17 de jun de 2016

A Viagem do Peregrino da Alvorada (As Crônicas de Nárnia) - C.S.Lewis

Oi pessoal,

Hoje eu trouxe para vocês a resenha do quinto livro das Crônicas de Nárnia, A Viagem do Peregrino da Alvorada. Terminei o livro essa semana, e estou percebendo que cada vez fico mais entretida na história, e também não querendo terminar de ler os livros.

As resenhas para os livros anteriores estão aqui.
Nesse quinto livro, vamos acompanhar Lúcia e Edmundo mais uma vez por Nárnia, o pai deles recebeu uma proposta de trabalho nos EUA, e eles tem condição de levar apenas um dos filhos, como Pedro está estudando com o Professor Kirke, eles optam por levar Susana, e mandam os Penvensie mais novos para a casa dos tios; ambos detestam a ideia de morar com os tios e o primo Eustáquio, mas nada podem fazer contra isso, até que um dia, enquanto Edmundo e Lúcia conversam sobre as memórias felizes de Nárnia, Eustáquio entra no quarto para fazer o que mais gosta, perturbar os primos, mas o que ele não esperava, era ser levado para Nárnia juntamente com seus primos, e parar em um navio cheio de pessoas estranhas, o Peregrino da Alvorada. Os três, juntamente com o rei Caspian e sua tripulação, partem em busca de aventuras e dos sete lordes, que um dia foram fieis ao pai de Caspian, mas foram mandados para longe por Miraz, afim de evitar que o sobrinho um dia subisse ao trono.

"[...]Acho que quase todos nós temos um país secreto, que, para a maioria, é apenas um país imaginário. Edmundo e Lúcia eram bem mais felizes: o país secreto deles era verdadeiro. Já tinham até visitado Nárnia duas vezes, de verdade, não sonhando, nem brincando.[...]" pág 404

Esse livro, foi realmente de novos descobrimentos, tanto das terras quanto das personagens, passamos a história toda a bordo do Peregrino, explorando e conhecendo novos lugares e povos, consequentemente novas aventuras esperam os irmãos Penvensie e o rei Caspian, esses personagens agora estão mais velhos e mais maduros, especialmente o rei que há três anos (narnianos) é o regente e cuida para que o povo de Nárnia viva bem e em paz, diferentemente do livro anterior, ele está mais adulto e toma as decisões sabiamente, achei isso muito interessante no personagem, essa passagem de tempo não o mudou apenas fisicamente; e também Lúcia e Edmundo, cada vez mais adultos, e embora ligados a Nárnia, sabem que as coisas vão mudar e eles vão também amadurecer para o mundo real.

"Onde o céu e o mar se encontram,
Onde as ondas se adoçam,
Não duvide, Ripchip,
Que no Leste absoluto está
Tudo o que procura encontrar.
" pág 411

Todos os momentos nas novas terras descobertas são cheios de ação e tensão, com mistérios a serem resolvidos e novas descobertas a serem feitas, especialmente em relação a Aslam, que ficou bem mais presente nesse livro, suas aparições ocorrem ao longo de toda a narrativa e de várias maneiras possíveis, todas com o propósito de guiar os personagens e mostrar a eles esse novo caminho de crescimento e descobertas de novos mundos. Os novos personagens também são muito bons, especialmente Eustáquio, que no começo do livro é um pouco chato, mas é até divertido de vê-lo se adaptar as coisas de Nárnia, e também ter sua lição de amadurecimento, que acontece de forma lenta ao longo de toda a narrativa, e mesmo depois dessa grande mudança, ele ainda demonstra algumas recaídas, deixando bem enfatizado as falhas do ser humano, mas ainda sim, sua força para sempre melhorar.

O fim desse livro marca bem esse ponto, entre crescer e acreditar, com personagens se despedindo, mesmo que seja temporariamente, e outros iniciando sua jornada. Eu amei essa leitura, assim como as outras, é quase impossível não gostar, cada livro é diferente e tem suas particularidades e esse não foi diferente, os novos ambientes, cheios de detalhes e aventuras são incríveis, as mudanças nos personagens também são muito significativas e importantes e marcam o leitor de uma forma incrível. Mais uma vez fiquei encantada com Nárnia e seus personagens, e mais uma vez sorri, fiquei tensa, triste e amei cada parte dessa história maravilhosa.
"Tinha se transformado num dragão enquanto dormia. Ao dormir sobre o tesouro do dragão, com pensamentos gananciosos, típicos de um dragão, ele próprio acaba se transformando em dragão." pág 443

Título Original: The Voyage of the Dawn Treader
Título: A Viagem do Peregrino da Alvorada
Autor(a): C.S.Lewis
ISBN: 9788578270698
Ano: 2009
Páginas: 117
Editora: Martins Fontes
Nota: 5/5
Adicione: Skoob | Goodreads

Não deixe de acompanhar o blog nas redes sociais! 

Nenhum comentário:

Deixe um comentário ;)

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.