[LIVRO] Queimada (House of Night #7), P.C. Cast e Kristin Cast

De todos os livros da série esse foi o que achei mais chatinho, demorei um mês para terminá-lo de ler. Mas não vou desistir da série, cheguei até aqui e abandonar assim? Não mesmo!

Título: Queimada
Autor:  P.C. Cast e Kristin Cast
ISBN-13: 9788542812503
ISBN-10: 8542812506
Ano: 2017
Páginas: 352
Idioma: português
Editora: Novo Século
Skoob | Amazon
As coisas ficaram complicadas na Morada da Noite. A alma de Zoey Redbird se despedaçou. Com o coração partido, vendo tudo ao seu redor desmoronar e com vontade de ficar para sempre no mundo dos mortos, Zoey está sumindo a olhos vistos. Para ela, parece cada vez mais difícil se recuperar a tempo de reencontrar seus amigos e recolocar as coisas em seus devidos lugares. Stevie Rae, melhor amiga de Zoey, quer ajudá‑la, mas está enfrentando problemas seríssimos. Os Novatos Vermelhos do Mal estão pisando na bola e, desta vez, nem Stevie Rae poderá protegê‑los das consequências. No meio dessa confusão está Aphrodite: ex‑novata, patricinha podre de rica, bruxa do inferno convicta (e com muito orgulho), tendo visões que revelam o futuro e, para piorar, com Nyx resolvendo falar por meio dela, quer ela queira ou não. A lealdade de Aphrodite pode oscilar em várias direções, mas, no momento, é o destino de Zoey que está em jogo. Três garotas… brincando com fogo… Se elas não tomarem cuidado, vão acabar Queimadas.
Outros livros da série:
Marcada #1  |   Traída #2    | Escolhida #3  | Indomada #4 |  Caçada  #5 Tentada #6


Mais uma vez temos a história contada em vários pontos de vista. Ao término de Tentada, Zoey teve sua alma despeçada. Várias sacerdotisas durante a história do universo de House Of Nigth que tiveram sua alma despedaçada morreram logo em seguida. Zoey por ser uma grande sacerdotisa tem apenas sete dias para reunir todos os pedaços de sua alma no mundo do Além, caso perder o prazo seu corpo físico morrerá e seu resquício de alma continuará vagando pelo mundo do além em forma de espectro atormentado em busca de completar sua alma sem sucesso eternamente. Viu só? House Of Nigth não é só uma historinha de vampiro, vale a pena conhecer.

Neferet, a sacerdotisa do mal, sabendo das condições em que Zoey está resolve mandar Kalona para o mundo do além para impedir que ela consiga juntar seus pedaços. Desse modo, a história passa a se dividir entre os mundos dos vivos e do além. A horda de nerds, no mundo dos vivos, buscam por alguma maneira de salvar Zoey e nessa busca eles descobrem sobre a história de dois touros. Um touro negro e outro branco que são a representação das trevas e luz, ambos possuem respostas para o que precisam para ajudar Zoey.

Em uma medida desesperada, Stevie Rae, forma um círculo e invoca o touro branco para pedir respostas. Mas ela não sabe que o touro branco na verdade é a personificação das trevas e no final acaba que complicando as coisas, ainda mais. Barganhar com as trevas não é nada seguro e ela sentiu na pele isso. Tirando o fato de Stevie ter quase morrido tudo acaba se encaixando. Stark, por ser guerreiro de Zoey, é mandado para o mundo do além para protegê-la enquanto junta por seus pedaços. 

Neste livro as autoras focaram mais em outros personagens, graças porque não estava mais aguentando a chata da Zoey, vimos que outros personagens estão tomando caminhos diferentes daqueles que nós, leitores, aguardamos, como por exemplo a melhor amiga de Zoey. Stevie Rae mesmo se sacrificando para salvar sua amiga, ela se envolve com um de seus inimigos, um Reaven Mocker chamado Rephaim. Um romance nada esperado mas tudo bem, to ansioso pela catástrofe que isso vai causar quando todo mundo souber. 

