessoas

      Excluir
  7. Concordo que a autora deixou muitas pontas soltas sem conclusão e isso deixou o livro meio raso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poderia ter sido muito melhor, mas dá nada. Quero ler outros livros dela mesmo assim hehehe

      Excluir
  8. Gente esse livro quase me deixou louca acredita? Apesar de toda a construção da autora ela se arrastou muito em algumas partes e deixou um pouco a deseja, mas no fim gostei de toda essa movimentação e já estou pronta para a proxima hahaha um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei doida de raiva lendo, isso sim hahahah mas a leitura foi bem ok. Também já quero a próxima ♥♥

      Excluir
  9. Olá,
    Que pena que o livro não teve o seu potencial explorado, pois achei a proposta do enredo bem interessante, mesclando ficção científica com chick-lit, um gênero que adoro ler.
    São muitos pontos que me deixam desanimada em ler, principalmente o excesso de explicações. Se o livro fosse mais enxuto a trama seria mais chamativa. Além disso, a protagonista é difícil de se cativar, a Bridde pelo jeito tem uma personalidade muito fraca. Sem falar no romance que não convence.
    A história faz jus ao titulo do livro, já que tanto a família como os funcionários do trabalho interferem na vida da personagem kkk
    No entanto, não descarto a leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não deve descartar mesmo, a leitura foi boa, só alguns pontos que naão agradaram (em nada). Se tivesse umas 100 páginas a menos teria sido bem melhor, mas fazer o quê hehe

      Excluir
  10. Até que não arrasou tanto na resenha hahaha
    Acho que essa parte de comentarmos a leitura antes ameniza!
    Beijooos

    Blog Coisas da Juu

    ResponderExcluir
  11. Que pena que o livro não agradou, porque pela premissa tinha tudo para ser bom. Gosto de histórias que envolvem novas tecnologias, fiquei curiosa quanto a esse procedimento que liga a pessoa a sentir a mesma coisa que a outra, não se se isso daria certo...rs. Também odeio quando o livro narra muitas coisas desnecessárias, que só fazem a leitura ficar maçante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, tinha tudo para ser um livro ótimo, mas não funcionuo para mim :(

      Excluir
  12. A premissa é boa, apesar dessa ideia de sentir o que o outro sente toda hora me deixar agoniada hahaha. Adoro ficção cientifica mas esse gênero te faz querer todas as explicações nos mínimos detalhes sem pontas soltas, porque até facilita no entendimento da leitura. E o fato da autora ter se perdido nessas reviravoltas e com a introdução de vários personagens me fez pensar um pouco sobre ler ou não. Mas como gostei da premissa vou colocar na minha lista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, se o livro interessou, talvez seja uma boa dar uma chance e tirar suas prórprias conclusões. Teve mutia gente que gostou ehehehe

      Excluir
  13. Uma pena que não atendeu as suas expectativas, porém as minhas estão altíssimas. Esse livro está na minha meta de leitura e desde então quando vi outras resenhas sobre fiquei muito interessada na historia e a cada do livro tbm influenciou. Apesar da leitura não ter sido agradável para outras pessoas possa ser diferente, e espero que seja assim comigo :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você goste da leitura, tente ler com a mente aberta e sem muita expectativa... Às vezes ajuda.

      Excluir
  14. Oi Rosana,
    Então, eu até achei interessante a proposta apresentada, apesar de achar a ideia de se conectar com outra pessoa meio doida, é fácil imaginar isso acontecendo no futuro, é uma pena que o livro tenha se tornado cansativo, acredito que ficção científica apesar de rica em detalhes tem que se abster apenas o que realmente é significativo para a história. E sobre o romance, se for com essa conexão nem podemos chamar mto se romance não é?
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A proposta é bem legal, a ideia da autora foi muito boa, mas acho que foi mal explicada. Tem um outro livro ela que eu quero ler, vamos ver como vai ser ^^

      Excluir
  15. Eu estava simplesmente louco para ler esse livro, mas depois dessa resenha eu fiquei meio com um pé atrás. Eu sei que muita gente gostou e eu obviamente vou dar uma chance para o livro algum dia. Mas eu acho que os defeitos que você apontou são terríveis e, se a história não se desenrolar bem, imperdoáveis. Então vou deixar para ler um pouco mais adiante, por enquanto não pretendo começar a lê-lo. :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda acho que vale dar uma chance e tirar suas próprias conclusões. Só não vai ler com muitas expectativas hahaha

      Excluir
  16. Olá Rosana! A cheia ideia da autora bem original pois explora o universo tecnológico. É uma pena que isso tenha sido desperdiçado. Eu gosto de livros grandes mas se a história se torna maçante finaliza-la é uma tortura. Que família mais maluca, não? Ouvi alguns elogios ao livro e pretendo ler caso tenha a oportunidade. A opinião dos blogs é muito importante e nos ajuda a construir expectativas boas ou ruins mas como você disse tão bem elas não nos impedem de conferir a trama. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah é, mesmo que eu não tenha gostado é possível que você goste. O livro está aí para ser amado e odiado, não precisamos nos prender à uma única opinião. Espero que goste da leitura ^^

      Excluir
  17. Rosana!
    Uma pena que não tenha conseguido se conectar com a trama e com as personagens.
    Achei Interessante ver uma fantasia que insere todo um mundo de tecnologias, ao tempo que faz analogias com os contos de fadas.
    Livro mais que interessante, ainda não conhecia.
    Uma semana cheia de luz e paz!
    “Sou uma pessoa insegura, indecisa, sem rumo na vida, sem leme para me guiar: na verdade não sei o que fazer comigo.” (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JUNHO - 5 GANHADORES
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às vezes acontece, mas não tem problema, a leitura ainda foi válida ^^

      Excluir
  18. Olá, não é sempre que encontramos um livro que mistura ficcão científica e chick-lit, logo já estou mais do que interessado em conhecer esse universo criado pela autora. O fato de ser bem detalhado pode tornar a leitura lenta, porém acredito que isso é necessário para situar o leitor e não deixá-lo perdido. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste da leitura quando fizer. A ideia da autora tinha tudo para ser genial, uma pena não ter funcionado para mim :/

      Excluir

Tecnologia do Blogger.