[FILME] Dumbo, 2019

quarta-feira, abril 03, 2019
Olá pessoal, tudo bem?

O filme de hoje acabou de chegar as telonas. Assim que soube que Dumbo teria sua versão em live-action já fiquei super empolgada, já no trailer consegui me emocionar, então é claro que não perdi tempo e fui logo conferir. Gostei muito do filme, é claro que há os pontos positivos e negativos, mas no geral foi um ótimo remake. Venham conferir a resenha sem spoiler.



O filme se inicia com volta de Holt Farrier (Colin Farrell) - pai de Milly (Nico Parker) e Joe (Finley Hobbins) - ao circo, que estava servindo na guerra. A volta do pai era muito aguardada pelas crianças, pois na ausência do mesmo haviam perdido a mãe que morreu devido a uma forte gripe.

Holt perdeu um dos braços em combate, e percebe que não será tão fácil assim retornar ao seu posto de destaque no espetáculo antes Holt era o um cowboy. Ele acaba sendo encarregado de cuidar dos elefantes. Holt é então apresentado a Jumbo, uma elefanta que está prestes a dar a luz.

Quando o filhote de Jumbo nasce logo ele chama a atenção de toda a trupe, devido a suas enormes orelhas, todos riem do pobrezinho, porém sua mãe está lá, o protegendo.
    


As únicas pessoas que não riem de Dumbo, como é apelidado depois de um incidente, são  Millly e Joe. Milly é uma garota independente, que não quer ser mais uma "atração de circo", ela sonha em ser cientista, então ela deseja testar tudo, e ter sempre uma explicação para as coisas. Já Joe adora o mundo fantasioso do circo. Milly descobre que Dumbo, quando apresentado a uma pena, consegue bater suas orelhas e voar. 

Depois de um incidente em um dos espetáculos, a mãe de Dumbo é vendida, e eles então se separam. O bebê elefante fica muito deprimido, porém as crianças fazem um pacto com o pequeno, se ele voar, conseguirão o dinheiro suficiente para compra a mãe dele de volta, e assim Dumbo se revela para o público.
    



Devido sua apresentação, Dumbo chama a atenção do empresário do entretenimento V.A. Vandevere (Michael Keaton), dono do circo Dreamland. Vandevere fecha contrato com Max Medici (Danny DeVito), e assim todos vão para Dreamland.

Dumbo terá de se apresentar com a trapezista Colette Marchant (Eva Green). As crianças estimulam Dumbo a fazer o que mandam, com a promessa de que logo reencontrará sua mãe. Porém nem tudo é o que parece.

Dumbo é um ótimo remake, uma linda homenagem ao filme original. Aqui não temos animais falantes, porém podemos entender o que sentem e pensam por meio de seus olhares. Temos várias referências a animação original, como o nascimento de Dumbo, com as cegonhas, porém é claro de um jeito bem diferente. A bela canção que a mãe Jumbo canta para seu bebê, entre outras.

É claro que muitas adaptações foram feitas no roteiro, porém o encanto continuou. A conexão do bebê elefante com as crianças é linda de ver, uma pena que essa conexão não tenha acontecido tão bem com outros personagens como Colette e Holt, e isso realmente tirou um pouquinho da magia do filme.

Entre uma cena e outra algumas piadas sutis foram colocadas, fazendo com que o filme, embora tenha uma pegada mais emocional, nos faça rir em diversos momentos, tornando-o ainda mais leve.

Os efeitos especiais estão ótimos, não tem como não se apaixonar por Dumbo com aqueles olhinhos azuis contagiantes.
    


Tim Burton, como sempre fez um excelente trabalho, é claro que sou suspeita para falar, pois sou fã deste diretor, mas gostei muito do que vi. Aqui não temos o ar sombrio tão presente em seus filmes, ele coloca sua marca, mas de forma bem mais sutil.

O filme me emocionou, não tem como não pensar nos animais que passaram e passam por todo esse sofrimento. Eles podem não falar, mas sentem cada dor, seja física ou emocional.

Enfim, apesar de faltar um pouquinho de magia Dumbo é uma bela homenagem a animação original, linda, cheia de sentimentos e que emociona. Não deixem de conferir.


Quando tudo parecer perdido, encontre sua coragem

Dumbo
Ano: 2019
Duração: 1h52min
Direção: Tim Burton


Acompanhe o blog nas redes sociais!
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Goodreads




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.