Enfim, os livros da série tem seus altos e baixos, alguns são mais curtos que outros, outros nem tanto porém o volume 7 foi o que mais me chateou. A história está tomando rumos diferentes e autoras estão cada vez mais inovando. Okey, até aí tudo bem! Mas com tantos livros e personagens surgindo que as autoras começaram a matar alguns. :( Ainda não me conformei com que fizeram com meu shiper favorito. *snif* O próximo livro se chama Despertada #8 e breve estarei iniciando.

Nadei, nadei, nadei e vou morrer na praia? Não mesmo! Vou ler os 12 livros sim!

ESSE POST FAZ PARTE DO TOP COMENTARISTA DE JUNHO/2018*

Acompanhe o blog nas redes sociais!
Instagram ♦ Twitter ♦ Facebook ♦ Skoob ♦ Goodreads ♦ Pinterest




22 comentários:

  1. Oi, Lissandro.

    Com vários pontos de vistas expostos, a leitura torna-se mais ampla, permitindo assim, que o leitor tenha mais proximidade com outros personagens.

    Vemos aqui, a lealdade sendo mostrada. Na trama, a amizade será essencial e uma peça fundamental para a resolução de tudo. Todas essas características são capazes de prender o leitor.

    Enfim, não sei se algum dia terei coragem de encarar uma série tão extensa como essa. Mas, quem sabe, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VERDADE, a amizade é bastante valorizada durante a série inteira.

      Excluir
  2. Rosana!
    O maior problema em séries longas como essa, é justamente o que falou: novos personagens estão sendo inseridos no enredo, como uma renovação e novas histórias que surgem com eles, em compensação, os antigos personagens vão desaparecendo e deixando um vazio imenso dentro de nós...
    Desejo que a semana seja abençoado!
    “Nunca sei se quero descansar porque estou realmente cansada, ou se quero descansar para desistir. “ (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JUNHO - 5 GANHADORES
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. poderia ter tirado os personagens de cena de outras fornas, mas matar? Pra que isso , gente!? kkkk odeio isso

      Excluir
  3. Então.. Quando esta série foi lançada senti muita vontade de ler, mas isso foi mudando com o tempo. A inserção de muitos personagens e cada vez mais livros, me desanimou um pouco.
    Não, a história não parece ser ruim de forma alguma, mas acredito(por tudo que já li até o momento sobre a saga) três volumes seriam suficientes para contar tudo.
    Então, acaba se tornando uma leitura até cansativa para muitos leitores.
    Talvez um dia eu dê uma chance.
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. 12 livros é um número e tanto, essa série e longa mesmo e espero sim que você continue e termine, já passou da metade, tomara que a história engrene. Sobre esse livro, acho que como é uma série longa, focar em outros personagens deve ser positivo, mas matar personagens não haha, não gosto pois pode ser alguém que eu acabe me apegando :D Gostei da resenha e vou ficar de olho nas próximas ;)

    ResponderExcluir
  5. Oi Lissandro.
    A premissa dessa série não me interessou. Depois de saber que são 12 livros, minha vontade diminuiu ainda mais rs
    Se eu tivesse lido 7 livros eu também insistiria em finalizar a série. Que pena que esse volume não foi tão interessante. Espero que os próximos livros tenham uma trama mais interessante e envolvente.
    Não gosto de séries muito longas por causa dessa oscilação na qualidade da história. Além de ter a inserção de novos personagens, deixando os personagens antigos de lado =/
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá, é normal que em uma série de 12 livros alguns sejam inferiores em qualidade comparados a outros, visto que é necessário colocar algumas coisas desnecessárias acompanhadas de fatos bombásticos (como as mortes), para que o leitor sinta o que aconteceu contribui para a evolução da trama. Mas tomara que no próximo volume as autoras consigam contornar o que deixou a desejar aqui. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Eita coragem! Uma coisa que me desanimou de ler esses livros foram a quantidade também. Aquele medo de não gostar e ainda ter um monte pra ler e como sou pirracenta iria querer ler mesmo sem gostar pra ver onde dava. Dá pra perceber que a série vai ter sim seus momentos bons e ruins e uma coisa que parece inevitável são as mortes. Odeio quando fazem isso, ainda mais com série grande porque tem personagem demais e aí você se apega e matam. Ô coisa ruim não é mesmo?
    Boa sorte nas próximas leituras e que tenha menos mortes no caminho!

