19 de ago de 2015

Quarteto Fantástico - Fantastic four, 2015

Olá! Hoje é dia de resenha do polêmico "Quarteto Fantástico", o filme que dividiu opiniões, a maioria  negativa. Por que será?


Quatro adolescentes são conhecidos pela inteligência e pelas dificuldades de inserção social. Juntos, são enviados a uma missão perigosa em uma dimensão alternativa. Quando os planos falham, eles retornam à Terra com sérias alterações corporais. Munidos desses poderes especiais, eles se tornam o Senhor Fantástico (Miles Teller), a Mulher Invisível (Kate Mara), o Tocha Humana (Michael B. Jordan) e o Coisa (Jamie Bell). O grupo se une para proteger a humanidade do ataque do Doutor Destino (Toby Kebbell). 
A história se inicia na infância do Redd Richards quando ele tenta criar uma máquina de teletransporte de matéria pelo espaço. Ele conhece Ben Grimn um menino com uma família meio louca e que mora em uma oficina. Ben e Redd ficam amigos e sete anos mais tarde, são descobertos pelo senhor Storm em uma feira da escola. Redd então, é convidado a trabalhar no projeto dele, que consiste exatamente em fazer essa máquina de teletransporte real. Se juntam a eles, Sue e  Johnny Storm, a filha adotiva e o filho rebelde do chefe e Victor, um jovem tão brilhante quanto Redd mas que tem um temperamento mais impetuoso. A equipe trabalha sem parar e consegue transportar macacos. Quando estão prontos para eles mesmo fazerem a viagem, são avisados que o governo mandará outras pessoas. Com raiva e bêbados, resolvem se teletransportar sem que ninguém saiba. Redd recruta Ben e Sue fica de fora. Ao chegar na tal dimensão, eles são atingidos por uma espécie de energia e cada um sofre uma transformação. Sue, que percebe o que fizeram, tenta os trazer de volta e acaba atingida também.


 E aí vocês já sabem o que acontece. Só que na adaptação, os quatro ficam presos com o exército. Quatro tirando o Victor, que ficou na outra dimensão. Redd é o único que tentou escapar e passa a tentar construir a máquina, sempre se disfarçando para não o localizarem. Quando retorna, eles precisam encarar não só os poderes, mas o problema maior: Victor voltou como Doutor Destino e destinado a acabar com a vida na terra. Dessa forma, o Senhor Fantástico (Redd), a garota invisível (Sue), o tocha humana (Jhonny) e o Coisa (Ben) precisam salvar a si mesmos e ao mundo.

O Tocha Humana se junta a seus companheiros de equipe em "Quarteto Fantástico" (Foto: Reprodução/Trailer)

O QUE EU ACHEI: A adaptação teve seus erros ao despejar mais de 100 minutos com pouca desenvoltura. A relação de Ben e Redd, apesar de aparecer logo na infância não é bem desenvolvida, inclusive quando Redd é capturado novamente pelo exército. Sue e Johnny mal conversam, mal comparando com o filme de 2007, a loira vivia o pé do irmão. As motivações de Victor também ficam estranhas: dizimar um planeta por poder? Para viver só em outra dimensão? Mas o que mais deixa a desejar é o desenvolvimento dos famosos três atos do cinema. Ficamos na expectativa para ver a transformação, quando ela ocorre há uma passagem de tempo e o clímax do filme, de mais ou menos 10 minutos, não parece muito bem o clímax.

No mais, é uma boa pedida para entreter. Eu só tinha assistido ao primeiro longa e mal sabia da história.Agora, quem for fã do quarteto e da Marvel pode se decepcionar um pouco, inclusive com a falta de cenas pós-crédito.

Quem ai já assistiu? O que achou?

Besos!

Lançamento: 6 de agosto de 2015.
Dirigido por: Josh Trank
Com: Miles Teller, Kate Mara, Michael B. Jordan, Jamie Bell e mais.
Gênero: Ação, Fantasia.
Nacionalidade: EUA
Filmow



Acompanhe o blog nas redes
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Google+

Um comentário:

  1. Meu Deus, ninguém está gostando desse filme, o que não me deixa nada animada a vê-lo no cinema! kkk
    Já zoaram a primeira vez, e agora pelo visto não melhorou nada... :/


    Beijo
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.