13 de set de 2016

Como Se Apaixonar - Cecelia Ahern

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje trago para você a resenha do livro da querida Cecelia Ahern. Como já é característico de seus romances, o livro apresenta uma história envolvente, que te prende, te fazendo não querer parar de ler. Não deixem de conferir essa linda história.



Em uma noite vagando por uma obra abandonada Christine encontra Simon Conway prestes a se matar. Christine trabalha no setor de RH, mas além de ajudar as pessoas a encontrar emprego, ela também gosta de ajudar as pessoas a se encontrar, sendo assim ela começa a tentar convencer Simon a viver, mas infelizmente ela falha, e Simon dá um tiro em sua cabeça, sendo levado para o hospital e ficando em coma.
     
Ao retornar para casa Christine começa a se questionar sobre a importância de ser feliz, de deixar de lado as coisas que a fazem infeliz; e pensando nisto decide terminar seu casamento, que para ela nunca teve amor.
"Não tinha havido nenhum homem secreto esperando por mim, isso era óbvio, mas mas eu tinha abandonado Barry, terminando nosso relacionamento por nenhum motivo real… Bem, nenhum motivo que as outras pessoas pudessem ver. Era quase como se a minha infelicidade não fosse o suficiente. Se ele não me traiu, não me bateu e não foi cruel comigo, ninguém parecia conseguir entender que eu não amá-lo e estar infeliz eram motivos suficientes."
Em uma outra noite, cansada de lidar com o ex-marido que não a deixa em paz, e buscando um lugar que traga alguma lembrança boa que a faça feliz, conforme diz o novo livro de autoajuda que ela lê e segue, Christine vai até a ponte Ha'penny, onde ao invés de se lembrar de algo bom, encontra Adam prestes a pular de encontro com a morte. Sem pensar duas vezes ela começa a tentar convencer Adam a não fazer aquilo, pensa em como errou com Simon, e promete para ela mesma que desta vez vai ser diferente. Ela se agarra a Adam e só o solta quando vê que ele não corre mais risco.

Adam fica assustado com a atitude da desconhecida, mas devido a insistência da mesma, ele promete que ficará vivo até seu aniversário de 35 anos, que se Christine mostrar a ele que ele tem motivos para ficar vivo, que sua vida vale a pena, ele não cometerá suicídio. O problema é que o aniversário de Adam é em duas semanas. Então Christine terá duas semanas para entender todos os problemas de Adam e mostrar a ele que existe uma luz no fim do túnel, que a vida pode ser bela apesar de todas as dificuldades. Será que Christine consegue? Você terá que ler para saber.

Este é mais um romance da Cecelia Ahern que me conquistou, embora não tenha entrado para minha lista de favoritos. Christine é hilária, a mania dela de querer um livro de autoajuda para tudo, desde "como despedir uma pessoa" até "como impedir alguém de se matar" a coloca em muitas situações engraçadas e embaraçosas. Ela é aquele tipo de pessoa que deixa seus problemas e suas necessidades de lado para ajudar o próximo. Christine possui algo em seu passado que a fez ser assim, que a fez querer ajudar as pessoas a enxergar a vida com mais alegria e por isso ela não pensa tanto nela. Adam já é diferente, ele sempre teve uma vida feliz, até que tudo desmorona de uma vez, e ele não tem capacidade para lidar com isso sozinho. 
"Às vezes, quando você vê ou vivencia algo muito real, fica com vontade de parar de fingir. Você se sente um idiota, um charlatão. Fica com vontade de afastar-se de tudo o que é falso, seja algo inocente e inofensivamente falso ou algo mais sério; como seu casamento. Isso aconteceu comigo."
Os personagens secundários são ótimos, as irmãs e o pai de Christine são super sarcásticos, e eu amo personagens assim. Amélia, a melhor amiga de Christine também passa por maus bocados, mas é claro que Christine nunca a deixaria ficar infeliz, gostei muito dela e senti muita pena também. A relação de Christine com o detetive Maguire é cômica, pois como não suspeitar de uma testemunha de dois suicídios?

Apesar da autora tratar de um tema super pesado que é o suicídio, ela conseguiu fazer essa reflexão de uma forma leve, com uma escrita fluída e super gostosa de se ler. A descrição de alguns lugares de Dublin, como a ponte Ha'penny e o parque St. Anne's são ótimas, te faz querer conhecê-los. A Rô já falou do parque em um post que vocês podem conferir aqui. Cada capítulo se inicia com uma pergunta que é respondida no fatos que acontecem nele. A diagramações está boa, com páginas amareladas e fonte confortável para a leitura. A capa é bonita e traduz muito bem a história.
     
    
Aproveitando o tema central do livro, vale lembrar que estamos no Setembro amarelo, onde estão sendo feitas campanhas de conscientização sobre a prevenção do suicídio. Você pode conferir mais informação na página oficial da campanha aqui.
"Momentos são preciosos; às vezes eles demoram e, em outras ocasiões, são passageiros, mas, ainda assim, muito pode ser feito durante eles; você pode mudar de ideia, pode salvar uma vida e pode até se apaixonar".
Enfim, se você gosta de romances com pitadas de comédia e drama não pode deixar de conferir este livro; não tem como não se apaixonar por essa linda história.

Título Original: How to fall in love
Título: Como Se Apaixonar
Autor(a): Cecelia Ahern
ISBN: 9788581637860
Ano: 2015
Páginas: 352
Editora: Novo Conceito
Nota: 5/5
Adicione: Skoob
Compre: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino
    
Não deixe de acompanhar o blog nas redes sociais
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Google+ ♦ Goodreads

Nenhum comentário:

Deixe um comentário ;)

© Tudo que Motiva - 2014. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.