    ResponderExcluir
  8. Meu maior medo de ler séries tão grandes é justamente ter algum personagem esquecido e o foco ficar apenas nos novatos, me apego demais nos personagens pra eles serem esquecidos kkkk. Eu não conhecia essa série, não gostei muito da premissa acho que não ia gostar da leitura e ficaria um pouco confusa lendo. Espero que você consiga ler todos os 12 livros!

    ResponderExcluir
  9. haha... Isso que é persistência.
    Não conheço o trabalho delas e, pela resenha posso dizer que não vou conhecer.
    Algumas séries são tão prolongadas que acaba perdendo o sentido.
    Espero que o próximo seja melhor.

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá Lissandro,
    Já morri na praia há tempos kkkk Acabei desistindo dessa série anos atrás, pelo que me lembro li até o 5° livro.
    Detesto triangulo amoroso, e um dos pontos que me fez largar a série foi a piriguetagem da Zoey. Não consegui me simpatizar com a personagem, ai fica difícil se envolver com a história.
    O lado ruim da série ser tão longa é que para a trama não ficar cansativa é necessário inovar e trazer personagens novos, e isso as vezes decepciona né?
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Micheli
      Olha que na minha cabeça nunca houve triângulo amoroso kkk acho que até mais kkkk quadriangulo?
      A Zoey é uma piriguete mesmo,não consegue decidir em um macho só kkkkkkk

      Excluir
  11. Olá Lissandro! Isso aí, não desista da série. Eu não conhecia mas gostei bastante dessa premissa, parece cheia de aventuras. Também não sou de desistir da leitura de um livro/série a não ser que a história esteja realmente insuportável. As pessoas costumam inferiorizar as histórias de vampiros, já eu adoro essa temática. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Insuportável não chegou a ser,pelo menos não ainda.
      Tinha bastante preconceito com esse tipo de tema desde a febre de crepúsculo,House of night tem uma proposta bem diferente e bacana. Gostei mesmo

      Excluir
  12. Li vários comentários ruins e bons sobre a série. Acho que por ser uma série tão longa (12 livros) acaba que se não for muito envolvente e cheios de reviravoltas fica um pouco chato acompanhar. Apesar de achar a historia legal não acho que conseguiria acompanhar. Mas boa sorte!!! :D

    ResponderExcluir
  13. Parece ser uma série incrível? Parece. E olha que eu já me interessava por ela antes de ler essa resenha e descobrir que ela não é só sobre vampiros. Mas tem uma coisa que me deixa com um pé atrás que é o tamanho da série. Ok, já li séries grandes no passado, mas eu não estou com muita paciência de começar outra. Mas parabéns pela ótima resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O box de comemoração está com preço bastante em conta. Acompanhe sempre as promoções

      Excluir
  14. Não gostei muito da sinopse do livro não conseguiram chamar minha atenção achei até um pouco previsível e repetitivo quem sabe eu penso em ler mas no momento não é o que eu queira ler

    ResponderExcluir
  15. O livro traz um universo bem interessante, essa coisa toda do bem e do mal, trevas, luz, é algo que sempre me chama a atenção. Já torço para que a personagem consiga juntar os pedaços de sua alma. Uma pena que a leitura se tornou chata para você, odeio quando isso acontece comigo, não flui e fico muito chateada, mas acabo lendo o livro até o fim, nem que demore mais do que o previsto!!

    ResponderExcluir
  16. Oi, Lissandro!!
    Para ser sincera não lembro muito dessa série House Of Nigth. E fiquei bem admirada por saber que são doze livros!! Se fosse eu já teria morrido na praia desde inicio pois não curto história com altos e baixos.
    Bjos

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.